quinta-feira, 20 de julho de 2017

Polémica aquece


José Prada denuncia pressões 
e ameaça continuar 
a escrever sobre o Savoy



O advogado e deputado PSD divulga no Fénix os esclarecimentos que deu em resposta às dúvidas que lhe foram colocadas por um diário funchalense. Em causa, as suas ligações profissionais a uma sociedade que trabalhou com a Siet Savoy


Publicamos um texto do Dr. José Prada contendo as respostas que deu a perguntas que lhe foram colocadas pelo DN-Madeira e publicadas esta quinta-feira no âmbito da polémica à volta da construção do novo Savoy. O Dr. Prada, que tem escrito aqui no Fénix artigos sobre a matéria em questão, diz-nos pretender, com a divulgação nesta plataforma das suas respostas às dúvidas do mesmo diário, levar toda a informação de que dispõe ao maior número possível de madeirenses. E, quanto a opinar sobre o Savoy, não se vai ficar por aqui, muito pelo contrário, as pressões estão a inspirar mais artigos. Eis o texto que enviou ao DN e que sai a público tratado na edição de hoje:



"Na sequência do vosso telefonema requerendo esclarecimentos, informo-vos do seguinte.

Correspondendo a uma solicitação de um cliente, fui gerente da Sociedade Pigris - Trading e Marketing. Lda. (Zona Franca da Madeira), de seguida identificada pela a “Sociedade", desde de 2003 até o final de Dezembro de 2015, momento a partir do qual acordámos (entre mim e o cliente) que deixaria de ser gerente.

Que tenha memória (que, poderia ser, “tenho certeza a 99,99%" e apenas não é 100%, pois não é razoável que alguém se lembre de tudo o que assinou desde 1 de Janeiro de 2016), não assinei quaisquer documentos da Sociedade, a partir de 1 de Janeiro de 2016, com excepção dos relativos às Contas de 2015, exercício em que ainda era gerente da Sociedade.
Informei-me hoje junto do representante da Sociedade e da contabilista da Sociedade e confirmei na certidão da Conservatória do Registo Comercial da Sociedade que, erradamente e por lapso, certamente, não procederam ao registo da minha destituição de gerente em Dezembro de 2015. Requeri hoje, novamente, que o fizessem, de imediato.

Desde a data da constituição da Sociedade que, de igual modo, disponibilizei o endereço do meu escritório para ser sede da Sociedade. Prestava, assim, também, o serviço de reencaminhar a correspondência para os representante da sociedade e meu cliente, após recebê-la, endereçada à Sociedade.

Cobrava, anualmente, pela gerência e serviços de gestão de correspondência, € 3.500 (brutos).

Emiti todos os correspondentes recibos verdes de € 3.500 (brutos) por ano, sobre os quais, paguei, religiosamente, IRS. Claro que não cobrei qualquer honorário em 2016, pois já não era gerente.

A Sociedade tem por objecto marketing, desenvolvimento de negócios e assessoria de gestão e tinha uma licença de exclusividade para vender os DHTs (Direitos de Habitação Turística), da SIET SAVOI.

Na sequência da informação que acabei de reconfirmar, a Sociedade vendeu os DHTs do Royal Savoy e em relação ao «novo Savoy» teve envolvimento no desenvolvimento do projecto e na gestão das vendas desde Fevereiro de 2010 até Julho de 2011. A partir daquele data apenas terá dado apoio pós venda aos clientes que compraram DHT´s do Royal Savoy e até Dezembro 2015, quando a SIET SAVOY foi vendida a uma das sociedades do grupo empresarial AFA.

Se bem que já não me diga qualquer respeito, segundo acabaram de me informar, os trabalhadores da Sociedade foram cedidos a outra empresa no começo de 2016, ano a partir do qual não têm funcionários nem receitas, só algumas despesas correntes, pelo que se prepara a sua disolução, se bem entendi.

Escrevi, nos últimos meses, alguns 10 artigos na minha página de Facebook e que foram reproduzidos, a meu pedido, no Blogue Fenix do Atlântico, com reparos sobre a actuação da actual vereação da Câmara Municipal do Funchal, o que é perfeitamente normal, atenta a minha condição de militante do PSD - Madeira e a minha “alocação”, no partido, às questões do concelho do Funchal. Em complemento com outras actividades partidárias que no concelho do Funchal venho desenvolvendo na pré-campanha eleitoral para as autárquicas deste ano.

Entre esses artigos, escrevi dois sobre o novo Savoy, na mesma lógica de critica à actual vereação da Câmara Municipal do Funchal e considerando, de igual modo, a minha condição de licenciado em direito e advogado há 23 anos, pois os assuntos são de índole de Direito do Urbanismo, em que entendia (e entendo) que não foram bem expressos pelos protagonistas políticos e fielmente transmitidos pelos órgãos de comunicação, nomeadamente, pelo Diário de Notícias da Madeira.

Acresce que entendi (e entendo) que foram violadas, de finais de 2015 até à presente data, determinadas obrigações legais, as quais foram, também, objecto de denúncia nos meus dois artigos.

Estava a equacionar se escreveria um outro artigo sobre o mesmo tema, também sobre uma outra violação grave de uma obrigação legal. Provavelmente, devido às pressões que tenho sofrido no sentido de não fazê-lo e pelo facto de estar aqui a prestar estes esclarecimentos, vou mesmo escrevê-lo. E, porventura, a seguir a esse, um outro ainda.

Escrevi os artigos apenas e tão somente pelos motivos atrás referidos. E escrevi-os na minha página do Facebook e no blogue Fenix do Atlântico.

Se julgam V. Exas. e aqueles que me têm pressionado que, ao repristinar questões da minha vida profissional, vão condicionar a minha livre opinião, auguro que vão ao engano. Antes pelo contrário, mais vontade terei de denunciar publicamente, através de todos os meios ao meu dispor, aquilo que, no meu livre entendimento, entender por bem.

Não tenho nada a esconder, não cometi qualquer crime, não violei qualquer lei.

Reservo-me o direito de apresentar queixas contra V. Exas. caso deturpem o que supra escrevi ou narrem falsidades na(s) notícia(s) que publicarão ou ofendam a minha honra e dignidade.

Reservo-me, também, o direito de tornar público o presente email.

Espero ter ido ao encontro do solicitado, Caso subsistem algumas dúvidas, permaneço ao vosso dispor.

Com os melhores cumprimentos.


José Prada"

111 comentários:

Anónimo disse...

Quem não deve não teme.
Dá-lhes Prada, continua a malhar

Anónimo disse...

Eu não tinha muito boa ideia do Dr. Prada como deputado. Nunca ouvi nada importante dito por ele
Eu até que votei na Mudança. Mas gostei de ler os artigos dele aqui no Fenix. Gostei muito.
Mostrou ter os ... no sítio. E ter muita coragem.
É pena apenas criticar para um lado, mas é do homens como ele que a Madeira precisa para não sermos enganados por quem nos governa e não sabermos.
Força Dr. Prada, tem o meu apoio.

Anónimo disse...

Eu já aqui tinha escrito.
Não vão conseguir manietar o Prada.
Ele tem coluna vertebral bem direita, não tem telhados de vidro.
Conhecendo-o como acho que conheço, ele não vai parar de denunciar as aldrabices de Cafofo, sejam do Savoy ou não.
Muita força, companheiro Prada, estamos contigo.

Anónimo disse...

O Diário de Notícias anda pelas ruas da amargura. E anda nervoso porque está a ver que Cafofo pode mesmo perder a CMF e assim lá se vai a sua principal fonte de financiamento.
Enato tenta colar quem tem mais tem contribuído para o desnorte de Cafofo.
Presta-se a um papel menor na candidatura de Cafofo.
Vai buscar um tema que nem é tema, conforme se lê no resto da entrevista e pespega-lhe com um título a indiciar que o Prada é mafioso.
Prada, já percebemos neste filme, quem é honesto, quem não tem nada a temer, quem não tem nada especialmente a ganhar, de que lado está a verdade.
Cafofo, já percebemos quem tem vindo a esconder, quem violou as leis, quem aldrabou, quem tem tudo a perder.
Dúrio de Notícias, já percebemos o vosso papel menor neste filme pelo muito que também têm a perder se Cafofo perder.

Anónimo disse...

Li notícia no Diatio de Noticias.
Que tem o cu a ver com as calças?
Que tem o facto de o Dr. Prada ter sido gerente de uma sociedade dos anteriores proprietários dos Savois todos, até 2015, quando a sociedade deixou ser necessária (os Savois foram vendidos ao Avelino) com aquilo que ele escreveu sobre o Savoy, que respeitam a factos que não tem nada a ver com o facto de ter sido gerente e até depois no tempo?
Muito fraquinho o Diário de Notícias. Deveria investigar em vez de escrever uma mão cheia de nada.
Vão buscar um titulo que vende (nisso o Diário é bom), mas depois ao ler a notícia, a montanha pariu um rato.
Estão a transformar o Dr. Prada num mártir e num justiceiro.
Tenham cuidado.
E se pensam que ele vai aproveitar a onda para se por em bicos de pé no partido, se pensam que ele vai dividir o partido, não parece que estejam a pensar bem. Ele é homem de princípios, está com esta liderança do seu partido como estaria com outra liderança e é por demais evidente que está a fazer tudo para ajudar a Rubina a ganhar. Goste-se ou não do PSD, das pessoas em causa, o que o Dr. Prada está a fazer é legítimo e natural.

Anónimo disse...

Bordamerda com Cafofo. Bordamera com Diario.
Tudo farinha do mesmo saco. Gente sem escrúpulos. Sempre prontos a lixar o próximo. Só olham para os seus interesses. Mesquinhez elevada ao limite.
Carrega Prada. Estamos contigo. Também não temos medo nem do Cafofo, nem do Diário. E já agora também não temos medo do AFA

Anónimo disse...

O Prada não tem telhados de vidro.
Já o Cafofo, o Diário de Noticias, o Avelino...

Anónimo disse...

Que grande utilidade tem a zona franca..

Anónimo disse...

O Diário anda a perseguir quem pode descobrir a careca ao Cafofo. Nojo.

Anónimo disse...

Esta campanha porca a que o chamado " diário de noticias " dá voz está a ser desencadeada pela empresa de comunicação contratada pelo Sr Cafofo e que como já foi noticiado neste blog deslocou de Lisboa elementos que vieram ao funchal reunir com o Iglesias.
Dessa reunião saiu que seria feita uma pesquiza exaustiva da vida pessoal de todos os que se opõem ao Sr Cafofo para tentar denegri-los na praça publica.
São os principais alvos Rubina Leal e os seus apoiantes próximos , Gil Canha e os elementos da sua candidatura mas também Carlos Pereira e alguns elementos da atual direção do PS Madeira.
Esta é a forma que Cafofo e o seu patrono Costa têm de fazer politica , esta é a postura independente do DN Madeira

Anónimo disse...

O pior do Savoy é que configura mais um facto consumado de tantos em que se suspenderam plano director para fazer um fato à medida do descomunal aborto que ali nasceu e que o início daquele e de outros foi congeminado com M.Albuquerque presidente da autarquia do Funchal...

Anónimo disse...

A leitura tb pode ser ( Mais do que real) de que o DN esta com quem ganha. E o Cafofo e essa garantia. Resto parece ser elocubraçoesmatinais .

Anónimo disse...

Farinha e Cafofo ficaram incomodados e vierAm a público para tentar denegrir a imagem do prada , não deixes de escrever a verdade , FORÇA PRADA!

Anónimo disse...

Prada querem te calar.
Onde já se viu um Diário que deveria defender a liberdade de expressão q tentar impor a lei da rolha.
Não te deixes ficar. Coragem, companheiro

Anónimo disse...

Muito mal vai à imprensa na região a tentar calar os cidadãos livres desta terra.
Vejam o que está escrito na capa e no título no interior. E leiam o que está no conteúdo da reportagem.
De certeza que o título foi feito por um pau mandado do Cafofo ou do Avelino e a notícia escrita por um jornalista a séria

Anónimo disse...

Prada quem não deve, não tremem os dedos.
Continua a desmascarar o Cafofo, o Savoy e também o Diário

Anónimo disse...

Mesmo, já agora faziam uma notícia que o Prada tinha defendido um assanino o que fazia dele igual Hahahaha
Onde já se viu uma notícia a fazer primeira capa num jornal a dizer que um ADVOGADO que simplesmente fazia concretizar as vontades de uma sociedade (que tinha acionistas) significa ter negócios com o Savoy!

Anónimo disse...

Só mesmo o DN para fazer uma "notícia" sobre uma representação que o Dr.Prada fazia a sociedade detentora do terreno, representação esta que fazia (como tantos outros advogados madeirenses ) a muitas outras sociedades representaras na Zona Franca . Mais, toda a gente sabe que Miguel Mendonça (tio de José Prada) era amigo do peito de Horácio Roque , logo as suas filhas iriam recorrer a um advogado que já conhecessem para gerir os seus bens !

Anónimo disse...

O diário de notícias hoje mais parece o Quebra-Costas!

Anónimo disse...

E eu a pensar que o Farinha só tinha comprado o JM, afinal havia outra!

amsf disse...

Pela sucessão de "tweets" na caixa de comentários vê-se que o senhor Prada levantou-se cedo!
Entretanto o que vejo nesta história é que há muito boa gente que durante anos serviu de caixa postal de dezenas, senão centenas de sociedades inscritas na Zona Franca, a troco de dezenas de milhares de euros anuais. E como se vê neste exemplo confirma-se que a nossa "indústria" hoteleira usa uma série de truques e engenharias financeiras e fiscais para não pagar os impostos devidos. Como se vê, e ao contrário do que se diz, a Zona Franca não servia apenas para atrair investimento estrangeiro mas também dava guarida aos nossos investidores regionais.
A opinião de muito boa gente não é apenas um exercício de liberdade e de pensamento mas apenas um reflexo dos seus interesses pessoais...
Quanto à construção do Savoy é fácil perceber-se que nesta região qualquer pato bravo pode contar com a cobardia política dos decisores políticos e esta é maior quando num processo intervêm muitos decisores e especialmente de cores diferentes. O pato bravo só tem que por uns contra os outros e levar a sua avante até porque o povo quer é "obra" e não enxerga para além do dia de amanhã.
É pena que o sr. Prada só agora se tenha dedicado a esta cruzada o que leva a que não se possa acreditar na bondade do seu ativismo cívico...

Anónimo disse...

Este Cafofo é um verdadeiro delfim do Sócrates e o Iglésias do Armando Vara!

Anónimo disse...

Estas almas penadas do DN,CMF e AFA pensavam que podiam calar o Prada? Hahahah estavam bem enganados. Os militantes do PSD-M, os funchalenses e todos os madeirenses (exceptuando Ricardo Oliveira , Paulo Cafofo e Farinha) estão com o Dr. José Prada! As verdades têm que ser ditas e nenhum diário tem o direito de tentar "esconder" os Bons artigos do Dr! Vamos Madeira! Vamos PSD!

Anónimo disse...

Depois da notícia , ainda fico mais convencido que Prada deveria ter sido o escolhido como Candidato do PSD ao Funchal, como como pessoa que é, sei que ele vai estar sempre ao lado do partido e apoiar Rubina até à última ! Leal ao Funchal!

Anónimo disse...

Não tenho concordado com os textos do Dr. José Prada e com a tentativa de sacudir a água do capote da embrulhada que é o Savoy do PSD-M quando sabe-se perfeitamente que a culpa é em grande parte da vereação do Albuquerque. Não concordo mas compreendo que o faça, na qualidade de político e de militante do PSD-M.
No caso da notícia hoje publicada pelo DN, só tenho uma posição de total nojo perante a qualidade daquele pasquim. Baixo e incompetente. Verdadeiramente nojento mas nada de surpreendente pois o jornalismo nesta terra sempre foi muito fraco e nos últimos anos só tem piorado. Aliás, chamar de jornalistas a esta gente é ofender os reais profissionais dessa classe que são muito poucos.
O jornalismo na Madeira é muito fraco, muito baixo, sem qualquer tipo de qualidade. Uma simples notícia, uma simples entrevista é facilmente deturpada e alterada, muitas vezes por pura incompetência e burrice do jornalista (true story..) e outras tantas por conveniência.
O DN é uma nódoa, assim como o é o JM. Não incluo a Tribuna por não ter qualquer expressão, nem o Funchal Notícias por não ser jornalismo de todo apesar de quererem à força que o seja (ainda bem que têm publicidade da Fafa...) pois mais parece o jornal do liceu com artigos provincianos mal escritos.
Sobra a Fénix que cumprindo o seu papel de paladino da liberdade de expressão e imparcial, tem descambado um pouco nos últimos tempo fruto das autárquicas.
Voltando ao que interessa, solidariedade com o Dr. Prada. Mais uma vítima do jornalismo rasca que temos.
Afinal o AJJ tinha razão não? Aquilo é mesmo um pasquim baixo ao serviço dos ingleses!

amsf disse...

Se o DN falhou foi em não descobrir e revelar o número de "empresas" "geridas" pelo sr. Prada!
Seria interessante fazer um levantamento dos Pradas desta terra, e respetivas empresas instaladas na Zona Franca, "geridas" durante décadas através de uma simples caixa postal e verificar quantas dessas empresas tem como dono final empresários regionais e não o propalado investimento estrangeiro.

Anónimo disse...

Quando existem muitas pessoas que concordam com a opinião do
Zé Prada é que por sua vez acham vergonhosa a ação do diária , vêm sempre para aqui uns ressabiados a dizer que foi o lesado a escrever .
Não acha que a notícia é uma vergonha? Não seja falsioso e admita a verdade !

Anónimo disse...

Esta resposta do Dr. Prada veio levantar uma questão muito importante e bem atual, que é o papel da ZONA FRANCA, no enfardamento da networking laranja.
Para além de fugir a impostos, sim porque só pode ser fugir senão qual seria o o interesse, é a questão dos postos de trabalho. Para além das avençazinhas dos Pradas cá do burgo está-se mesmo a ver que são 2 ou três gatos pingados que lá trabalham. É o homenzinho das rondas de vigilância e a senhora da limpeza.

Anónimo disse...

O CINM foi criado para isso mesmo (empresas para ficarem sediadas na nossa ilha , é o que queremos) , e fico feliz por estas serem férias por advogados MADEIRENSES e não lisboetas !!
Zona Franca da mais dinheiro à região , do que aos advogados!
Pelo seu comentário , vejo uma pessoa com uma inveja para dar e vender , algum destes advogados fez algo ilegal? As empresas têm de ter um gestor na terra...

Anónimo disse...

Parece que anda aqui muitos comentadores com os olhos fechados em relação ao diário! Há quanto tempo o dn anda na "caça às bruxas" aos opositores do srº cafôfo? Façam como eu que deixei de comprar o DN e estou a aconselhar os meus familiares e amigos a cancelar a assinatura do diário do srº Blandy que se tornou num pasquim municipal cuja utilidade é perseguir os adversários políticos do Presidente da CMF. Vejam a perseguição que fizeram ao drº Gil Canha, e ainda não vi um desmentido dessa notícia ou um direito de resposta. O mais vergonhoso é que esta perseguição é feita com os dinheiros de todos os munícipes do Funchal. Já bastou a ditadura do Jardim, eu não quero mais nenhum ditador em cargos de poder. Temos que pôr o srº cafôfo na rua o mais urgentemente possível. O diário é uma autêntica vergonha.

Anónimo disse...

Lógico que o José prada está a fazer o seu trabalhinho e está a ganhar o dele e a se rir do zé pagode, pois ele está ao Serviço do Outro Grupo Hoteleiro.
Isto é uma Guerra de Hoteleiros, lógico que ninguém gosta de concorrência junto a porta e este dito deputado que entra mudo e sai calado está a trabalhar.

Anónimo disse...

O ataque do DN ao Prada mostra quão baixo desceu o jornalismo Madeirense

claro trabalhinho sujo pago pela candidatura do cafofo

Anónimo disse...

O srº cafôfo a pôr em prática a máxima de Jorge Coelho: "Quem se mete com o cafôfo leva", através do Diário de Notìcias. O trabalhinho sujo que a miss campanário não quer fazer, manda os empregados do srº Blandy fazer!

amsf disse...

Caro das 10:16

Como entretanto escrevi atrás, o erro do DN foi revelar a menos e não a mais!
Nesta terrinha há muito bom "gestor" a gerir centenas de empresas simultaneamente. São claramente empresas caixas postais cuja objetivo é claro: otimização fiscal e eventualmente ocultar o nome dos proprietários finais que em alguns casos devem ao fisco, a fornecedores, a trabalhadores, etc, que desta forma ocultam património que devia servir para honrar dívidas.
Existem muitos Camachos que se safam porque existem outros tantos Pradas.
E depois existem outros mais espertos do que eu que andam por aqui a tentar ludibriar a opinião pública com fins políticos.

Anónimo disse...

Hahahaha como se o Farinha algum dia chegará ao pés dos hotéis do comendador Dionisio Pestana hahahahah

Luís Calisto disse...

Senhoras e Senhores
Sem obviamente querer mandar naquilo que cada um quer dizer, peço que não fulanizem as situações e ainda que reduzam e alisem a adjectivação. Como já dissemos, a mensagem até se torna mais obscura com a proliferação de adjectivos.
Se possível, reformulem à vossa maneira os comentários que não saíram.
Obrigado e desculpem interromper a embalagem, que vai destravada.

Anónimo disse...

Ó Spínola, além de pobre és mal agradecido.

Anónimo disse...

Este senhor amsf em vez de comentar o facto de um meio de comunicação fazer peças "jornalísticas" encomendadas para calar os opositores dos seus patrocinadores vem para aqui com assunto LEGAL já discutido anteriormente que nada tem a haver com o caso

Anónimo disse...

Já tinha visto muito coisa nesta ilha mas nunca disto...
Jornalismo sujo por parte dos diario de Notícias...
Uma coisa é certa, as verdades ditas por Prada têm feito moça é muita no executivo Cafofiano na empresa de Farinha, senão não se davam ao trabalho de encomendar uma notícia no diário para primeira página Hahahaha

Continuem a desmascarar este regime cafofiano!

Saudações sociais democratas !

amsf disse...

Caro das 10:42

Já se esqueceu do Secretário de Estado continental (Assuntos Fiscais) que se esqueceu de reportar mais de 10 mil milhões que saíram do CINM a caminho de paraísos fiscais e que curiosamente eram maioritariamente do BES. Parece que foi um bug informático chamado Paulo Núncio!!! Um bug amigo do BES.
Esse sr., apesar de continental, também geria empresas na Zona Franca.

Anónimo disse...

Mas que desilusão, Sr. Prada!
Um desmentido que confirma duas coisas e nenhuma delas abonatória do deputado e do advogado:
1- Os escritos contra o Savoy são motivados por ressabiamento, uma vez que foi corrido da gerência da Siet Savoy pelo novo dono, Avelino Farinha. Resultado: antes, o monstro rendia dinheiro ao fim do mês e não havia artigos a criticar. Agora já não dá, toca a abater.
2- As engenharias de gestão comuns a inúmeras empresas sediadas na Zona Franca da Madeira e que, com esquemas idênticos aos agora revelados (surpreendentemente) pelo Sr. Prada, servem apenas o propósito de promover a fuga aos impostos sob a capa de investimento estrangeiro, contando com a ajuda deste "respeitado" advogado.

Sr. Prada, uma vez que apregoa e ostenta uma coragem assinalável, imune a pressões, que tal deixar um pouco de parte o assunto Savoy e escrever umas linhas gordas sobre o negócio da Quinta do Arco??
Suspeito que vou ficar muito tempo sentada à espera.

Anónimo disse...

Senhor anónimo das 12:57: não sabe ler? Hahah
O Dr Prada não foi corrido mas sim demitiu-se depois de efetuar o negócio entre a família Roque e Avelino Farinha.

O que ganha por dizer isto? O Dr Prada só disse a verdade acerca deste mastodonte que mancha a nossa linda paisagem .

O que tem o senhor a dizer com este jornalismo e com as pressões efetuadas sobre Prada para parar de falar sobre o Savoy?

Anónimo disse...

Se a coluna dele está realmente bem direita, não pode denunciar selectivamente...

Anónimo disse...

Já vi que não vale a pena continuar a explicar ao senhor , continue a pensar assim que não chega longe , vá para o diário que eles gostam de pessoas assim!
Vamos Madeira ! Leal ao Funchal!

Anónimo disse...

Constata-se aquilo que eu já achava da participação do Sr. Prada. Eu cá não gosto nada do Cafofo mas o Albuquerque está ao mesmo nível. Havia também muito a dizer sobre a governação do Albuquerque. Se o Prada aparece a criticar apenas um deles ele está descendo ao nível dos dois. É simples. Parece que a coluna vertebral só é hirta para um lado e verga-se para o outro.

Anónimo disse...

Prada não ligues a esses falsos jornalistas , a estes envergonhados comentadores que só escrevem o que lhes pedem para escrever . O povo sabe a pessoa de valores que és e também sabe que nunca te vais calar (já provaste anteriormente quando sofreste pressão de AJJ seguiste o teu caminho seguindo os ensinamentos do grande Dr José Ferreira Prada), continua a escrever e denunciar a pouca vergonha que se passa nesta ilha .... (ilegalidades do savoy, falta de cumprimento do programa cafofiano, pouco rigor nas contas e outras tantas mentiras da teia cafofianos , sempre com o alto patrocínio do DIÁRIO DE NOTÍCIAS e do seu querido diretor Oliveira !!

Anónimo disse...

Resumindo: O Contribuinte comum, que trabalha, desconta e vive controladamente para cumprir com as suas obrigações é o sustento desta tramóia toda em que todos levam algum indevidamente, sejam políticos, jornais/Jornalistas e empresários lá vão fazendo por pagar menos impostos e menos ordenados.

Anónimo disse...

Para aqueles que andam a pegar pelo facto da empresa ser da zona franca, não se esqueçam que 1/5 das receitas fiscais da Madeira vem da Zona Franca. Sem esse dinheiro, não havia escolas, a saúde ainda estaria pior.
Íamos ao fundo

Anónimo disse...

Como qualquer militante decente social democrata , não vai criticar para a opinião pública o que se passa mal, mas sim dentro do partido que é o que todos os militantes têm feito (claro que existe aqueles que não vão a nada e gostam sempre de ir para os jornais , mas o verdadeiro social democrata , como o Prada e Carlos Rodrigues, não é assim,). Força Prada!

Anónimo disse...

Acham que se o Prada tivesse algo a escrever tinha sido tão detalhado? Acham que ele é parvo?
Metade dos advogados da Madeira, pelo menos, são gerentes de sociedades para seus clientes. Quem o mal?

Anónimo disse...

Prada, estão com medo de ti e Ian do vem para aqui com comentários da offshore é para deitar poeira nos olhos. Estão mesmo com medo. Escreve tudo o que tens para denunciar

Anónimo disse...

isto está muito claro para mim quem vem aqui defender cafofonagem são aqueles que estão desesperados com medo de perder o tacho e fazem estas defesas no seu horário de trabalho , por isso não admira que o Funchal esteja cada vez mais sujo e a bandeira azul tenha sido retirada do Lido , tachos e mais tachos mas as coisas estão cada vez pior ...prova que tudo o que foi contratado para a frente mar e quem manda nas limpezas são um bando de gente sem capacidade e só foi contratada para a caça ao voto .

Anónimo disse...

Senhor anónimo das 14:14, a pouca vergonha que se passa na ilha é só do lado do cafofo? Faça me um favor!!

Anónimo disse...

E quando é que o Diário de Noticias irá publicar os valores dos honorários recebidos pelo advogado Prada pelo falido banco Banif? E depois tem a legitimidade de representar os lesados do banco, se foi um que contribuiu para o estado do Banif.
Se fosse outro elemento do PSD a praticar estes actos era logo criticado e castigado e colocado um processo disciplinar. Haja coerência politica!

Anónimo disse...

És virgem, és

Anónimo disse...

Você é do FCP? Vai escrever a criticar o FCP?
Ele é do PSD vai escrever a criticar o PSD ou a Rubina?
Em que mundo vive?

Anónimo disse...

Resultados só no fim do jogo.
Já vi Cafôfo & companhia mais confiantes....
Mas eu até nem sou da Rubina nem do Cafofo, o que preocupa é que o Diário de Notícias continue a levar parte do dinheiro dos nossos impostos e quanto mais leva mais isenção perde

Anónimo disse...

E mais nada, não diria melhor !

Anónimo disse...

Só metade ? E fazem eles muito bem, se eu pudesse Tbem era, não é ilegal e só contribui para a receita fiscal da região

Anónimo disse...

Leia a lei antes de vir para aqui dizer barbaridades. As empresas instalaras no Centro Internwfionsl de negócios da Madeira podem ter operações com portugueses. Não são proibidas. Para terem isenções fiscais têm e de ter operações com não residentes em Portugal.

Anónimo disse...

Não acha uma pouca vergonha estas peças jornalísticas encomendadas por cafofo para denegrir quem se mete no seu caminho ?

Anónimo disse...

Muito bem.

Anónimo disse...

Deite fora o CINM e os 200.000.000 de euros que as empresas lá instalaras pagam e depois vai ter de pagar para os seus filhos irem à escola, pagar para ter consultas com taxas moderadoras mínimas.
Não seja demagogo.

Anónimo disse...

Você não sabe o que escreve. As empresas sediadas no CINM só não pagam (não pagavam, hoje em dia, já pagam IRC, a ma taxa mais reduzida) se as suas receitas vierem de operações com não residentes fiscais em Portugal. a sociedade podia estar cà ou noutro lado qualquer. E porque não estar cá, pagar aos Pradas de cá, que pagam impostos cá (incluindo dos recibos verdes que emitiam à sociedade) que ao Smith de Guernsey ou ao Schmidt da Austria ou ao Hagg da Holanda ou ao Fournier do Luxemburgo?

Anónimo disse...

Quem não tem argumentos convincentes usa estás chalaças. Etsmvem já disseram que ele escreveu por ser cunhado da secretaria do ambiente e até que ele estava a fazer um favor ao Blandy na guerra do DN contra o JM.
A imaginação, tal como a maldicencia, não tem limites

Anónimo disse...

Corrido do quê? Não lei que a empresa já não fazia nada. Não leu que a empresa não é do AFA? Não sabe mesmo ler, ou é só má vontade.
Que tal sair do anonimato e escrever o que quiser sobre a Quinta do Arco, seja lá o que isso for. O Prada escreve o que quer e você que escreva sobre o que quiser

Anónimo disse...

Não deve ter lido. O José Prada escreveu que pagou rigorosamente os seus impostos dos honorários que cobrou. Se tem dúvidas, vá às finanças

Anónimo disse...

Idem , anónimo das 15:44

Anónimo disse...

Mania de difamar o nome das pessoas só porque sim .
Diga lá então , o Prada teve algum cargo de gestão no banco ? Foi admistrador de algum coisa?
Quer a resposta ? NÃO FOI

A única coisa que teve foi na assembleia que não tem nada a haver com a gestão do banco , por isso antes de mentir pesquise .

Boa tarde !

Anónimo disse...

Que irritante as pessoas insistirem no "ter haver com..."
Bolas... já chega.

Anónimo disse...

Critica-se os jornalistas por publicarem uma peça com factos, que enormes democratas. Querem que se volte ao passado...

amsf disse...

Ó das 16:05
Ao ponto a que chega a vossa moral. O vosso jogo é ocupar todos os cargos (ALRM, Assembleia do BANIF, etc) usufruindo as respetivas benesses e impedindo que outras pessoas mais responsáveis e competentes os ocupem e depois afirmarem que nada têm a ver com as más governações dos executivos que supostamente deviam fiscalizar?!
A verdade é que se não fossem cúmplices profissionais não eram convidados a ocuparem passivamente esses cargos.

Anónimo disse...

Diga-me alguém mais competente, diga?
Olhe que na região só se aproveita mesmo 3/4 escritórios de advogados com bom nome para empresas de fora ficarem cá sediadas (tranquada, ricardo vieira, prada, João Carlos Gomes ).
Admita , senão fosse o CINM o senhor nem tinha estrada para ir trabalhar (se é que trabalha ), deixa lá de ser papista comuna e abra o olhos para a nossa realidade .

Anónimo disse...

Cafofo e Diário de Notícias e resta saber se Avelino tb cometeram um erro grave. Julgam-se os DDT, que todos obedecem, que todos limitam, que estão acima das regras e das lei. Meteram-se com a pessoa errada. Escreve Prada, escreve. Está a dar-nos um gozo tremendo

Anónimo disse...

Posso estar errado mas a reportagem de hoje do DN pode ter sido o princípio do fim do Diário e do Cafofo.
Onde já se viu um condicionamento como a que Cafofo está a tentar fazer ao J Prada usando para isso os "funcionários", sim, porque lhes paga e bem, do Diário de Notícias da Madeira. Se o dinheiro fosse do seu bolso, óptimo, mas é de todos nós funchalenses e madeirenses. Cafofo só tem acesso ao dinheiro de todos para usar em sem proveito pessoal.
E também se percebe que a notícia foi encomenda pois o Prada, inteligemente foi duro e directo no e-mail que escreveu e não restou outra alternativa ao jornalista senão escrever quase na íntegra o que o J Prada mandou. Jà o título não tem nada a ver. Não foi de quem escreveu a notícia, mas de quem a encomendou. Terá sido o director do DN?
Já ninguém quer saber do DN para nada. Eles julgam que tem muito poder, mas o ovo já não quer saber deles. Odeiam-nos tanto quanto odeiam os políticos. Pois andam a ser ainda mais políticos que os políticos. Mas travestidos de imprensa independente o que é bem pior

Anónimo disse...

O AJJ com o seu JM era um anginho comparando Cafofo com o DN.
Volta, estás perdoado.
Ao menos o dinheiro que o AJJ dava era às claras, estava nas contas regionais. Já o que paga Cafôfo ao DN...
E para que fim? Para perseguir quem não é da sua cor política quem o critica.
O AJJ tinha os seus vícios. Mas já lá estava há 40 anos. Estes só chegaram há ainda não tem 4, e vieram com propósito de mudar, ser transparentes.
Vê-se. Por esta e por muitas outras

Anónimo disse...

Que tem você a ver com isso? E se foi 0 de honorários, como eu aposto que foi, pois nem chegou a ser nomeado para a Assembleia Geral? Vai pedir desculpa ao Prada?
Quer ganhar algum. Vá você também trabalhar. A inveja é muito feio

Anónimo disse...

amanha para mostrar que o Cafofo não está enfraquecido pelos ataques do Prada a sondagem do diário vai dar 90%

será só mais uma estratégia do cafofo e do diário para enganar o povo

Anónimo disse...

Mesmo que fosse pago pelo dinheiro do cafofo era errado pois um jornalista tem de ser independente e íntegro !

Anónimo disse...

Estou a adorar! Continua Prada, eles já não sabem inquérito fazer da vida ! Ora sai notícia ou calúnia, mas nunca sai DESMENTIDO porque tudo o que Prada escreveu corresponde à VERDADE!

Anónimo disse...

Anónimo das 17:42, o problema deste comentador em cima é que não sabe ver outras pessoas com sucesso na vida e a dor de cotovelo fala sempre mais alto

Anónimo disse...

Quais factos? Qual a ligação que tem com o atual Savoy??voce não leu mesmo e não vê que foi peça encomendada , mais as pressões a que o Prada foi sujeito

Anónimo disse...

Amanhã sai uma sondagem mal feita a dar maioria a cafofo !
Hoje até teve mais lesados do que apoiantes de cafofo na apresentação hahhaha

Anónimo disse...

Agora imagine a fortuna que o pestana/SDM ganha com uma concessão sem concurso e altamente lesiva para a região. Sabe a % que fica para a região e a % para o pestana ?

Anónimo disse...

De facto a notícia não bate com o título. Que tem o José Prada a ver com o actual Savoy? O que dizia o título. Me engana que eu gosto

Anónimo disse...

Que comentário mais estapafúrdio. Que tem o que escreve com este artigo ou com a reportagem do Diário de Noticias.

É vosso mais competente. E porque não sou eu? Vá mas é para a bicha que eu estou primeiro

Anónimo disse...

Inveja turva o raciocínio

Anónimo disse...

Que actos? Ter sido gerente de uma sociedade qualquer?
Que processo disciplinar no PSD? Por criticar o Cafôfo?
Tem a certeza do que escreveu?

Anónimo disse...

Oh anónimo das 20:47, se fosse gerido pelo governo não ganhávamos nem metade ...

Anónimo disse...

Estas pressões só demonstram que cafofo e companhia estão com medo, agora é HORA de não parar e fazermos como o Prada, sem vergonha na rua (nas redes sociais) a dizer a verdade!

Anónimo disse...

Zé Prada, mostra-lhes os dentes e da fibra de que és feito, metade transmontano e metade de Santana. Estes gajos tiveram um azar (e ainda não perceberam) de se terem metido com o homem errado.
Esquecem-se que eras o Presidente do Órgão Jurisdicional do PSD na altura que o AJJ punha e disponha e que te pressionou directamente para expulsares o Miguel Albuquerque para ele não concorrer às eleições internas do PSD, que forçou o teu tio Miguel Mendonça a te "convencer" a fazer o mesmo, etc etc e tu, porque entendeste que não havia razões estatutárias para expulsar, não expulsaste. Até o teu amigo de sempre Manuel António Correia, que deves ter apoiado mas directas do PSD te deve ter pedido para expulsar o Miguel Albuquerque.
Se a tudo isso fizeste frente, isto agora é uma brincadeira de crianças. Eles vão perceber que tu vergas mas não quebras. Ah vão vão.

Anónimo disse...

Você só pode ser um passarinho.
Ou aterrou vindo de Marte hoje.
Também quer que o Cafofo critique o Costa?
Ou se é do Benfica vai dizer mal do Vieira?

Anónimo disse...

Você deve ser daqueles que tem uma cassete entalada e que lhe falam alhos e responde com bugalhos. Certamente que será uma sumidade que escreve nas entrelinhas algo que é ininteligível para o comum dos mortais como eu.
Já agora, para sua informação, ainda outro dia se provou - declarado por um seu camaradas do sindicato dos trabalhadores dos impostos - que essa falha a que você se refere não tinha sido por erro humano. Foi um dos seus. Vá mas é pedir-lhe explicações

Anónimo disse...

O erro do DN foi ter feito um título que não tem nada a ver com conteúdo da notícia porque não existe nada de relevante para contar. Ou seja, bem queria quem fez o título, mas depois a montanha pariu um rato

Anónimo disse...

Você bem queria que o DN revelasse mais. Azar, não tinha mais nada para dizer. Bem podiam ter poupado uma página. Será que vão converter-se agora ao jornalismo de casos mais ou menos cor de rosa, como o Correio de Manhã? Já não lhes resta muito. Talvez, amsf, você continue a ser um dos seus poucos leitores

Anónimo disse...

Ora aí está um bom trabalho de reportagem que o DN podia fazer em vez de vir com intuitos meramente politiqueiros, próprios de um partido político useiro e vezeiro em baixa política, chafurdar na vida profissional de alguém, lá porque esse alguém denunciou umas habilidades e outras ilegalidades cometidas pelo seu protegido Paulo Cafofo

Anónimo disse...

Não diria melhor

Anónimo disse...

Comentário das 20,41h
Os renovadinhos já se estão a borrar todos e será que foi contabilizados os votos da grande maioria dos verdadeiros PSD que preferem nestas eleições darem um passo atrás e votam Cafofo para em Dezembro colocar estes salteadores de patins a cantarem o Olé a Manuel António.

Anónimo disse...

Se este homem falasse na Assembleia (na casa de loucos como dizia AJJ) como fala aqui, até o mar se enchia e revoltava.

Anónimo disse...

Grande Fiasco na Praça do Município. Madeira não paga a traidores!

Anónimo disse...

Diz que o querem calar e ameaca com queixa quem deturpar o seu texto, ou seja ele quer tambem calar os que teem opiniao contraria a dele..

Anónimo disse...

O Farinha pensa que pode comprar toda a gente !

Anónimo disse...

Fico preocupado com a falta de leitura destes comentadores...
O que foi publicado aqui foi um e-mail de resposta ao jornalista do DN que contactou Prada para este ter direito de resposta (o jornalista devia achar que ele não ia responder Hahahah). Claro , que ele tinha que se salvaguardar na resposta caso o jornalista mentisse acerca do escrito no e-mail ou se o jornalista tivesse uma interpretação não correta do escrito (o que alteraria a verdade dos factos.

Em suma, volte à primeira para conseguir interpretar o texto

Anónimo disse...

*volte à primeira classe

Anónimo disse...

Estes anónimos das 13:54 e 15:16 vê-se logo que não são militantes de partido. Um militante decente e que é Leal ao partido (como o Ze parada) critica o partido DENTRO, não fora .
Só os ressabiados como os senhores é que vêm a público fazer essas coisas

Anónimo disse...

Sou PSD de longa data e nestas eleições voto CAFOFO contra os renovadinhos que destruíram o meu partido.

Anónimo disse...

Então não é PSD, só demonstra uma falta de democracia para aceitar os resultados democráticos das últimas internas . Se quer tacho temos pena!

Anónimo disse...

O Sr. Prada julga-se uma sumidade, como deputado vale muito pouco, passa os dias a rir e a mandar bocas aos deputados dos outros partidos! Julga-se muito esperto, mas foi enganado com os produtos que adquiriu no Banif e meteu-se com outros deputados do PSD nos esquemas do Telexfree, AFINAL O BURRO SOU EU!!

Anónimo disse...

Cala-te Boca, oh do comentário das 10,59h
Deixa-me atirar pedras e enxolhavar os outros antes que eles me façam a mim, quem ganha é o primeiro que corte a meta.

Anónimo disse...

O Prada nunca teve no telexfree, esteja caladinho que fica melhor de boca fechada

Anónimo disse...

Hahahah eu próprio fiz pressão sobre o Prada para entrar no telexfree e ele nunca cedeu. Ele não se Verga nem fica com medo ao contrário dos outros , aquilo é meio transmontano meio santanense, nem com chantagens do AJJ