sábado, 18 de novembro de 2017

Este sábado em Machico


CONSELHO REGIONAL PSD/MADEIRA
CONCLUSÕES

O Conselho Regional do PSD/Madeira, reunido hoje em Machico, procedeu à análise dos pontos em agenda e aprovou as seguintes conclusões:
O Conselho Regional valoriza e agradece o empenho e a dedicação dos autarcas, militantes e simpatizantes do PSD/Madeira nas últimas eleições autárquicas. 
O PSD continua a ser o partido mais votado e o partido em quem os madeirenses mais confiam, embora não tenham sido atingidos todos os objectivos eleitorais propostos pelo Partido para estas eleições. 


O MERCADO DOS LAVRADORES 



Eduardo Abreu


É confrangedor ver a situação a que chegou o Mercado dos Lavradores e toda a sua envolvente. Aquilo que devia ser um ex-líbris da nossa Cidade, transformou-se numa autentica Feira da Ladra (sem desprimor para este espaço existente em Lisboa), com estacionamentos envolventes indiscriminado de motorizadas, espaços sujos, esplanadas mal dimensionadas , pombos em todo o sitio, completa desorganização interior, com atribuição de espaços sem qualquer critério (mistura-se artesanato (?) com talhos e venda de frutas e hortícolas ), ausência completa de qualquer estética, regulamentação inexistente, vendedores sem estarem devidamente identificados e sem traje adequado (no mínimo, uma bata), equipamentos(?) em estado lastimável, amontoados de caixas por todo o lado, multiplicam-se os espaços para vender exactamente a mesma coisa (frutos secos, por exemplo) e não falamos das camaras frigorificas e outros espaços de armazenamento porque não nos foi dado ver. Tenho muitas dúvidas que uma acção inspectiva da nossa ARAE não produzisse “danos avultados” a todos os níveis.

PS-M ao ritmo do 'vale tudo'



CAFÔFO GANHOU MAIS UM 'ROUND'
NUMA LUTA DE MÚTUAS VELHACARIAS 

Sérgio Abreu eleito para presidir à comissão organizadora do congresso deixa barões do PS-M em choque; Carlos Pereira retirou lista e afastou-se


Já na discussão das datas para eleições internas e congresso, ontem à noite na comissão regional, Carlos Pereira sentiu-se na obrigação de fazer cedências a Emanuel Câmara. O autarca do Porto Moniz, operacional do independente Paulo Cafôfo na escalada ao domínio dentro do Partido Socialista, bateu-se particularmente pelo 19 de Janeiro para eleições do futuro presidente do PS e dos delegados ao congresso, reunião magna que propôs para 3 e 4 de Fevereiro. As datas acabaram aprovadas, sem objecções inultrapassáveis por parte dos pereiristas.
Diferente, embora com o mesmo resultado, seria o processo de votação para os 7 elementos da COC. A facção Cafôfo, representada militantemente na reunião de ontem por Emanuel Câmara e pelo ex-líder Victor Freitas, apresentou a sua lista. Carlos Pereira a sua. Entrou-se numa fase de aparente tentativa de consenso. Com desfecho nulo. O actual presidente não teve alternativa que não retirar a lista que propôs. E zarpou dali.
Caminhada - "Quebre o silêncio!" 
- Dia Mundial pela Erradicação da Violência contras as Mulheres

No Próximo dia 24 de Novembro às 18.15 no Hotel Orquídea, Funchal, o MDM- Madeira assinala o Dia Internacional da Não Violência contra as Mulheres, com um debate em torno de uma das maiores expressões de violência sobre as mulheres: a prostituição como flagelo social, profundamente aliado à pobreza e à exploração femininas.
Como oradora desta Iniciativa, “Formas de exploração no feminino: a prostituição e a pobreza”, contaremos com Inês Fontinha, antiga directora da Associação “O Ninho”, que abordará a sua experiência de décadas de trabalho em apoio e defesa de milhares de mulheres portuguesas, após o que haverá espaço para debate em torno desta problemática. 
A prostituição não é uma profissão, é um flagelo social: "Não conheço nenhuma mulher que goste de ou queira ser prostituta" - Inês Fontinha.
- MDM

O trio de Odemira contra o duo Bobby e o Tareco, 
o combate que se segue no PSD Machico


João Pão

Ao analisarmos a conjuntura político-partidária em Machico, constatamos facilmente que o PSD perdeu o poder não em 2017, mas em 2013. Tal facto ocorreu por um lado devido ao desgaste natural do poder. E, sobretudo devido à sua mudança de atitude perante o povo e o poder. Ao longo desse período a humildade, o trabalho, a dedicação e o empenho deram lugar à arrogância, à prepotência, ao desleixo e à falta de respeito. Os machiquenses não perdoaram esta mudança de atitude. Como consequência deste resultado, as divisões internas começaram, as acusações surgiram e surgiu a velha máxima “em casa sem pão todos ralham e ninguém tem razão”. 

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Iniciativa de 'Os Verdes' em São Bento



Maior acesso aos transportes públicos 
justifica proposta 
para os estudantes na Madeira

      O Grupo Parlamentar do PEV já apresentou na Assembleia da República uma proposta para que seja garantida uma maior acessibilidade aos transportes públicos para os estudantes universitários.
      Depois de ter sido por iniciativa do PEV retomado no Orçamento de Estado do ano em curso, o "Passe sub 23", destinado aos estudantes universitários, tal conquista de um importante direito não se aplicava às Regiões Autónomas.
      Tal como por iniciativa do PEV foi possível alcançar o direito dos estudantes universitários de acesso a um título de transporte mais favorável e financiado pelo Estado Português, assim também se tornará justo eliminar uma discriminação negativa a que estão sujeitos os estudantes que estão nas Regiões Autónomas.
      O PEV destaca a importância desta proposta e tudo fará para que esta justa reivindicação colocada pelos estudantes que estão na Região Autónoma da Madeira seja devidamente atendida pelo Estado.

Funchal, 17 de Novembro de 2017

Pelo PEV

Ana Paula Almeida

Carlos Pereira (PS) - Nota do dia



Está a terminar o prazo de entrega de propostas de alteração ao OE2017. Conforme referi inúmeras vezes, neste e noutros espaços, o PS-M já acordou com a Direcção do grupo parlamentar na Assembleia da República e com o governo da república a repetição da proposta de compromisso do governo da república no co-financiamento de 50% da construção do hospital. No fundo a ideia base é a de reafirmar o compromisso e ficar à espera que o governo regional cumpra o seu dever.

JPP pede mais médicos dentistas 
para o centro de saúde de Machico


O Juntos pelo Povo (JPP) foi hoje ao centro de saúde de Machico alertar para a falta de médicos dentistas. Uma situação que está a gerar descontentamento por parte dos utentes, que têm de esperar muito tempo para receberem os cuidados médicos necessários.
“Estamos aqui para fazer uma crítica ao funcionamento deste serviço de medicina dentária, relativamente ao programa ‘Madeira a Sorrir’. No passado mês de julho, o secretário da Saúde afirmou que este programa tinha tido resultados muito positivos, mas nós não estamos de acordo com essa leitura e temos recebido, também, muitas queixas por parte de utentes, nomeadamente neste concelho”, afirmou Carlos Costa.

Já diz o ditado: Faz o que eu digo, não faças o que eu faço!


Uma boca-de-incêndio encontrava-se na manhã ontem, quinta-feira, a perder água há pelo menos 3 horas.
Num período em que tanto ouvimos falar em sensibilização, convinha a autarquia da capital passar das palavras aos atos, dando exemplo da luta contra o desperdício.

Ricardo Vares

Por esse Paul acima



Para os interessados e entendidos na matéria, eis o projecto para a polémica 'lagoa' no 'planalto da Serra', tim tim por tim tim










II SEMANA DO ANTIGO ALUNO MARCADA PELO SUCESSO
Evento mobilizou 15 oradores e 800 alunos em torno de cinco temas


Foi um sucesso a II Semana do Antigo Aluno da APEL! A iniciativa, organizada pela Associação dos Antigos Alunos da Escola da APEL, decorreu entre 13 e 17 de Novembro, focando cinco áreas temáticas, nomeadamente Turismo, Voluntariado, Mar, Novas Tecnologias e Comunicação. O objetivo foi dar aos atuais alunos da escola uma perceção das oportunidades profissionais que cada uma delas oferece, numa lógica de planeamento do futuro académico e laboral.



O Cangalhedo!





Gil Canha

A Câmara prepara-se para comemorar os 77 anos do Mercado dos Lavradores na Praça do Município. Deste modo, só esperamos que nas próximas comemorações do Arquivo Municipal, a Câmara não faça os festejos na praça do peixe, no bar do Teatro, ou mesmo na Guiné Equatorial. 
Mas até percebemos a ideia desta Câmara em recriar o Mercado em frente ao velho edifício da autarquia porque assim o Iglésias pode mostrar aos funchalenses a sua ideia de transformar o nosso Mercado num espaço de petiscos alentejanos, de canecos, de lojas de quinquilharias e de artefactos sado-masoquistas. 

quinta-feira, 16 de novembro de 2017


PSD questiona a CMF sobre os estacionamentos e os contratos que não apresenta

Os requerimentos foram levados hoje à Reunião de Câmara e ficaram sem resposta


Os vereadores do PSD à Câmara Municipal do Funchal pediram esclarecimentos à Autarquia sobre os contratos de prestação de serviços, durante a Reunião de Câmara, que decorreu hoje. Questionaram também a forma como o executivo tem tratado o tema da mobilidade, exemplificando com os estacionamentos em frente à Loja do Cidadão.

“São muitas as pessoas que nos vêem questionar sobre a necessidade de ter ali outro tipo de estacionamento, pelo facto de a Loja do Cidadão ser um espaço frequentado diariamente por milhares de pessoas, onde são registadas as crianças nascidas no Funchal”, disse Rubina Leal, defendendo a necessidade de equacionar a alteração do estacionamento naquela zona para melhor servir a população.


Novo Hospital para a Madeira
Proposta apresentada na Assembleia da República


O PCP já entregou na Assembleia da República uma proposta concreta para que no Orçamento de Estado/2018 seja garantido que o Governo da República assegura o apoio financeiro à construção do Novo Hospital Central da Madeira.                
Em anexo damos a conhecer o teor do artigo apresentado nesta manhã pelo grupo parlamentar do PCP na Assembleia da República.

PLECTRANTO
 Nome científico: Plectranthus ecklonii
Nome vulgar: Plectranto
Porte: Arbusto
Família:
 Lamiaceae
Origem: África do Sul (Região do Cabo)
Morada: Jardim Botânico José do Canto – Ponta Delgada – Ilha de São Miguel

quarta-feira, 15 de novembro de 2017


ESCLARECIMENTO



O diário dos Blandys - como se sabe e pelos motivos óbvios professamos mútua hostilidade - diz ter existido uma reconfirmação de uma condenação, num processo político que ainda é possível na actual Situação na República Portuguesa.
Esclareça-se. De uma sentença de uma Senhora Juíza que já não se encontra por cá, dado o respectivo teor recorreu-se para o Tribunal da Relação. Este decidiu mandar o Tribunal do Funchal clarificar. Foi o que agora aconteceu. 
Portanto, a decisão caberá ainda ao Tribunal da Relação.
Logo, ainda é cedo para os foguetes.
Porque sempre que se verificar que o subjacente a um processo, é política, o foguetório terá de ser adiado para Estrasburgo.

Funchal, 15 de Novembro 2017

Alberto João Cardoso Gonçalves Jardim


Rubina Leal questiona CMF sobre programas de promoção 
para a Saúde e prevenção de doenças

Silvestre Abreu e vereadora do PSD à CMF defendem que as autarquias devem ter um papel ativo na prevenção da diabetes

 ‘Lembrando o Dia da Diabetes – É possível prevenir a epidemia?’, foi o tema da palestra promovida ontem pelos vereadores sociais-democratas à Câmara Municipal do Funchal, no Gabinete da Vereação do PSD, que contou com a presença do orador e médico endocrinologista, Silvestre Abreu.

Rubina Leal chamou a atenção para as competências da Câmara Municipal do Funchal (CMF) na área da Saúde, defendendo que a Autarquia deve desenvolver um trabalho contínuo e regular na promoção da saúde e na prevenção das doenças como a diabetes. “A prevenção é a palavra de ordem”, realçou.


Quando a Ganância dá de caras 
com a Futilidade 
ou 
O que obriga a vã glória de mandar

A ganância move-se normalmente por caminhos diferentes daqueles por onde anda a futilidade.
A ganância é uma entidade sempre insatisfeita e insaciável. Deseja e aspira sempre mais, mais e mais. Representa o arquétipo da adição inconsolada, não  reconhecendo a futilidade que essa ambição desmedida representa.

Comunicado de Imprensa


Juventude Comunista apoia
luta dos professores

A Juventude Comunista Portuguesa na Região Autónoma da Madeira, vem a público expressar a sua mais profunda solidariedade com a Luta dos Professores, num quadro onde os professores sofrem imensas dificuldades, a JCP através do Grupo Parlamentar do PCP, de tudo tem feito para que os professores tenham direito a melhores condições laborais. 
A JCP/Madeira saúda a todos os professores, que queiram aderir hoje à concentração, em frente à Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira.
Achamos as reivindicações dos professores justas e que devem de ser rapidamente aplicadas.

                                                   Responsável pela JCP/Madeira
                                                                 Duarte Martins

Grandes novidades nos conta o pluralismo
















"Há rir e chorar, há chorar e rir"
- Feiticeiro do Sul

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Carlos Pereira (PS) - Nota do dia


Os resultados de um partido servem para avaliar a qualidade das estratégias e da liderança. Sempre foi assim e sempre será assim. Não há outra forma de analisar ou de julgar. O resto é muito pouco relevante, a não ser para construir um caminho de não retorno e de desqualificação do cimento que deve unir as organizações. 
É neste contexto que me interessa pouco o que dizem das pessoas ( e até de mim!) e que me entusiasma muito mais o que falam das opções e das decisões, sejam políticas, sejam de outro índole. 

Além de São Cafôfo





"Tocam os sinos da torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Vai passando a procissão."




Célia Pessegueiro e Victor Freitas 
devotos de Santo André Avelino


"Olha os irmãos da nossa confraria!
Muito solenes nas opas vermelhas!
Ninguém supôs que nesta aldeia havia
Tantos bigodes e tais sobrancelhas!"




Chegaram-nos nos últimos tempos muitas mensagens alertando para o desaparecimento da recém-eleita presidente da câmara da Ponta do Sol. Segundo os sons das campainhas, Célia Pessegueiro andaria persistentemente ausente das lides para as quais foi eleita. Se na parte da manhã alguns felizardos conseguiam dar pelo seu vulto esguio nos paços e redondezas, já durante a tarde ninguém punha a vista em cima da sra. Regedora. 

segunda-feira, 13 de novembro de 2017


O Trio Odemira do PSD Machico


João Pão


Hoje foi anunciado que no próximo dia 7 de dezembro realizar-se-ão eleições para as comissões políticas de freguesia. Graças a esta notícia percebi a razão da azáfama e ocupação permanente da sede do PSD Machico, que durante os últimos dois anos, que parecia um edifício fantasma. E esta lufa-lufa tem um objectivo, formar uma lista liderada por 3 ilustres e reconhecidos militantes que, diariamente labutam a favor da nossa comunidade. 

PCP requer audição parlamentar


Alternativas para as ligações marítimas Porto Santo/ Madeira quando o “Lobo Marinho” estiver em doca seca


Entre janeiro e fevereiro de 2018 deverá haver uma mais prolongada paragem do navio “Lobo Marinho” que garante o transporte regular de mercadorias e de passageiros entre as ilhas da Madeira e do Porto Santo.
A interrupção da actividade do navio que assegura a ligação marítima Madeira/Porto Santo resultará do facto desta deslocação para doca seca ser inadiável, num momento em que trabalhos especializados são obrigatórios na “reparação dos 15 anos”.

Ministro da Saúde reitera compromisso 
de cofinanciamento de 50% do Hospital

“A Madeira precisa de ter um novo Hospital Central”. A afirmação é do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, hoje numa audição no âmbito da discussão do Orçamento de Estado (OE) 2018 na especialidade.

O governante respondia ao deputado do PS eleito pela Madeira, Luís Vilhena, que disse perceber “que o hospital da Madeira não tenha sido anunciado na lista de Hospitais e outras instalações de saúde que o Governo se propõe construir ou pôr em projeto no OE 2018”. O socialista insular lembrou que “há uma diferença substancial”, que compreende, mas que outros deputados, nomeadamente os do PSD, insistem em não compreender. “É que a construção, manutenção das instalações físicas onde são prestados cuidados de saúde na Madeira são responsabilidade do Governo Regional”, afirmou. Mas, relembrou que o Estado “se comprometeu no OE de 2017 em 50% da construção, repito da construção, do novo hospital da Madeira”, reforçando que a mesma proposta vai ser introduzida novamente no OE 2018 pelo grupo parlamentar do PS.

CDU em Santa Cruz


Extinção Imediata da Taxa de Protecção Civil 
e a Devolução Imediata de Verbas aos Cidadãos


Em Santa Cruz, nesta manhã, em iniciativa política de contacto com as populações, a CDU exigiu a extinção imediata da Taxa de Proteção Civil e a devolução das verbas cobradas pela Câmara Municipal.
O município de Santa Cruz é o único que na Madeira aplicou a taxa de Proteção Civil.
Por ser inconstitucional e ilegal, a Câmara de Santa Cruz está a exercer uma cobrança abusiva de verbas. Como afirmou António Jardim, «na prática a autarquia está a obter algo que não lhe pertence, extorquindo aqueles valores à população».
A CDU lançou hoje uma recolha de assinaturas exigindo a imediata extinção da actual Taxa Municipal de Proteção Civil e a devolução aos munícipes das verbas roubadas às populações.


Funchal, 12 de novembro de 2017


Pl’A CDU/Madeira


Escândalo nos 600 anos 
dos Descobrimentos



Comissão das comemorações 
sem um único representante
da primeira ilha  descoberta 


O Porto Santo está em polvorosa. Como se compreende. Nomeada uma Comissão Executiva para as comemorações dos 600 anos do Descobrimento das ilhas da Madeira e do Porto Santo, presidida por Guilherme Silva, não existe um único elemento da pequena ilha, a primeira da lista de descobertas, a incorporar a referida comissão.
Além do presidente, Guilherme Silva, deputado social-democrata em S. Bento durante vários mandatos, integram a comissão, divulgada em Joram, Natércia Xavier, adjunta na Secretaria da Cultura, Teresa Brazão, directora regional de Cultura, Roberto Santa Clara Gomes, da Associação de Promoção, Carmo Fontes, técnica do Turismo, e Dorita Mendonça, directora regional de Turismo. Do Porto Santo, ninguém. 

domingo, 12 de novembro de 2017


CMF: O recurso hierárquico



Continuando a comparação entre a câmara de Cafofo e o governo de Albuquerque


As competências dos vereadores são delegações do Presidente da Câmara. Isto até escrito nos ofícios assinados por esses vereadores.
Então, uma qualquer decisão de um vereador municipal é passível ser impugnada por meio de um recurso hierárquico[i].


Um “funeral” pago por tontos!





 Gil Canha


Sinto-me na obrigação de fazer este sério aviso público aos meus concidadãos, para tomarem cuidados com certas armadilhas que o nosso caduco e necrosado regime monta aos seus mais crédulos cidadãos.
Se alguém por acaso vir um político, um magistrado ou algum grupo económico a roubar, a corromper ou a aliviar os bolsos da populaça, não intervenha! Não denuncie! Finja olhar para o ar, mesmo se passar num  local recôndito e vir uma idosa a ser violada por um tarado. Não se arme em altruísta nem herói, porque além de ter uma carga de chatices e outros trabalhos, ainda poderá pagar bem caro a sua ousadia e o seu sentido cívico. A justiça neste país não premeia o activismo cívico, pelo contrário, pune-o!
E porquê? Não sei se estão lembrados, mas houve um grupo de cidadãos meio-tontos (se calhar mesmo tontos), do qual fiz parte, que resolveu pedir a reabertura do célebre processo “Cuba Livre”, depois do MP ter resolvido arquivá-lo.

sábado, 11 de novembro de 2017

Votos para Emanuel Câmara/Cafôfo


Victor Freitas 'à caça' no Porto Santo


O antigo líder e actual deputado do PS-Madeira Victor Freitas anda desde sexta-feira no Porto Santo a recolher assinaturas-promessa a favor da candidatura de Emanuel Câmara à presidência do partido. E não tem sido mal sucedido. Segundo fonte autorizada na matéria, parte significativa dos militantes porto-santenses aptos a votar para a próxima liderança, disputada para já entre Câmara e Carlos Pereira, evidencia tendência de voto no actual presidente da câmara do Porto Moniz.

PRIMEIRA PLANTAÇÃO
DA ÉPOCA 2017 – 2018
Com um mês de atraso, devido à falta de chuva nas terras altas da cordilheira central da Ilha da Madeira, a Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal iniciou esta manhã a época de plantação 2017 - 2018.
Os cerca de 50 voluntários, entre os quais dois japoneses, colocaram cuidadosamente no solo plantas de espécies indígenas da Madeira, oferecidas pelo IFCN (Instituto das Florestas e da Conservação da Natureza).

PSD Machico sem rei nem roque - parte II


João Pão

Estava eu a folhear o excelentemente renovado Jornal da Madeira, parabéns ao pessoal dirigente e colaboradores, quando fui brindado com um artigo intitulado “QUANDO O HORIZONTE TERMINA NO PRÓPRIO UMBIGO” segundo um amigo, da autoria de uma conterrânea, Sílvia Ornelas, o qual entre várias pérolas nos delicia com “A elevada autoestima é uma virtude, mas quando vem em doses reforçadas leva ao exagero da veneração por si próprio. Há quem por aí ande com a plena convicção de que foi o resultado de uma inspiração divina, um exemplo de perfeição física e intelectual”. 

sexta-feira, 10 de novembro de 2017


Pitosgas há muitos por aí, pelos vistos


Alguém sabe me explicar como é possível estarem a montar luzes de Natal se tivermos em conta a proibição legal que decorre do disposto no n.º 4 do art.º 45º da Lei de Organização e Processo do Tribunal de Contas (Lei n.º 98/97, de 26 de Agosto, aditado pelo artigo 1.º da Lei n.º 61/2011, de 7 de Dezembro) que estabelece que “Os atos, contratos e demais instrumentos sujeitos à fiscalização prévia do Tribunal de Contas cujo valor seja superior a € 950 000 não produzem quaisquer efeitos antes do visto ou declaração de conformidade”.

Que eu saiba o contrato das iluminações tem valor superior a 1.700.000 EUR.

Se fosse a SIRAM não podia fazer isto, pelos vistos estes da Luxstar podem.

Vamos ver se a Drª. Juíza faz vista grossa neste contrato, e, se isso vier a acontecer, também vai ter que fazer vista grossa nos outros todos daqui para a frente.

João Silva

PROMOÇÕES E PROPAGANDA

João Barreto

O Diário de Notícias, outrora um órgão de referência na comunicação social madeirense, desde há alguns anos prossegue, incansável, o objetivo de levar ao colo até à Quinta Vigia o Senhor Cafofo. Publica periodicamente textos de que o dito cujo será autor, inçados de erros gramaticais e ignorância histórica (dizer, para dar um exemplo recente, que o Prof. Mota Pinto, militante da primeira hora do PSD, foi um primeiro ministro independente, ou é ignorância ou é mistificação); escamoteia tudo o que possa prejudicar a imagem do idolatrado mayor do Funchal; esconde para fundo da página menos lida o que a oposição promove. Tudo o que o Governo Regional faz é sujeito a um crivo negativo e maldizente.

JCP reúne-se com AAUMa



Abordagem aos problemas dos alunos 
do ensino superior



A JCP/Madeira reuniu esta manhã com a AAUMa, com o intuito de perceber quais são os principais problemas e preocupações dos alunos do ensino superior.
A AAUMa mostrou os obstáculos que encara em prestar apoios aos alunos mais desfavorecidos, relativamente às Bolsas de Alimentação, que num universo de cerca de 3500 alunos só seja possível atribuir cerca de 70 bolsas ao longo do ano, o que é manifestamente pouco.

PSD estranha dualidade de critérios 
entre Madeira e Açores

Enquanto a Madeira entrega as verbas da Segurança Social, CGA e ADSE aos cofres públicos centrais, os Açores contabilizam estas verbas como conta corrente no seu orçamento regional

Rubina Berardo, deputada do PSD à Assembleia da República, questionou o Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social sobre a dualidade de critérios na retenção das contribuições para a Segurança Social, CGA e ADSE.  

No âmbito da discussão de especialidade do Orçamento de Estado para 2018, a deputada madeirense notou que, apesar da norma dizer que as contribuições retidas nas regiões autónomas não constituem receita das mesmas, os Açores contabilizam aquelas três fontes de receitas como conta corrente da Região.  

RTP-M invoca indevidamente sindicatos
para cortar remuneração a trabalhadores


Comunicado nacional desmente, denunciando "erros grosseiros" e uma "básica falta de preparação" da Direcção regional 




Se a qualidade televisiva da estação da Levada do Cavalo já vai pela ribeira abaixo, com fretes no TJ e outros programas a dar antena a grupos económicos e políticos carreiristas, a gestão de recursos humanos não mostra resultados melhores.
Além das tentativas absurdas de despedimento de quadros valorosos e das queixas em tribunal contra as arbitrariedades da RTP-M, agora temos uma chico-espertice escandalosa engendrada pelos desgovernantes lá da casa. 

JPP requer Comissão Parlamentar 
de inquérito ao Sesaram


O Juntos pelo Povo (JPP) conseguiu a adesão de um quinto dos deputados da Assembleia Legislativa da Madeira (ALRAM) para constituição de uma Comissão Parlamentar de Inquérito aos serviços prestados pelo SESARAM - Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira, E.P.E.
O requerimento já deu entrada nos serviços da Assembleia, com as assinaturas dos deputados do JPP, PCP, BE, PTP e deputado independente, e aguarda-se agora que a Comissão seja, obrigatoriamente, constituída. A deputada Patrícia Spínola explicou os objetivos desta iniciativa: