quarta-feira, 12 de julho de 2017

Por falar em sinalização de estacionamentos...




Autarquices  2017




A história desenvolve-se ali na Latino Coelho, nos parquímetros diante do 'Pau de Canela'.





A sugadora de moedas está ali encantada da vida, sim senhor. Mas há qualquer coisa de errado. Vemos as linhas azuis ao longo da via, mas não as transversais, a demarcar a área de cada carro.





Será vista empenada? Não estamos de directa. Não há mesmo os risquinhos transversais, para a gente estacionar no espaço normal para cada carro. É arrumar o popó a olho.




Uá! Vejamos o outro lado da rua, o lado norte. Tudo certinho, não está? O risquinho transversal não falha e para estacionar não há nada que enganar. É ou não é?




Voltemos ao lado sul, a ver se as riscas já caíram do céu, por milagre. Qual! Tudo na mesma. Estaciona-se ao calhas.




Depois, claro, é isto. Como outros que estavam naquela rua hoje de manhãzinha. Cada carro a ocupar dois lugares.




Portanto, seria bom que mandassem os fiscais da câmara darem ali uma saltada, já que entrou em moda espiar a sinalização dos estacionamentos. Lá por estes serem da câmara, não estão livres. Se os fiscais já lá andam e não dão por nada, alguém que vá fiscalizar os fiscais do Cafôfo. Não se ponham com 'autarquices', porque o tempo é de autárquicas.

PS - Pegámos no assunto por termos visto que felizmente a D. Edilidade se preocupa com a legalidade na cidade. Porém, como as atenções fiscalizadoras vão para uns parques, deixando outros laborar à vontade, e agora com esta de ser a própria câmara a dar um exemplo destes!... E atenção aos nossos comentadores, que noutra peça se referem aos parques da câmara como autênticos 'barris de pólvora' em matéria de segurança. Depois digam que a gente não avisou.

21 comentários:

Anónimo disse...

Srº Luís Calisto esteja descansado que se saiu nO Fénix a srª câmara vai mandar pintar!

Anónimo disse...

Ainda mais piada tem o "Parque de Estacionamento Gratuito" que a Câmara criou para a Praia Formosa. Até parece que a Câmara quer que as pessoas vão à serra e não à praia. Fica a "quiloooometros" de distância da Praia Formosa. Grandes acessibilidades.

Passei no domingo na Praia Formosa e aquilo era um pandemónio. A Câmara nunca mais resolveu o estacionamento da Praia Formosa.

Anónimo disse...

A Camara tem mais com se preocupe do que com a porcaria dos parques ( o do Gil Canha é exceção para ele ver o que é bom para a tosse ).
A preocupação neste momento é com a comunicação , não tanto com comunicar mas mais como controlar o que os outros dizem , assim se justifica a contratação da LPM e satélites paga a peso de ouro pelos funchalenses para esconder a incompetência de Cafofo

Anónimo disse...

Como fica junto ao mercado, a CMF pode guardar as latas de tinta nalguma barraca ou talho desocupado, depois é só atravessar a rua com a brocha e a lata de tinta.

Anónimo disse...

Trapalhada do princípio ao fim!

Anónimo disse...

Saiu na Fénix, não é de familiares do Gil Canha, o Glesias manda arranjar.

Anónimo disse...

Cmf os cortes nas despesas sao tantos que ate cortam na tinta ou vao alugar ao os pintores a empresa dos familiares do PS Vitor e Celia

Anónimo disse...

O srº cafôfo e o srº iglésias não foram abrir a caixa de pandora? Na minha terra diz: "agora f...-te e bebe água"! Em Cuba não sei como é!

Anónimo disse...

As linhas azuis são ilegais, não constam na sinalização do código de estrada.
As linhas que delimitam o estacionamento, têm de ser de cor branca, pois é o que está estipulado no artigo 62, ponto 3, do Decreto Regulamentar Nº22-A/98 de 1 de Outubro, pelo que qualquer multa passada ao abrigo das linhas azuis, é para colar no tecto.
O princípio de obediência, é pela sinalização legal. Se a sinalização é ilegal, não posso ser sancionado. O exemplo no cumprimento das regras, tem de vir de cima !!!
Para poder conduzir um veículo, fomos obrigados a estudar o código de estrada e toda a sinalização constante do mesmo. Lá não existem linhas com "cores azuis", pelo que, se não estão regulamentadas..., paciência. Quem é responsável pela sinalização (pinturas), é que tem que saber o que faz.
Só posso ser condenado por algo que seja legal e que esteja previsto na Lei.
Se as linhas azuis não estão previstas na Lei..., não posso ser condenado, ou seja, multado.
Como dizia Sherlock Holmes: elementar meu caro Watson.

Anónimo disse...

Realmente isto é gravíssimo! Um mentecapto não consegue estacionar de forma ordeira...
O parque gratuito da Câmara é longíssimo?? Está tudo louco? No máximo leva 10 minutos a pé no sentido de subida. Eu antes deixava em cima no Amparo e vinha a pé até à praia! Não custa nada e até é um passeio engraçado. Esta gente quer estacionar à porta como fazem por essas estradas fora dificultando o trânsito! Querem o parque na Formosa, paguem ao privado a fortuna mas do vosso bolso de gordos, não com o dinheiro dos meus impostos!

Anónimo disse...

É verdade, na Praia Formosa o estacionamento "GRATUITO" da Câmara é tão longe da praia que é quase inútil. Há famílias com crianças pequenas que têm que carregar com eles e com as tralhas para conseguirem chegar à praia. No regresso a mesma coisa. E pessoas com mais idade ou com algumas dificuldades de locomoção têm que fazer a mesma peregrinação. Aquilo na Praia Formosa é uma vergonha. Parece uma praia de um país do terceiro mundo. Acessibilidades zero!

No continente há muitas cidades que ficam junto à praia e tem sempre uma rua ao longo da praia com estacionamentos que as pessoas podem usar. Quando se está mesmo no meio da cidade normalmente tem parquímetros. Mas nas zonas mais periféricas, como a Praia Formosa, costuma ter grandes áreas para estacionamento dos veraneantes, que eles podem usar para estacionar o carro e ir à praia mesmo ao lado, a custo zero.
Aqui na "mamadeira" não! As pessoas que querem ir à praia são também forçadas a fazer caminhadas, carregadas, com filhos ao colo, com os pais idosos, e subir e descer ladeiras. Só mesmo na "mamadeira"!

Anónimo disse...

Há fartura de estacionamento na Calheta, porque não vão até lá?

Anónimo disse...

Calheta? Surtou?

Há fartura de espaço na Praia Formosa, porque não há estacionamentos na única praia do Funchal?

Anónimo disse...

façam como eu ... vou comprar um veículo anfíbio ... assim vou à praia que quiser e tenho estacionamento ilimitado no mar!

Anónimo disse...

Parabéns ao Sr. Calisto pelo seu trabalho. A falar de parques de estacionamento o artigo que saiu esta semana das galerias de sao Lourenço. Já está arrumadinho pintadinho tudo ok. Gil Canha outro.... A população agradeçe e tu já tens o meu voto

Anónimo disse...

Infelizmente Caro Calisto isto não se passa só no Funchal.
Também noutras Camaras e daquelas que são governadas pelo PSD.
Acabei a pouco de passar na R brava e é vê-las nas mesmas condições, portanto parece ser um mal e falta de tinta regional.
Julgo que a anomalia/poupança será de Empresa que explora os parcómetros.

Luís Calisto disse...

Obrigado pela achega, caro Comentador das 12.09. Mas tenho uma declaração a fazer: tanto se me dá que as câmaras sejam do PSD como do MRPP ou da Geringonça. Todas são obrigadas a fazer cumprir as leis. No caso em apreço, a graça que vi foi a CMF, que andou toda atarefada a fiscalizar o parque privado de um "inimigo político", permitir aquela situação irregular na Rua Latino Coelho, com parquímetros da alçada municipal. Como dizia o outro, ou há democracia ou comem todos!
E bom fim-de-semana, que, tal como a vida, são dois dias.

Anónimo disse...

Sr Calisto, dizia-me um amigo meu que foi bafejado pela sorte e andou pelo Maduro e por Miami e se acautelou a tempo que nós infelizmente não estamos atualizados e apenas olhamos para o nosso umbigo. Como dizia o Pimenta Machado hoje o que é verdade amanha é mentira, o Mundo gira e temos de andar sempre no comboio.
Dizia-me ele que tem um Jeepão, um Hummer que sendo assim o carro dele que ocupa cerca de espaço e meio, teria de pagar 2 estacionamentos, não? Como ele já existe mais alguns nas mesmas condições e então nos States aquilo é normal.
Nem todos os carros são Mini, uns tem meio metro e os outros metro e meio.
Portanto é uma ideia atualizada das Camaras locais que já se praticam noutras cidades, o Mundo e o Ramo Automovel evoluiu muito. Isto agora é tudo ao molhe e fé em Deus.
Quanto a inimigos públicos não entro nesse tema, apenas os técnicos.

Luís Calisto disse...

Entendo. Se calhar as pessoas como o felizardo do Hummer precisam de GPS para localizar os parquímetros da cidade onde não há os tais risquinhos. Entretanto, o homem do Jipão pode estacionar na estação das camionetas.

Anónimo disse...

Concordo com tudo!
Nunca uma Câmara viveu tanto para o show off... Que vergonha.

Anónimo disse...

Povo atrasado e velhos do Restelo que se lhes mudam um sinal de transito sem os informar, espatifam-se todos.