quarta-feira, 9 de março de 2016

Enigma no establishment (ACTUALIZADO)


A VIAGEM MISTERIOSA DE ALBUQUERQUE

* Afinal, trata-se de uma deslocação de índole privada e não "de trabalho"


Não é assim tão relevante a ausência de um chefe de governo das ilhotas na tomada de posse de um Presidente da República. Porém, o inesperado da falta de Miguel Albuquerque às cerimónias de São Bento, esta manhã, fazendo-se representar por Sérgio Marques, já criou alarido.
Já que continuam a perguntar-nos para cá por que razão o líder insular viajou para o estrangeiro sem aviso à navegação, vamos vender o peixinho pelo preço que comprámos a um Leitor: o patrão do Establishment Azul viajou para África do Sul na Swiss Air, voo LX288, de Zurique para Joanesburgo. 
Não sabemos para que foi isso. Agora o nosso Leitor da informação sabe para que não foi: não foi para estar ao lado de prospectores do Banif.
O Leitor ironiza, claro. Se já não há Banif, não há prospectores do Banif. 
Deixamos duas tarefas aos nossos K: primeiro, confirmar se o homem foi mesmo para Joanesburgo; segundo, saber se a viagem é um prémio à Sissi.

PS - Sim, caros comentadores, podia fazer confusão que estas jornadas de cruzeiro não façam confusão, como faziam outrora. Mas não há confusão nenhuma. Qual confusão!

PS 2 - Informações de última hora deixam-nos em condições de garantir que a viagem ao estrangeiro que tirou Miguel Albuquerque das cerimónias da tomada de posse do novo Presidente da República está decorre no plano privado. Não se trata, pois, de uma "viagem de trabalho", ao contrário do que Sérgio Marques, governante que substituiu o Presidente regional em São Bento, afirmou à imprensa. Os equívocos, aliás, surgiram desse lapso de Sérgio. Grande urgência havia de ter aparecido para ser feita uma viagem "de trabalho" sem tempo para a colocar na agenda, à vista da população e da classe política. Não confirmamos que o destino da viagem particular seja mesmo a África do Sul, porém é verdade que Marcelo já estava informado da ausência de Albuquerque na tomada de posse. Foi tudo acertado na mesma altura em que o (então) futuro Presidente confirmou a sua presença na Madeira a 1 de Julho, Dia da Região.  

24 comentários:

Paulo Farinha disse...

Estou feliz com o nosso Presidente da República, carismático, alegre, descontraído, dinâmico.
Ontem fiquei satisfeito quando Marcelo Rebelo de Sousa afirmou à comunicação social, que Portugal não pode andar sempre em eleições, que estas são institucionais e não partidárias, um excelente recado aos políticos que desejam eleições antecipadas. Bingo!
Curiosamente Miguel Albuquerque não participou na tomada de posse do Presidente da República, nem Passos Coelho participou no almoço do novo Presidente. LOL!

ZEPOMBO disse...

SERÁ QUE O NOSSO PRESIDENTE DA MADEIRA, FOI TRATAR DA VINDA DO FERRY CLANDESTINAMENTE SEM OS SOUSAS SABEREM? SEI LÁ SEI LÁ, O DIABO QUE O DIGA.

Anónimo disse...

Deve ter ido à Colombia, passando pelo Mexico...

Anónimo disse...

Tantas dividas que tinha mas agora anda bem mais folgadinho. A vida é bela.

Anónimo disse...



O homem foi tratar do avião cargueiro com o aviador.

Curiosos

Anónimo disse...

Todos errados. Tem a ver com a venda do empreendimento do Arco de S. Jorge.

Anónimo disse...

"Viagem de trabalho" ou "Viagem particular"?
Em função do deslize de Sérgio Marques, seria importante que a Presidência do Governo esclarecesse que a viagem foi paga pelo próprio e não pelo erário público. Assim, ficaria claro o propósito da viagem.

Anónimo disse...

Posso garantir que veio para Africa do Sul,eu vim no mesmo voo desde o Funchal ate Zurich e de la para Johnnesburg[eu em economica e o SR.em 1 classe].Viajava acompanhado de um individo do sexo masculino.

Anónimo disse...

...até Obama ... Papa ... quando viajam NÃO o fazem em secretismo absoluto ... mesmo que os destinos sejam de zonas de conflitos armados !!!!!

Anónimo disse...

Temos um presidente que anda mais empenhado nos seus negócios do que na governação! Está a aproveitar as oportunidades do posto que tem para pagar as suas dívidas e expandir os seus negócios. África do Sul, Inglaterra, Miami, Venezuela!!! O que é que se segue???? Já é tempo dos madeirenses abrirem os olhos e verem o bando que anda a governar essa ilha!!!

Anónimo disse...



Olha aqui à gato.

Então o homem adora viaja com homes ?

Anónimo disse...

Que triste a acatuação do Sergio Marques. Disse que Albuquerque estava no estrangeiro numa visita de "trabalo". afinal era uma viagem de turismo e laser....este Sérgio tem os dias contados no Governo já são tanmtas as "inverdades" que tem proferido.......Nossa tem resistido mas não vai aguentar muitos meses com Relações Públicas do Goewrno.....assim eu esteja iludido.

Anónimo disse...

Eu tb fiquei feliz com o novo presidente Portugal mandou Cavaco figura sorumbatica cuidar dos netos apareceu o Presidente carismatico todos elogiam o presidente com maior Quoficiente de Inteligencia qual D. Sebastiºao dizem que vai fazer tudo para que haja consensos entre os principais partidos coisa que eu nao acredito que vai sempre lutar pelos mais desfavorecidos qualç Papa Francisco mas todos sabemos que o presidente da República é uma figura simbólica com pouco poder de intervenção.....este Governo António Costa tera uma vida muito curta ...ja minha avo dizia o que e roubado mais tarde ou mais cedo.........nao haja duvidas o professor Marcelo veio dar uma nova aragem e oxigenio a credibilidade da democracia portuguesa......eu votei nele pois era a figura com mais capacidades....ainda me aconselharam a votar no Paulo Morais mas a inteligencia nao dava para mais....O Paulo Morais e o Marinho e Pinto só sabiam falar na bandeira da corrupção mas materializar essas acusações isso não sabiam fazer lembrar um político da Madeira.

Anónimo disse...

Parabéns ao Dr. Miguel Albuquerque por ser contra o sistema político instalado e mostrar a sua "rebeldia" ao novo Presidente da República. Eu defendo o Presidente da Madeira. É preciso renovar e é isso que o Governo tem feito na Madeira e isto tem de chegar ao continente, aos partidos de lá, ao governo e assembleia de lá. O Dr. Albuquerque fez muito bem em não ir e não interessa nada se foi em trabalho ou se foi de viagem particular. Força presidente!

Anónimo disse...

O menino de Santana está a destruir o PSD, um ditador.

Anónimo disse...

Anónimo das 18:11 tome a medicação. Ou é doente ou tem teta no governo.

Anónimo disse...

POVO MADEIRENSE!PREPAREM-SE, PORQUE O "BURACO" ESTÁ ABRINDO. SÃO VIAGENS DE LAZER, IDAS A CONGRESSOS E COLÓQUIOS DA TRAMPA, SAÍDAS PARA ASSINAREM PAPELINHOS QUE NADA VALEM E QUE PODEM MUITO BEM SEREM ASSINADOS E DEPOIS ENVIADOS POR CORREIO, ETC, ETC, ETC...ESTAMOS TODOS A PAGAR ESTA M...

Anónimo disse...

Sem Dúvida que o Partido tem que mudar de Secretario Geral Urgentemente Os Militantes têm a Palavra Partido completamente Escangalhado Dividido .O Dito Cujo é Arrogante de Mais e Invejoso.

Anónimo disse...

A retaguarda do Albuquerque está fraca demais com o atual secretário ..o Cafofo está a preparar e Bem a Vitória em 2019 Eleições Presidência Governo Regional.

Anónimo disse...

o especialista em Ferrys veio dar uma de PSD mais tudo mundo sabe que é bloquista

Anónimo disse...

Um tal mafioso Anacleto Teixeira do Faial abriu umas contas off shore na South Africa meses antes para puder reaver uns dinheiros emprestado a um garoto do Faial e agora MA teve que ir lá pagar dita conta, estas modernices da computadores dá nisto.

Paulo Farinha disse...

Resposta ao anónimo das 12:13.
Cresça e apareça que a gente se entenderá, se tiver relutância em o fazer, recomendo uma ida ao médico da especialidade, para tratar essa mania de perseguição. Se não for ao médico sugiro que arranje outro para perseguir, que esteja a prejudicar a economia da Madeira.

Anónimo disse...

O Presidente já se mudou para a nova casa na zona da Casa Branca paga pela Tecnovia. Se tal acontecer nunca mais contem comigo apesar de ser militante do PSD

Roberto Gouveia disse...

Não sei se a viagem está relacionada com a venda da Quinta do Arco como alguém aqui refere, mas sei que, através de um familiar residente em Joanesburgo, que estava programado um safari com caçada numa reserva de caça propriedade de um holandês. Iriam participar algumas pessoas influentes da comunidade local.