quarta-feira, 5 de julho de 2017

Autárquicas/Funchal



Rubina Leal  quer implementar um Plano
de Mobilidade para a Cidade


Rubina Leal, candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal, quer implementar um Plano de Mobilidade para a capital madeirense, porque, lembrou, não é possível ter uma Cidade acessível com medidas avulsas.
“Hoje em dia as cidades querem se acessíveis para todos, têm de ser inclusivas tem de ter condições que levem a que as pessoas se sintam confortáveis na sua própria cidade”, disse, sublinhando que é urgente eliminar barreiras e criar percursos acessíveis e humanizados.
A candidata social-democrata falava hoje durante a iniciativa “Encontros com a Cidade”, que juntou dezenas de pessoas na Praça Colombo, para ouvir a especialista em mobilidade, Paula Teles, e o jornalista Marcos Mota, portador de deficiência motora.

“Não é possível ter uma cidade acessível com medidas avulsas, daí a necessidade de implementar um Plano de Mobilidade, onde quero criar uma marca de cidade acessível para todas as idades e que inclua todas as pessoas” afirmou, lembrando que nesta estratégia de acessibilidades os estacionamentos assumem um papel fulcral.

“Por isso, uma das medidas é tornar o Funchal uma Cidade Inteligente, onde, por exemplo, se possa pagar o parcómetro e saber em tempo real a disponibilidade de espaços através de um telemóvel.”
No Plano de Mobilidade que Rubina Leal quer para a cidade, os transportes públicos assumem um papel fundamental. Sempre na ótica de quem os utiliza. “A Câmara tem neste momento, a grande oportunidade para através de um contrato interadministrativo transferir a relação do sistema de transporte para a Autarquia, negociando contrapartidas que revertam para todos os que utilizam os transportes públicos”, notou, dizendo que é preciso estimular a utilização dos transportes públicos.

“Eu dei uma volta pelo concelho todo, e são inúmeros os sítios em que nem sequer existem condições nos abrigos para as pessoas poderem esperar a chegada do autocarro quer no centro do Funchal quer na periferia. É importante melhorarmos as condições de utilização destes abrigos, em que alguns estão num estado lastimável”, concluiu.

Texto e fotos: PSD

21 comentários:

Anónimo disse...

A demagogia não tem limites...não é por acaso que e da equipa do promessas.... falta de imaginação desta candidatura

Anónimo disse...

Será que vai ser desta vez que vamos ter uma Central de Camionagem digna no Campo da Barca?

Anónimo disse...

Muito boa iniciativa!
Força Rubina! Continua a trabalhar e em breve a Câmara será tua!

Anónimo disse...

Ó senhor anónimo das 4 da manhã, muita promessa quando o dinheiro é pouco, dá logo para desconfiar.Prometer não custa nada.A demagogia não tem limites.

Eu, o Santo disse...

A proposta dos parcometros é baseada numa tecnologia já existente made in Brava Valley.

Explicitamente são feitas duas medidas: um plano e os parcometros.
Isto dos Planos tem muito que se lhe diga. Um dia destes explico. Mas posso já dizer que se o plano da candidata é fazer um plano então ela não sabe o que deve fazer para melhorar a mobilidade.

Anónimo disse...

demagogia , falta de imaginação ? então querer uma cidade para todos , uma cidade inclusiva é demagogia e falta de imaginação ? Estamos a ver de facto o que pretende Cafofo , uma cidade para os animais e para as elites.

Anónimo disse...

Lá vem o outro com a central de camionagem.

Anónimo disse...

Mas o que é isto no JORAM de hoje???? O que é isto???

SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO
PÚBLICA
Despacho n.º 279/2017
Nomeia o trabalhador Miguel Ângelo da Silva Rodrigues, Jornalista do JM MADEIRA
para prestar assessoria especializada no Gabinete do Secretário Regional das
Finanças e da Administração Pública.

Anónimo disse...

O comentador(a) das 12:08, vê-se mesmo que passa à vida no JORAM, à procura destas nomeações apenas para as criticar. Tudo porque a sua (nomeação) ainda não aconteceu! É melhor esqueceres porque pessoas dessa estirpe, normalmente nunca são chamadas!

Anónimo disse...

Ora esse fazia os favores ao Quebra Costas, na altura bem ligadinho ao Vilão das finanças que está agora prendendo o dinheiro e o PSD vai de patins...

Anónimo disse...

Ja agora o tal anexo com o currículo nao vem publicado. É pena ate para se perceber da substância académica e profissional do "especialista".....

Anónimo disse...

Dra. Rubina Leal, a nossa cidade precisa de si! A nossa cidade estagnou no tempo, não temos estacionamentos, está uma cidade suja, parada, não evoluiu nada desde à 4 anos para cá...
Dra. Rubina Leal, será com toda a justiça e mérito a próxima Presidente da Câmara Municipal do Funchal!!

Anónimo disse...

Ou és cego ou vives noutra cidade que não o funchal coitados dos leais tão desesperados pelo tacho na câmara

Anónimo disse...

O iluminado das 19:43 pertence logicamente ao grupo dos cafofos. Nota-se pela linha de nervosismo (característica) em perder justamente aquilo que diz os outros a procur: TACHO!

Anónimo disse...

Gostava de saber o que a senhora candidata vai fazer ao savoy se for eleita os eleitores estão muito curiosos para saber. Aguarda se resposta ahahah como se a gente já não soubesse ahah leais da treta so usam o savoy p derrubar o cafofo mas bem sabem que só farão o mesmo ou pior que ele

Anónimo disse...

O SAVOY SERÁ UM LAR ...

Anónimo disse...

Mobilidade só falta para as Motos, queremos uma Pista de Cross e Circuito de Velocidade.
Ela já deu para as Bicicletas uma Ciclovia, uma Pista de Atletismo para o pessoal andar depois das 18h e nós Pessoal????
Vamos fazer uma Concentração, também somos pessoas e votantes ao milhares, ou arranjas e te comprometes a arranjar ou então votamos Cafofo.

Anónimo disse...

E a Central de Camionagem, Promete ou não Promete???

Anónimo disse...

Só falta para as motos, o tanas.
Eu quero um autódromo e uma pista de rallycross.

Anónimo disse...

A grande Obra do Cafofo foi o estacionamento para motas.

Anónimo disse...

A maior obra de Cafofo foi a HIPOCRISIA!