sexta-feira, 14 de julho de 2017

Polémica na banana


ABAMA esclarece secretário da Agricultura: "Nenhum elemento da Associação reteve qualquer dinheiro da ajuda europeia"





5 comentários:

Anónimo disse...

Como é que Humberto Vasconcelos explica que tendo-se registo um aumento de 8% na produção se registe uma redução de 3% na venda de banana?
O excedente de produção não vendido foi para o lixo?
"Dados facultados ao DÍARIO que mostram que até finais de Junho a empresa pública já tinha processado mais de 8,09% (839 quilos) quando comparado com igual período de 2016.
Números que o secretário regional de Agricultura e Pescas, Humberto Vasconcelos encara com alguma naturalidade “tendo em conta o apoio técnico de proximidade dado ao agricultor e ao forte investimento que a empresa pública tem contribuído para o sector”.
http://www.dnoticias.pt/impressa/hemeroteca/diario-de-noticias/regresso-ao-cultivo-explica-producao-recorde-DB1704995
No entanto, a DREM afirma "No 1.º quadrimestre de 2017 Comercialização de banana caiu 2,8% em termos homólogos"
https://estatistica.madeira.gov.pt/download-now/economica/agricultura-floresta-e-pesca/prod-veg-prd-animal-pesca-pt/prod-vegetal-noticias-pt/noticias-comercializacao-de-banana-pt/1254-26-05-2017-no-1-quadrimestre-de-2017-a-comercializacao-de-banana-caiu-2

Anónimo disse...

O secretário da Agricultura sabe lá o que está fazendo...

Anónimo disse...

A Mafia da banana? Minha nossa o que não faltou foi gente a encher os bolsos! Tanto que deu para pagar aos juízes para não irem presos e ainda ficarem ricos! Como é hoje em dia não sei, que vendi os meus terrenos para casas e fiz mais dinheiro assim que a vender bananas.

amsf disse...

Chamem o Prada para fazer as contas...

Anónimo disse...

Vão construir um centro de investigação de banana que vai custar milhões sem necessidade alguma, (alguem vai encher os bolsos de novo). Temos um laboratório ao lado, na floricultura que dá perfeitamente para fazer essas tais investigações, além de não termos ninguém para investigar coisa nenhuma, muito menos banana. É melhor gastar o dinheiro na recuperação de todos os campos agrícolas do governo que estão abandonados e contratar pessoal para a sua manutenção e requalificação, mais cimento é que não e não sei onde anda a oposição.