segunda-feira, 3 de julho de 2017

Savoy, Savoy!


O PROGENITOR DO MASTODONTE! (Parte II)




José Prada


Não era minha intenção voltar ao tema, mas o facto da C.M.F. em clara violação da lei, não me ter respondido ao requerimento que apresentei em 15 de Maio passado, solicitando que me fossem disponibilizadas cópias dos projetos de alterações apresentados pelo promotor na C.M.F. e das decisões sobre os mesmos tomadas pela autarquia, obriga-me a fazê-lo.

Vá lá que, conforme escrevinhei no texto anterior, à cautela, esperei sentado. Mas, fartei-me de esperar.

Impõe-se a questão: será que C.M.F. esconde algo?


Quando toda a verdade vier à tona, chegar-se-á à inevitável conclusão que as parangonas do Diário de Notícias da Madeira, de 5 de Março de 2017, “Savoy deixa livres 5 mil m2 e triplica a área de jardins”, apenas serviram, sendo simpático, para “embelezar a coisa”.

Contou-se o que se quis, esqueceu-se, propositadamente, o que se temeu mostrar.

É que, ao que me transmitiram, no requerimento apresentado, por alturas da dita “notícia”, pelo promotor na C.M.F., para alterações no projeto do Savoy, prorrogado pela C.M.F. de Cafôfo em final de 2015, mais importante que as referências a jardins, pedem-se os seguintes (nada despiciendos) aumentos:

-          Número de quartos de 410 para 548!
-          Número de camas de 828 para 1.104!
-          Área total de construção (contabilizada para efeitos de índice de construção) de 59.348m2 para  64,697m2!
-          Área de implantação de 18.117m2 para 18.280m2!


Já não bastavam os 14 pisos acima da Avenida do Infante e outros 5 pisos abaixo dessa avenida!

Já não bastava uma altura de fachada de mais de 52 metros acima da Avenida do Infante!

Já não bastava uma área de construção total que ultrapassa os 140.000m2 (leu bem, 140.000m2!), num terreno de apenas 27.000m2!

Que ainda se vai aumentar:

-          área de construção em mais 5.350m2 (área de construção para efeitos de índice, porque se considerarmos área bruta de construção, o incremento é ainda maior)!
-          a área de implantação em mais 100m2!
-          mais 138 quartos!
-          mais 276 camas!

Conforme escrevi no texto anterior, até compreendo bem o promotor. Agora, já não compreendo e não posso aceitar é que a C.M.F. nada diga e informe sobre isto …

E não posso aceitar, sobretudo, quando a C.M.F. de Cafôfo teve, ao contrário do que este afiançou, em 2015, conforme provei na parte I deste artigo e ninguém desmentiu, a “faca e o queijo” na mão para poder obrigar o promotor a reduzir a volumetria do edifício aprovado inicialmente em 2009.

Não posso aceitar, também que a actual C.M.F. se prepare para aprovar este aumento de área de construção, de área de implantação, de quartos e de camas, assim como “quem não quer a coisa”, “passando entre os pingos da chuva sem se molhar”.

Ou será que já aprovou? É que a obra cresce em bom ritmo. A C.M.F., se não decidiu, vai decidir, que remédio, favoravelmente sobre facto consumado.

Alguém vê esta C.M.F. de Cafôfo não deferir o pedido ou tão somente ordenar uma fiscalização da obra e perante uma eventual construção não autorizada, ordenar, como manda a lei, o promotor a parar a obra?

Aliás, dizem-me fontes bem informadas até que o Savoy afinal não vai ter 548 quartos mas sim, pelo menos, 575 quartos. Será que a CMF se prepara para aprovar, de uma só vez, duas alterações ao projeto inicial?

E, por fim e por maioria de razão, não posso aceitar que a C.M.F. autorize isto e tenha o desplante de através do seu órgão oficioso de campanha, vir apenas a “noticiar” que terá mais área ajardinada.

Será que Cafôfo, como fez em relação à prorrogação da licença de construção de final de 2015, da sua inteira lavra e responsabilidade, conforme provei na parte I, virá a assobiar para o lado e proclamar “eu até não queria, mas tive de aprovar este aumento de volumetria”, lavando como Pilatos as suas mãos.

Depois deste artigo, estou certo que poderei levantar-me do sofá, cansado de esperar, porque finalmente a C.M.F., fazendo fé no seu novo moto da “Confiança”, irá entregar-me o que legalmente há muito requeri e me é devido.

Se não fosse assunto sério, dava vontade de rir!

88 comentários:

Anónimo disse...

A serem verdadeiras estas acusações, são mesmos muito graves.
Já nem pergunto se ninguém vai preso. Mas como pode Cafofo se recandidatar?
Investigue-se. Embargue-se a obra. Puna-se a negligência (para não ir mais longe) da CMF.

Anónimo disse...

Agora percebo porque AFA diz, para quem quer ouvir, que é Cafofo é um segundo AJJ. Já o meteu no bolso. Será que também vai ter direito a botão de punhos em outro como AJJ teve quando inaugurou o Saccarhum?
Preparem-se e vejam o empreendimento que vai nascer ali para os lados do Lazareto.

Anónimo disse...

Merecia ser investigado pela imprensa. Em qualquer lado, onde a imprensa não estivesse convenientemente silenciada, aconteceria isso.
Aqui, temos o DN vendido à CMF e, mais especificamente, a Cafôfo.
O JM que pertence ao Avelino.
O Funchal Notícias que não publica uma notícia contra o Avelino, pois caso contrário perde o seu principal cliente publicitário. Vejam lá quem enche a coluna da direita da publicidade...
Uma vergonha!
Só se for a RTP Madeira ou a Tribuna, mas não acredito!

Anónimo disse...

Embargo já

MF disse...

Quando o jogo acaba, ninguém quer saber se o jogador A ou B falhou um passe, uma defesa, um remate. No fim do jogo, quem falha um penalty que dava a vitória é que é o "culpado".

Se anteriores executivos da CMF autorizaram a construção, pode estar errado. Mas pior são aqueles que já mesmo na ponta final, quando podiam ter metido um "penalty" que travasse o processo ... nada fizeram. E agora querem pôr a culpa em quem anteriormente não fez o que devia.

É preciso descaramento. Votei Cafofo na sua primeira eleição. Agora, nem pensar. Sinto-me enganado, nesta e em muitas outras questões

Anónimo disse...

Já vos tinga dito que o Cafofo já acautelou o futuro, para a seguir à derrota que se adivinha.
E não é no ensino.

Anónimo disse...

Muito bem Prada! Fico feliz por continuar as desmascarar esta gentalha!!

Anónimo disse...

A segunda foto está brutal. Mostra bem como o acesso ao mar foi completamente usurpado aos madeirenses no Funchal. Que eu saiba nenhum cidadão pode ir dar um mergulho ao mar naquela zona, ou pescar, ou apanhar sol, fazer praia, etc. Taparam o acesso das pessoas enchendo tudo com hotéis. Aqui na Madeira não se respeita os 50 m de afastamento ao mar que deviam ficar livres e desimpedidos para todos poderem se aproximar do mar. Pela lei esses 50 m são do domínio público marítimo.

Agora parece que a Região vai poder alterar essa lei como bem quiser. Devem se estar a preparar para devorar os poucos locais em que os madeirenses ainda podem ir livremente ao mar. Leiam aqui http://www.dnoticias.pt/home/regiao-passa-a-decidir-propriedades-a-beira-mar-JA1640649
Será que alguém acredita que agora o Governo Regional vai aumentar ainda mais o afastamento ao mar. Queres ver que em vez dos 50 m vão ser 100 m? Não me parece!

O problema é que não é só a vista para o mar que é tapada como acontece com esse mastodonte do AFA e outros que têm sido construidos mesmo em cima do mar, mesmo em cima do domínio público marítimo. O problema é que é o próprio acesso ao mar que está cada vez pior na costa do Funchal, todo ocupado, impedindo a população de usufruir do seu mar.

Anónimo disse...

O srº Prada vem para aqui chorar "lágrimas de crocodilo", mas o seu chefe, Miguel Albuquerque também tem culpas no cartório como tem o srº cafôfo! É por isso que eu e a minha família vão votar no srº drº Gil Canha que desde a primeira hora lutou contra esta aberração urbanística! Foi por estas e por outras que o srº cafôfo expulsou o drº Gil Canha da CMF retirando-lhe os pelouros, e um deles tinha a ver com este licenciamento, ou melhor com a renovação do licenciamento do Savoy! Com o drº Gil Canha na CMF os "patos bravos" não abusavam!

Anónimo disse...

Como é que o Francisco de Iglesias e Cafofo vai desmentir estes factos?
É fácil, é escrever que o requerimento que o Prada alega não entrou na Câamra.
Ou dizer que apesar de ter sido entrado, não foi ou não vai ser apresentado.
Tudo o que disser a mais é para entreter e desviar atenções.

Anónimo disse...

Excelente Prada. Ainda bem que alguém investiga alguma coisa nesta terra e não tem medo de identificar as aldrabices que grassam na Madeira. Continua, estamos a gostar de ler.

Anónimo disse...

Por falar em ilegalidades na Câmara, gostaria de saber quem é que autorizou a esplanada do café golden gate. Tenho um familiar que também tem um estabelecimento no Funchal e relativamente ao licenciamento para as esplanadas a Câmara foi muito clara em dizer que as esplanadas no fim do dia têm que ser retiradas. Como é que autorizaram aqueles tapa-sóis que estão aparafusados ao chão, que é via publica.
Temos dois pesos e duas medidas????

Anónimo disse...

O Dr. Prada é muito eloquente, será que se esquece que todas as decisões passam pela Assembleia Municipal do Funchal, onde existem deputados que poderiam muito bem embargar esta obra. o exmo sr. deputado Carlos Rodrigues, que gosta de falar de independência, poderia-o ser do grupo AFA e Indutora, não fossem seus patrões, e pedir em Assembleia Municipal do Funchal o embargo da obra. Continuem a tentar enviar poeira aos olhos dos madeirenses que estão a dormir! Dia 1 de outubro estas jogadas de bastidores terão resposta.

Anónimo disse...

Afinal não eram mais jardins como Cafofo mandou publicar no Diário de Noticias
Afinal, é muito, muito mais construção.
Abram os olhos. Têm aqui um bom motivo para embargar a obra.

Anónimo disse...

Vergonhoso
E ninguém vai preso?
E ainda tem lata para se re-candidatar?

Anónimo disse...

Eu so queria fazer um anexo de 6 metros na minha casa em São Martinho. Mandaram na câmara entregar um cento de papeis
Esperei dois anos. E nada. Fui lá quase de mês a mês.
Não volto lá e vou fazer o anexo.
Se não mandam desmanchar o Savoi também não vão obrigar-me a desmanchar o anexo.

Anónimo disse...

Quem atorizou? Tem o nome PAULO CAFOFO é demais executivo ...

Anónimo disse...

Que serve ter acesso ao mar se a água do mar Funchal é das piores do país, completamente porcas, com m a boiar. Nem o Lido agora escapa.
Agradeçam ao Cafofo

Anónimo disse...

Caro Zé Francisco, Paulo Cafofo, D.T.B, Vilhena , pereira , pode usar o seu nome verdadeiro porque são os únicos com esse discurso falso e ainda com esperanças de ganhar a câmara..

Anónimo disse...

Vamos Prada! Eles tão a ficar com tanto MEDOOOOOO

Anónimo disse...

Este Cafofo saiu cá um artista.
Mais um que quando sair vai para a administração do AFA.

Anónimo disse...

Parabéns Prada.
A ser verdadeira a informação que tens e que escreveste, é muito grave.
Como és advogado, tenho a certeza que sabes o que estás a escrever
Ministério Público que investigue...

Anónimo disse...

O que é verdadeiramente chocante é nenhum órgão de comunicação social escalpelizar esta informação. Isto é mai de mais.
A troco de publicidades os jornalistas estão a ser cumplices de esquemas de corrupção e máfia nesta terra.
Por isso bem haja o Dr. PRADA e o Sr. Calisto

Anónimo disse...

Hipocrisia no seu esplendor, demagogia barata esta gente do PSD Madeira, alega agora a responsabilidade ao Cafofo, mas o senso comum sabe muito bem como é que isto funciona, as portas das eleições vem com uma moral nunca vista, é de brandar aos céus esta gente, sinceramente é uma vergonha. Assim não vão longe, diz o povo que eleições é um regabofe nunca visto, com promessas eleitorais dependentes do Orçamente Geral do Estado e pondo em causa a própria autonomia da Madeira e depois de eleitos ficam pendurados na sua arrogância azul. As pessoas deixaram de acreditar em partidos mas sim em pessoas. Uma dica a implantação manteve, a volumetria manteve, numeros de pisos manteve o que alterou foi em termos de interiores, ajustamento de areas proporcionando um maior numero de quartos. Resto é tudo da responsabilidade da camara anterior ou seja PSD Madeira Hipocrita
Ps- Deitem mais tabaco nessas coisas (delirio acaba por passar como a hipocrisia)

Anónimo disse...

Onde está a Querqus do ambientalista Spinola! Onde está a "ativista" ambiental Idalina Perestrelo?

Anónimo disse...

Mas o psd tem água p se lavar? Como foi no caso da quinta do lorde dos Sousas no canical? C o sacharum na calheta etc etc e como se não tivessem aprovado o projecto inicial enfim não há pachorra p tanta falta de vergonha

Anónimo disse...

Ops!!!!o homônimo do cantor espanhol, ex guarda redes do Real Madrid, ja veio responder, quando fala em hipocrisia, hipócritas são aqueles que ainda acham que os Madeirenses, são os primos da província,volta para tua terrinha e pede trabalho ao teu amigo da Marinha Grande

Anónimo disse...

O Bloco de Esquerda não diz nada desta pouca-vergonha? Estão calados que nem ratos! Vão ser penalizados em outubro, como foi o PS em Março de 2015, depois da crise na CMF com a expulsão de 3 vereadores e a Presidente da Assembleia Municipal! Há um ditado popular que diz o seguinte: "Quem te avisa, amigo é"!

Anónimo disse...

Rua com Cafofo enquanto é tempo.
Vejam isto e o que se prepara de aprovar do mesmo promotor no Lazareto antes da revisão do PDM.
Estejam muito, muito atentos

José Francisco disse...

Seguindo o diapasão dominador dos comentários;

Parabéns Sr. Prada. Continue assim.

Continue activo como cidadão atento e curioso. Mas espero que, como deputado regional na nossa Assembleia, possa também mostrar esta vivacidade, esta procura por respostas e possa igualmente questionar o Governo Regional, do seu PSD-M. Só para manter a coerência e a honestidade. Ficava-lhe bem.

Em relação ao Savoy. Registo o seu interesse como pertinente. Pena que só agora se tenha preocupado com o Savoy. Quando o seu PSD-M aprovou o projecto anterior, esteve calado como um rato, na altura o seu interesse por arquitectura, por planeamento do território estava adormecido, acordou e cheio de vivacidade. Agora, é um cidadão incomodado com estas questões e somente em ano eleitoral, meras coincidências. Certamente.

A Câmara Municipal do Funchal deverá responder à solicitação do Sr. Prada à luz da legislação, tal como faz a outros requerimentos. A seu tempo responderá, estou certo, com a informação solicitada e assim minimizar a preocupação avulsa do Sr. Deputado Regional do PSD-M. Um cidadão agora bastante atento à sua cidade e que tem procurado estar atento. Registo de bom grado essa pertinente vontade de escrutinar o trabalho camarário da Presidência de Paulo Cafôfo, apenas em ano eleitoral (típico de um rato, que estrategicamente sai do esconderijo com uma missão bem planeada). Longe de mim querer compará-lo a um rato, atenção.

Haverá certamente pessoas inteligentes que compreenderão o tempo dos comentários do Sr. Prada e qual a razão da sua preocupação. Mas é sempre bom explanar a razão, para os menos atentos. Pode ter toda a razão do mundo, pena que só agora percebeu e queira falar do Savoy, quando foi o PSD-M de Miguel Albuquerque que deu o visto positivo e obviamente que isso nem lhe interessa comentar.

Anónimo disse...

Eu cá acho que essa obra devia ser embargada.

É preciso que apareça mais gente a desmascarar este tipo de coisas. Mas não é só a Câmara que tem as mãos sujas. Há muita coisa mal contada na governação do Albuquerque.

O problema do Prada é que só vira para o lado do Cafofo. Ele denuncia a trampa que o Cafofo tem feito mas não fala também da trampa que o Governo Regional tem feito. Se o Prada é seletivo nas suas análises, isso revela que ele é tendencioso por causa das suas opções políticas. E isso é o mesmo que faz o Cafofo e o Albuquerque, protegem as suas ambições políticas desprezando os interesses maiores que devia ser servir os madeirenses.

Se o Prada só se vira para um lado, ele não é muito diferente do Cafofo que critica, nem muito diferente do Albuquerque que devia criticar e não critica!

O Prada já pensou em contar aos madeirenses o que se passou com a quinta das rosas? Foi realmente o Pestana que comprou a quinta ao Albuquerque? Por quanto? Os madeirenses não têm o direito de saber disso também, do mesmo modo que têm o direito de saber das falcatruas da Câmara com o mastodonte?

Anónimo disse...

Socorro! Socorro! - Cafofo a gritar na Câmara. - Violante, chamem a Violante!? Ela que me venha salvar o coiro!..........

Anónimo disse...

o mano não tem essa informação?

pode não ter essa mas tem de certeza outras tão ou mais interessantes. pergunte-lhe!!

Anónimo disse...

O voto do PSD na assembleia municipal não vale de nada, como não tem a maioria

Anónimo disse...

Uiii que os cafofianos estão nervosos! Continua Prada que eles estão se a sentir tocados !

Anónimo disse...

Mas o senhor ainda não percebeu que é verdade o que é aqui dito e não há sítio por onde pegar para a câmara desmentir ?

Para mim, o senhor sabe que é verdade , só anda às voltas e sempre com a questão do tempo dos comentário e porcarias parecidas . Custa-lhe entender que muitos funchalenses partilhem da mesma opinião que o Dr.Prada e que querem que ele continue a desmascarar o Cafofo ?

Anónimo disse...

Caro cafofiano das 14:53, o que tem os madeirenses a haver com um negócio do Grupo Pestana com outro grupo económico particular ? Quem aproveitou foi o Pestana, que comprou barato um óptimo complexo turístico que já merecia outra gestão ...

Senão conhece o local , visite e veja com os seus olhos . Tá tudo impecável , para o pestana foi um excelente negócio , sendo que não tem que reconstruir nada, somente gerir melhor e promover muito bem ...

A inveja é típica do madeirense eu sei, mas veja se consegue não ser sempre assim.

Anónimo disse...

José Prada.... ao Serviço da Cadeia Pestana que não admite concorrência.
Isto é uma Guerra entre Hoteleiros em que aqui o José Prada faz o papel e o trabalhinho de defensor do Grupo Pestana.
Este José Prada está a ganhar o seu e nós aqui a teclarmos.
Quem foi o PAI DA CRIANÇA??? Albuquerque/Rubina
E o que vão fazer aos Terrenos de abismo lá para a Chamorra em Sto António?

Anónimo disse...

Ó Zé Chico, que o Albuquerque fez merda da grossa ao aprovar o mastodonte, é pacifico.
Mas o que está em causa é que Cafofo podia ter revertido o plano director daquela zona, e não o fez, e, não o tendo feito poderia ter obrigado o promotor a alterações no projecto, e não só não o fez, como ainda aprovou mais do que o anteriormente autorizado.
E a tudo isto o Zé Chico diz nada.
Espero que o camarada não venha para aqui fazer figura de Violante.

Anónimo disse...

José Francisco,
Finalmente.
Você não é o mesmo. Está desalentado?
Furtado por perante tamanha evidência, não consegue sequer articular?
Já se percebeu pela sua resposta que, pela enésima vez, o Prada tem toda a razão.
Força Prada,

Anónimo disse...

Chiquinho, não sabe ler?
Porque escreveu? "A Câmara Municipal do Funchal deverá responder à solicitação do Sr. Prada à luz da legislação, tal como faz a outros requerimentos. A seu tempo responderá, estou certo, com a informação solicitada ..."'
O Prada escreveu que a Câmara violou a lei, não respondendo atempadamente. Portanto, se ele tiver resposta da Câmara, o que eu duvido, não será a seu tempo, mas sim a destempo!!!

Anónimo disse...

Esta câmara municipal é uma vergonha.
Fraca com os fortes e forte com os fracos.
Estasse mesmo a ver, virada para as preocupações dos munícipes? Só se for o que pagam mais.

Anónimo disse...

Sim, a Rubian é que ia impedir isto tudo hahahaha. Ahhh gentinha baixa e reles.

Anónimo disse...

Excelente comentário de "Quando o jogo acaba, ninguém quer saber se o jogador A ou B falhou um passe, uma defesa, um remate. No fim do jogo, quem falha um penalty que dava a vitória é que é o "culpado".

Não podia estar mais de acordo.

Cafofo teve, no fim, a baliza aberta para não prolongar a licença e prolongou.
Teve o penalty para embargar a obra e não autorizar mais construção, e não marcou.

De que se pode queixar Cafofo se não de si mesmo.

Anónimo disse...

Cafofo vai para o AFA? ora bem...

Anónimo disse...

Diga lá outro grupo hoteleiro que empregue tantos madeirenses como Grupo Pestana é que não paga o salário mínimo a nenhum destes ???
O prada não os defende, muito pelo contrário , os senhores é que como não têm mais nada para contrariar vêm para aqui com tretas familiares para tentarem denegrir a imagem do Dr, que quem o conhece sabe que se tá a lixar para o que o irmão faz .

Anónimo disse...

Ora se esconde!! Pior que isso, é que não cumpre a lei nem a obrigação de responder ao requerimento. Porque será?

Anónimo disse...

Quando a verdade dói...
Alguns comentaristas lançam poeira com guerra de hoteleiros, quinta das rosas (seja lá o que isso for), plano de urbanização do Infante 2014, licença de obras de 2015, questões passadas e presentes do Governo Regional, ou seja, lançam fumo para não se perceber o que está em causa.
O que está em causa é pelo menos dois favores da câmara de Cafofo ao promotor: o do prolongamento da licença original e o da ampliação da obra inicialmente licenciada.
E isto a CMF e seus seguidores teclistas não negam. Também como poderiam? É tão evidente.
O que está em causa também é servilismo de certa imprensa vendida. Se tivéssemos um imprensa séria e credível, já estava a investigar.
Nada mais. O resto é folclore de alguns comentaristas para enganar papalvos.

Anónimo disse...

Resumindo e concluindo: Se tens dinheiro compras os políticos e fica tudo resolvido. Depois queixem-se que as pessoas não vão votar

Anónimo disse...

E mais nada... a verdade dói a essas pessoas cafofianas xuxialistas

Anónimo disse...

Já ouvi falar desse monstro lá para os lados do ainda bem bonito Lazareto. Que nem as famílias socialistas conseguem travar. Vai uma aposta como é licenciado por Cafofo antes da revisão do PDM?

Anónimo disse...

Mas alguém disse que era a Rubina ? Talvez devesse voltar à primária para aprender a ler de novo .

Anónimo disse...

"Já não bastavam os 14 pisos acima da Avenida do Infante e outros 5 pisos abaixo dessa avenida!

Já não bastava uma altura de fachada de mais de 52 metros acima da Avenida do Infante!

Já não bastava uma área de construção total que ultrapassa os 140.000m2 (leu bem, 140.000m2!), num terreno de apenas 27.000m2!"

Sim, tem razão. Já não bastava mas toda esta volumetria e merda foram criadas pelo seu Albuquerque, Rubina e cª. Claro que o Cafofo só piorou quando podia ter limpo a borrada que o Albuquerque fez mas não sejamos todos hipócritas. Um pingo de vergonha sff

Anónimo disse...

Resposta ao comentário das 12.30

Estas decisões (prolongamento da licença e aumento da área de construção) não são tomadas na Assembleia Municipal onde o PSD-M não tem maioria, mas na vereação onde a Mudança tem maioria.

Portanto, por favor, tenha a honestidade de não envolver o PSD-M que, aceito, tem culpas na licença original (em 2009), mas não tem quaisquer responsabilidades nem no prolongamento da licença (em 2015), nem neste aumento de construção em relação ao que foi em 2009 licenciado (2017).

O seu a seu dono!

Anónimo disse...

Ao hipo... das 13.38 que escreveu o seguinte:
"Uma dica a implantação manteve, a volumetria manteve, numeros de pisos manteve o que alterou foi em termos de interiores, ajustamento de areas proporcionando um maior numero de quartos...."
Será que mais 5.500 m2 de construção e mais 100 quartos são meros ajustamentos?
E se foi, porque não foi aprovado ainda, pelo menos que se saiba?
E se são peanuts, porque não deu Cafôfo os documentos que pediu o Prada?
Não é de estranhar?

Anónimo disse...

Leal ao Funchal e Albuquerque na rua ! É o que quero, e mais não digo !
Continua assim Prada que tens futuro amigo! Força !

Anónimo disse...

Independentemente de ter opinião reservada sobre a construção (preferia menos dimensão horizontal mesmo que implicasse mais andares), toda esta discussão faz transparecer duas coisas:
1 - Que alguém quer branquear o início de todo este processo e da volumetria permitida para a edificação: o Plano Diretor Municipal (vejam-se os comentários a esse respeito da parte do Arq. Vilhena)!
2 - Que isto começa a dar ares de início de uma disputa velada entre 2 grupos: Pestana/Prada e AFA.
Mas que teme o Pestana, perdão Prada? Que o grupo AFA faça sombra ao grupo Pestana? Descanse, Prada, dá para todos. O seu (vosso) pão está garantido. :-)

Anónimo disse...

O Pai do mastodonte? Miguel Albuquerque.Sr Prada, seja sério.

Anónimo disse...

Continua Prada, porque matas dois coelhos com um único tiro!
Vai o cafofo e o Alburquerque, e ficas com o caminho aberto.

Anónimo disse...

Isto nota-se bem que é uma guerra entre dois grupos Hoteleiros, o Pestana e o Savoy.
Lógico que ninguém quer concorrência ao pé da porta e já se sabia que o Grupo Pestana não via o citado Hotel junto aos seus de bom grado.
Então este Prada como advogado está a fazer o Trabalhinho de um Grupo, do Grupo Pestana e a tentar por tudo entalar o Coitado do Cafofo no meio desta disputa, mas o Povo em Outubro sabe muito bem quem são os culpados disto tudo e vai lhes dar a resposta.
Até finais de 2018 isto vai ser tema semana sim, semana não.
Esta crónica é só conversa de encher chouriços e para boi ver.
Quantos hotéis o Grupo Pestana aumenta o número de quartos.
Realmente ficou-lhes na garganta a Camara não ter autorizado para já este Grupo se apoderar e constituir um Hotel nos Terrenos da Camara no Madeira e transformar o Ginásio na Rua do Cabrestante.

Anónimo disse...

Muito bem escrito , obrigado pela clara explicação da realidade Dr.Prada!
Continue o seu bom trabalho e continue a ser a pessoa íntegra e humilde que é!
Cumprimentos caro companheiro!

Anónimo disse...

Qualquer cidadão pode pedir que a obra seja embargada!

Anónimo disse...

Alguem foi corrompido , já vimos de onde veio a decisão final , não há investigação ?

Anónimo disse...

Encher choriços é o seu comentário. Vem com guerra entre hoteleiros, como um dos anteriores, como cortina de fundo, para fazer esquecer o que é essencial,
Essencial foi o Cafofo ter podido deixar de prorrogar a licença em 2015 e tê-lo feito, sem Mais, quando poderia ter obrigado o promotor a reduzir a volumetria. Essencial também é o Cafofo ter licenciado ou vir a licenciar, em 2017, mais 6 mil metros de construção, mais 100 quartos, etc, tentando enganar-nos com reportagens no DN em que publicitam que as alterações são apenas de mais jardins.
Isto é que é importante é você e outros não querem que se fale.
Você está a confundir os Pradas. Este é o advogado e deputado. Até teve o cuidado, julgo que em ambos os artigos de escrever que não tinha nada contra o AFÃ, que compreendia-o, que teria feito o mesmo. Não estou a ver a fazer um frete ao irmão que está no Grupo Pestana. Só quem o não conhece pensa isso. A sua guerra e política e é com Cafofo. Vejam todos os artigos que tem escrito a bater no Cafofo que nada têm a ver com Savoy e guerra entre hoteleiros.
Da-lhes Prada, continua que eles estão a ficar baralhados

Anónimo disse...

eles não estão a ficar baralhados , estão mas é assustados. já começa a aparecer a ponta do Iceberg , foi muito dinheiro sem nada feito , foram obras que nunca deveriam ter sido aprovadas .
Onde para o dinheiro ?

Anónimo disse...

Pode estar mal escrito Rubina, mas o voto dele é igual ao teu, com uma desvantagem, tu recebes para escrever aqui e ele não. Saudações Sociais Democratas

Anónimo disse...

Eu cá não tenho partido.

Gosto que a verdade venha ao de cima para que as pessoas fiquem informadas. Por isso o Cafôfo devia ir para a rua e essa obra devia parar já! Eu cá acho que devia haver muitos Pradas. Só é pena o Prada chafurdar na lama do PSD e por isso estar tolhido para falar do Albuquerque. Não pode falar sobre a m3rd4 que o Albuquerque tem feito na Madeira da mesma forma como fala do Cafôfo. Uma das piores coisas que nos aconteceu, para além de termos um incompetente à frente da Câmara que só pensa em festas, foi termos o governo mais incompetente que há memória, deixou arder a Madeira o ano passado, não fez nada pelo povo, anunciou medidas que depois teve que recuar por serem grandes asneiradas, não conseguiu cumprir as promessas eleitorais que fez ao povo, protege os grupos hoteleiros e os grandes interesses instalados na Madeira prejudicando o povo, oferece grandes somas de dinheiro em tempos de crise a atividades sem interesse para os madeirenses como ralis e barcos voadores, controla a imprensa escrita, dá o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto contra a vontade dos madeirenses, etc.

É pena o Prada não ser um cidadão completamente livre para falar, derivado da sua afiliação política ao PSD. Eu também ia gostar de ouvir o Prada fazer uma revelações bombásticas sobre o Albuquerque e sobre o seu governo, assim como gostei de saber umas verdades sobre o Cafôfo. É pena!

Será que não há na Madeira pessoas equidistantes dos partidos políticos, que saibam sobre o que se passa ao nível das Câmaras e do Governo, que possam denunciar as tramoias venham de onde vierem? É pena!

Anónimo disse...

Não creio que a opinião do Arq. Vilhena seja de levar a sério neste tema...

O Arq. Vilhena bateu no Dr. Cafofo num artigo no JM recentemente. Jamais o perdoou por, depois de ter sido mandatário da mudança, ter sido posto no olho da rua, sem entrar, de assessor.

Depois deve ter sido chamado à pedra pelos camaradas dee Lisboa e teve de vir fazer um frete ao Dr. Cafofo, defendendo o indefensável. Senão lá se vai o tacho de deputado. Como pode continuar a trabalhar (fazer desenhos) no parlamento nacional?

Vem agora, diligentemente, o Arq. Vilhena dizer que o Plano de Urbanização do Infante é de 2008, aprovada pelo PSD, e que a primeira obra foi aprovada para Savoi, foi aprovada pelo pelo PSD em 2009. ambas são verdades, Arq. Vilhena, das poucas que tem escrito ultimamente. Todos sabem. Nunguém está a esconder nada. Nem o Dr. Prada o fez.

O que está em causa é que o Dr. Cafofo poderia em 2015, em vez de aprovar à pressa a prorrogação da licença, não ter aprovado ou ter sujeitado o AFA a reduzir a volumetria. Por alguma razão não o fez.

E depois veio dizer, falsamente, pra a praça publica que tinha "sido obrigado a", quando todos percebemos que era mentira.

Não foi mais um mentir do Dr. Cafofo, Arq. Vilhena?
Arq. Vilhena, o Dr. Prada não tem razão no que escreveu no primeiro artigo?
Seja sério, bem sei que está condicionado, mas é assim tão dicicil manter a coluna vertical?


O que também está em causa é que o Dr. Cafofo aprovou em 2017 (se aprovou, não tornou público) ou se prepara para aprovar um aumento de área de construção, de área de implantação, mais quartos,m mais chaves, etc. Se o fez e se o fará, é por alguma razão.

E depois veio dizer para DN que apenas se tratava de mais área de jardins, etc.
Não foi mais uma mentira do Dr. Cafôfo, Arq. Vilhena?
O Dr. Prada não tem mais uma vez razão no que escreve neste artigo?
Seja honesto, Arq. Vilhena, bem sei que está comprometido, mas não lhe resta um pingo de honestidade intelectual?



Anónimo disse...

Que está à espera o Ministério Público para investigar?
Que está à espera o tribunal para embargar?
Que está à espera Cafofo para se demitir?

O povo começa a ficar farto de ninguém fazer nada enquanto cresce o mostro.

Anónimo disse...

Que é que é mais necessário para, de uma vez por todas, parar a obra do Savoy?
Vai ser preciso ir alguém preso?
Onde anda a judiciária? Investigue-se, talvez não seja assim tão difícil provar alguma coisa...

Anónimo disse...

Chegam-se a três meses de eleições autárquicas e:-ala que tempo se faz curto,desata-se a esfuralhar,como não se fez nos últimos três anos,e assim funciona a coisa:-tanta jogada e nojencia que até dá vómitos,haja pachorra para tanta hipocrisia!!!!!

Anónimo disse...

Aprender a ler de novo para o senhor ler o artigo outra vez...

Anónimo disse...

Muito bem escrito ! 👌🏼👌🏼
Esse vilhena devia se dedicar aos desenhos e a comandar o drone que para a política deixa muito a desejar ...

Anónimo disse...

Presidente Cafofo, acredito que ainda pode mostrar a sua seriedade..

Mande pf uma equipa da Câmara Municipal do Funchal vistoriar a obra.

Se lá estiver o que foi for si prorrogado na licença de construção (que podia não ter prorrogado, mas peferiu prorrogar - era uma prerrogativa que lhe assistia - tomou uma decisão política - deve assumir as consequências boas e más dessa decisão ) 2015, então o Prada tem razão quanto à parte 1 (prorrogação da licença) e não quanto à parte dois do artigo.

Se lá estiver a ser construído o que o Prada escreve na 2a parte do aeu artigo, então o Prada inventou e évele o mentiroso.

Se lá estiver mais que o que V. Exa licenciou em 2015, então o Prada narrou factos verdadeiros e a V. Exa. apenas resta embargar a obra, nos termos da lei. É melhor ser você a ordenar embargo que o tribunal...

Tem uma última possibilidade para mostrar que é merecedor do cargo que ocupa.

Anónimo disse...

Qual foi a parte que ainda não perceberam?

A obra vai continuar com o aumento pedido do requerimento e que ainda nem foi despachado pela CMF.

Até se calhar a obra vai continuar com mais construção ainda que a que estava solicitada no requerimento.

Chega ao fim, com pompa e circunstância e fogo de artifício, Cafofo corta fitas da inauguração, o promotor mete as telas finais na CMF com toda essa construção a mais e a CMF aprova e emite licença de utilização.

O Prada denunciou, a imprensa comprometida não deu eco, o Ministério Público e a Judiciária tem mais que façam e nós, funchalenses, é que temos de levar com aquele mamarracho todos os dias.

Enquanto o turismo estiver com as ocupações que tem, óptimo, mais turistas na nossa terra, melhor para e economia.

Quando houver menos turistas e tantas camas desocupadas vamos ver muitos hotéis a fechar, como aconteceu ao Madeira Palacio, ao Madeira Regency e mais e mais desemprego, etc

Agradeçam a Albuquerque, que tem quota parte de responsabilidade por ter aprovado o projecto inicial), mas sobretudo agradeçam a Cafofo que tem a última e mais importante responsabilidade. Porque, se Cafofo não concordava com a obra, como disse, assumia até ao fim a sua posição (que era também a do seu mandatário Luís Vilhena - convém não esquecer) e não prorrogava a obra em 2015. Não "teve que ser" como falsamente afirmou. Bem como, nao devia assobiar para o lado quando sabe que a obra está a ser construída com mais m2 de construção que a licença que ele próprio prorrogou.

Este é o resumo curto e objectivo desta história. Goste-se ou não se goste.

Anónimo disse...

Ele o Manuel António juntos , já ouvi por aí a dizer que têm falado muito . Espero que sim , eles os dois seriam fortíssimos!

Anónimo disse...

Deve ser o único que ainda acredita na seriedade do professor paulinho...

Anónimo disse...

Bem dizia o Gil Canha num artigo publicado neste blogue que quando o pessoal visse o King kong no ar ia deitar as mãos à cabeça. Com efeito até a própria viloada anda assustada com aquilo.

Anónimo disse...

No meu comentário de ontem às 14.07, apercebi-me-me que foi terminado com
"Tem uma última possibilidade para mostrar que é merecedor do cargo que ocupa"

quando o que queria escrever era:

"Tem uma última possibilidade para mostrar que é merecedor do cargo que ocupa e do meu voto em Outubro. Caso contrário, o meu voto será destinado à Dra. Rubina Leal."


Anónimo disse...

Eu cá teria vergonha de ser o arquiteto de tal monstruosidade.

Anónimo disse...

Então fico feliz por votar Rubina Leal, já que a atividade do presidente cafofo até as eleições vai ser só pagar aos meios de comunicação social para aparecer por tudo e por nada nas primeiras páginas e a abrir telejornais...

Anónimo disse...

Renovadinho ficas feliz, que tal pagares junto com os teus amigalhaços do Cuba Livre e Panama Papers do PSD, no GR e na ALM, a divida oculta e as posteriores dividas deste desgoverno, assim deixavam de oprimir o povo com os impostos mais altos de Portugal, que tal confiscarem os vossos bens e de todos os familiares para servir de exemplo para toda a classe politica?

Anónimo disse...

Uiii tanto inveja e medo que para aí vai no comentador das 22:59...
É melhor procurar uma parede áspera para esfregar esse cotovelo que deve tar bem dorido , ou tente nívea ...

Anónimo disse...

Uma categoria ser corrupto, pelo menos eu ando na rua e ninguem aponta o dedo. Lembro-lhe que no caso Panama Papers, ainda alguma coisa vai rebentar em breve, prefiro ser pobre e honesto, do que ter milhares roubados e fazer esquemas, para andar com carros de luxo, ter quintas, mas tudo com falcatruas. Inveja de ladroagem, quem nunca ganhou honestamente, isso dispenso para mim, um dia a justiça abre os olhos e acaba-se a vossa triste riqueza....

Anónimo disse...

E o que é que isso vem a ser chamado para aqui?
Quem é corrupto e tem quintas e milhares de euros ?
Esse discurso do deita abaixo sem argumentos é passado amigo !

Anónimo disse...

Quer que lhe faça um desenho? Como determinados politicos enriqueceram com a autonomia? De trabalharem honestamente, ou de desviarem verbas e ocultarem dividas? A autonomia enriqueceu alguns, muitos vivem da politica profissionalmente. Outros foram para a politica para obterem dividendos e pagarem calotes. Como surgiu a divida oculta da Madeira? Acha que os politicos foram honestos? A verdade custa, ao PSD!!

Anónimo disse...

Faça lá o desenho, com nomes e toda a informação que diz dispor.
Mas se tem essas provas de corrupção, porque é que ainda não foi ao MP ?
É que não o fazendo torna-se cúmplice.

Anónimo disse...

Faz-se de inocente, afinal no julgamento do processo Cuba Livre, os nomes apareceram nos jornais, e ficou provado que havia ainda mais alguma coisa para ser investigado pelo MP, mas nesta terra a justiça encontra-se adormecida....