domingo, 9 de julho de 2017

Autárquicas/Funchal


Rubina Leal pretende reativar 
parque de estacionamento na Praia Formosa



Rubina Leal, candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal, pretende reativar o parque de estacionamento da Praia Formosa, através de uma negociação com os proprietários daquele espaço.

“A freguesia de São Martinho é aquela que tem uma maior frente mar da Cidade e não é concebível que a única praia com acesso livre à população não tenha um parque de estacionamento”, notou a candidata, referindo que pretende negociar junto dos proprietários a criação de um parque de estacionamento que dê acesso às pessoas que utilizam este espaço.

O anúncio foi feito ontem, num restaurante da Praia Formosa durante a apresentação do candidato social-democrata à Junta de Freguesia de São Martinho, Jaime Freitas, e respetiva equipa.

Apontando a inexistência de obra feita e a falta de empenho do atual executivo autárquico na resolução dos problemas de São Martinho, Rubina Leal defendeu uma maior intervenção nos espaços públicos como são os casos da Promenade e dos Bairros Sociais.

“A Promenade tem que ser requalificada e conservada constantemente porque estas infraestruturas têm um grande desgaste, fruto da erosão”. Este investimento nos percursos de lazer da Cidade engloba a Ciclovia, que a candidata quer que seja um espaço misto pedonal. A ideia é liga-la à Promenade, aumentando a extensão dos atuais 1,5 quilómetros para 6,5 quilómetros, até a Rua Bela São Tiago

No Bairro da Nazaré, Rubina Leal pretende reativar um espaço de desporto para a promoção da saúde nas instalações do CAB, um projeto implementado aquando a passagem da candidata nas vereações anteriores para servir a população local, e que a atual vereação não deu seguimento. A candidata social-democrata defendeu também a requalificação das zonas públicas e dos passeios. “Temos de criar um sentimento de pertença, apostando no espaço público que é de todos. Nós só temos pessoas felizes num bairro quando olhamos para o seu espaço público e requalificamos esse mesmo espaço”, concluiu. 

Texto e fotos: PSD

12 comentários:

Anónimo disse...

Ela já não quer agora pretende lololl já cansa a demagogia barata desta senhora opportunista

Anónimo disse...

Cardoso Jardim, para além de ter feito do Canha um alvo estimável, volta ao amigo Cervejeiro e ao Vilão Pestana.
Ele é que são uns meninos feios, que fazem tropelias, a maioria delas que Cardoso Jardim enquanto único importante lhes pôs nas mãos, que os Prada são meios cubanos (!?). O pai Prada, totalmente cubano, há dias deu uma entrevista onde manifestava o seu total desprezo e falta de admiração por Cardoso Jardim.
Mas enquanto aqueles meninos maus fazem tropelias, veio um menino bom desdes as brejanjas da Calheta para espalhar o bem, obrando uma aberração, bosta enorme admirada por Cardoso Jardim.
Leiam o Renovadinhos, onde a propaganda cafofiana encontra eco.
Será que a LPM está pagando uma avença ?

Anónimo disse...

O problema é que na Madeira ninguém respeita a faixa de 50 metros junto ao mar. Essa faixa pertence ao domínio público marítimo e por isso devia ser mantida desocupada.

Na Praia Formosa o problema não é só o estacionamento. Toda a frente da praia Formosa está ocupada praticamente até ao mar. Numa parte da praia ainda tem uns 3 ou 4 metros livres que servem como promenade para as pessoas passarem, mas não existem 50 metros livres para criar estacionamentos e acessos dignos de uma praia.

Mas essa promenade está interrompida. O responsável é um terreno a meio da praia que nem passagem junto ao mar cedeu. Ou seja, a promenade está interrompida a meio da praia por um muro de um privado que nunca deu serventia, impedindo assim as pessoas de caminhar junto à praia.

E há também uma zona em que construiram 2 hotéis junto ao mar. O mar todos os anos rebenta com o passeio estreito chegando mesmo a ameaçar os edifícios. A solução tem sido colocar tábuas para as pessoas passarem junto ao muro dos hotéis. Essa passagem tosca deve ter praí 1 metro de largura. Portanto esses hotéis também não respeitaram os 50 metros de afastamento ao mar.

E para agravar todo este cenário parece que o Governo Regional vai poder definir qual o domínio público marítimo que os privados terão que respeitar na Madeira: http://www.dnoticias.pt/home/regiao-passa-a-decidir-propriedades-a-beira-mar-JA1640649. Se quando esse domínio era de 50 metros, ele não era respeitado, agora com o Governo a decidir o que der jeito, vai ser uma tragédia, com os facilitismos do costume para certos empresários e para os amiguinhos do regime. A costa do Funchal já foi toda ocupada com hotéis que impedem os madeirenses de ter acesso ao mar. Devem se estar a preparar para fazer a mesma coisa na Praia Formosa.

Anónimo disse...

Força Rubina! Mostra como uma Mulher-Forte pode mudar para melhor e devolver a Formosa a todos os Madeirenses!!!!

Anónimo disse...

Já repararam bem no semblante da candidata nas fotos? O ar amargurado que apresenta de quem não acredita no que está a fazer e que exibe o frete monumental que está a fazer ao promessas? O que ela não sabe e devia é que para estes renovsdinhos há pessoas que são carne p canhão p usar e jogar fora essa é a ética deles. Mirem se no exemplo do Brito...

Anónimo disse...

Vota Rubina, defende a tua liberdade, o careca tem uma agenda para introduzir uma ditadura na Madeira tipo Chaves e mafuro da vezuela

Eu, O Santo disse...

Anónimo das 18:33. se for para votar com essa intenção, então aconselhara o voto em Gil Canha.

Anónimo disse...

Pretende! A demagogia continua a todo o vapor.

Anónimo disse...

O que tem mais piada, a demagogia da sra candidata ou o nome proposto para a junta ?
Talvez uma junta seja mais indicada para as capacidades de Jaime Freitas, já que na educação não deixou saudades....e um indefectível de Jardim

Anónimo disse...

Caldeira e companhia já andam a tremer em São Martinho com esta candidatura pois ela é séria e competente e ainda bem que a oposição tanto a desvaloriza; +e assim que nascem os vencedores

Anónimo disse...

COMPREM MAIS CHAMPANHE PARA O PROFESSOR JAIME FREITAS ABRIR NO DIA DA VITÓRIA

Anónimo disse...

Força Dr. Jaime Freitas! A Junta de Freguesia voltará a ser nossa!