terça-feira, 11 de julho de 2017



Quem paga a campanha de Cafôfo ?
  
Segundo algumas fontes da autarquia Funchalense, a empresa de comunicação LPM (Luís Paixão Martins) e restantes empresas do grupo (Newsengage, Boston Media, Nextpower Comunicação) têm recebido frequentemente vários pagamentos que não se sabe para que trabalhos se trata. 
Esta situação tem passado despercebida aos mais atentos porque, como se sabe, a lei permite efectuar pagamentos de baixo valor por ajuste direto, não sendo necessária fundamentação para os mesmos, nem consta da BASE.GOV, onde toda a administração pública deve adquirir, legalmente, os seus serviços.     
             
Sabemos que até  ao momento já foram pagos a estas mesmas empresas valores que rondam  os 200 mil euros.
O que se torna mais descarado é que a festa continua e segundo fontes a que tivemos acesso, o Senhor Iglesias recebera, nestes dias, representantes desta  empresa de comunicação para tratar assuntos da campanha, incluído o dossier Gil Canha.
 Já não bastavam as estranhas movimentações financeiras, os favores aos amigos e  agora os 320 mil euros de reforço à Frente Mar .
Qual o destino destes 200 mil Euros?
Afinal quem paga a campanha ? 

Agostinho Carvalho

10 comentários:

Anónimo disse...

Nós todos é que pagamos aquela brincadeirinha, de uma maneira ou outra! O zé pagode paga e não "bufa"!

Anónimo disse...

e o Ministério Publico continua sem ver nada , o Costa tem aquilo bem contolado

Anónimo disse...

LPM tem passado um verdadeiro inferno na Madeira, porque o Canha e seus homens de mão baralharam completamente a agência, porque fogem aos padrões normais. Cafofo vai arranjar mais dinheiro. Pede ao Avelino!

Anónimo disse...

Exactamente, a cubanada quer colonizar a Madeira, vamos andar 100 anos para trás. Derrotar o careca é derrotar o Costa falsoide

Anónimo disse...

E quem paga a campanha da Rubina Leal?

Anónimo disse...

Obviamente O PSD paga a campanha da Rubina.
Agora o Cafofo é um mistério municipal
.

Anónimo disse...

Não batam mais na milionária LPM! Os tipos já andam numa agonia a tentar salvar o Cafofo de tanto ataque! Pensavam que chegavam a uma ilha de saloios afinal a coisa está dura!

Anónimo disse...

Ao autor do texto, um pequeno esclarecimento.
O base gov, não serve para comprar absolutamente nada, serve para publicitar os contratos o que convenhamos, não é bem a mesma coisa.
Para tratar dos concursos existem plataformas electrónicas.

Anónimo disse...

Como dizia Jô Soares, "ca de é os outros".

Anónimo disse...

Ora, quem paga somos nós todos...
Há muito, que aquele Cafofo e companhia Lda fazem campanha com o dinheiro da CMF!!!
Rua com essa raça maldita que tomou o nosso Funchal de assalto...