sábado, 10 de dezembro de 2016

Luís Vilhena na coordenação


PS debateu ordenamento do Território


O Conselho Estratégico do PS-Madeira debateu, esta manhã, o “Ordenamento do Território – para uma transformação mais sustentável e equilibrada”, na Sala do Empreendedorismo da Reitoria da UMa.

Esta iniciativa, foi coordenada pelo arquitecto e deputado na Assembleia da República, Luís Vilhena, contando com a presença do arquitecto Paulo Pais, da Câmara Municipal de Lisboa, que coordenou a revisão do Plano Director Municipal, abordando as orientações do novo plano director, em especial da forma como foi discutido e participado pelos seus cidadãos.

Já o arquitecto Rui Campos Matos, presidente da Delegação Regional da Ordem dos Arquitectos, abordou a regeneração da cidade do Funchal, cuidados a ter em conta na actuação sobre os elementos históricos que dão carácter e singularidade aos lugares, realizando também uma abordagem possível à requalificação das zonas altas.

Por seu turno, o geólogo João Baptista, da Universidade de Aveiro, deu, na sua intervenção, particular atenção para a importância de um planeamento cuidado no respeito pela natureza e como prevenção de catástrofes como as que assolaram a Região Autónoma da Madeira na última década.
Texto e foto: PS-M

10 comentários:

Anónimo disse...

Estranho... o Cafofo não apareceu!

Anónimo disse...

Bem prega Frei Tomás.
Era bom o Sr. Arquiteto Vilena levar a aulazinha ao Sr. Cafofo e seus muchachos.
O processo do PDM Cafofiano é o exemplo de tudo o que não deve ser feito.

Anónimo disse...

Que tédio.

K-Socialista disse...

17 pessoas na audiência. Vilhena, um homem mobilizador!

Anónimo disse...

"PS debateu ordenamento do Território" ... e aproveitou a oportunidade para promover futuro candidato a vereador da lista de Cafofo às autárquicas de 2017😊😊😊

Anónimo disse...

Parece que este tema é tabu para o PSD, o gabinete de estudos não o abordou porquê? É menos importante aos olhos do partido da seta?

Anónimo disse...

Só teoria e vaidade pseudo socialista

Anónimo disse...

O Vilena incorreu no pecado capital , ignorou o Iglesias .
O chefe do Cafofo não lhe perdoará.

Anónimo disse...

Ordenamento do território é uma dimensão de estudo e intervenção que permite um melhor desenvolvimento da Região, não tem nada que ver com vertentes políticas.

É uma prática humana que se faz por todo mundo há alguns séculos.

Se chamam esta prática de "teoria e vaidade", parece-me que, ou não sabem do que estão a falar, ou preferem o atraso do desenvolvimento da Região para proveito próprio.

Anónimo disse...

uma reunião do partido tentando parecer um evento mobilizador da população