domingo, 6 de agosto de 2017

Autárquicas/Funchal


Rubina Leal: “Política não se faz com mentira. 
Faz-se com trabalho e credibilidade”



 “É o trabalho e a credibilidade que define os políticos” disse hoje Rubina Leal, apontando para as equipas do PSD candidatas à Câmara Municipal do Funchal (CMF) e à Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, composta por pessoas com “provas dadas”, “competentes”, “sérias” e “honestas”, cujo único propósito “é servir as populações” do concelho.

Notando as incongruências do atual executivo camarário, a candidata à CMF, afirmou que “a política não de faz com mentira, aliás a mentira tem perna curta”, referindo-se a casos específicos como a suposta devolução do IRS, à derrama introduzida em 2013, aos prazos de pagamentos a fornecedores, à divida da autarquia, ao licenciamento de um prédio no Lazareto ou à alegada reabilitação de 70 prédios.

Rubina Leal falava este sábado durante a apresentação da equipa social-democrata à Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, que decorreu no final da tarde, no Café Teleférico Jardim Botânico.

“Às vezes é importante denunciar algumas coisas que não estão bem, até mesmo nesta mesma junta de freguesia”, referiu, lembrando que existe um processo a decorrer em Tribunal contra o atual executivo de Santa Maria Maior por má gestão dos dinheiros públicos, o que implica uma falta de transparência nas contas.

“No município do Funchal não é diferente. Quando se fala em dívida e em pagamento aos fornecedores, agora aparecem documentos que vêm provar que afinal a dívida não era aquela, e o pagamento aos fornecedores não é o que foi anunciado”, sublinhou.

“Aquilo que se nota é que a palavra ‘cumprimos’ é uma palavra em vão”, continuou. É o caso do anúncio da reabilitação de 70 prédios. “Onde é que estão esses 70 prédios recuperados?”, perguntou Rubina Leal. É o caso do processo de licenciamento de um prédio no Lazareto, em que o atual edil “mentiu”, dizendo à população que desconhecia a aprovação deste edifício.

É também a questão dos incêndios. “Eu não sei o que é que este executivo fez com a verba do Turismo de Portugal, de 3 milhões de Euros, atribuída à CMF para o apoio às vítimas e aos edifícios turísticos”, disse, questionando a forma como a Câmara gere o orçamento autárquico, quando decide apoiar pilotos de rali estrangeiros com 25 mil euros, quando existem bons pilotos de rali na Região.

A esta política Rubina Leal responde com um “basta!” “Basta de estagnação, basta de propagandas. Aquilo que nós queremos é uma política credível a trabalhar em prol da nossa população, é ter uma Cidade para as famílias, que crie mais emprego.”

Para isso enunciou as políticas fiscais que vai aplicar na sua vereação. “Nós vamos sim devolver as famílias os 4% de IRS, sendo que a Câmara ficará com 1% que será aplicado num Fundo Municipal de Solidariedade. Isso é que a política direcionada para as pessoas, isso é que é pensar na nossa população.”

Outra das medidas anunciadas tema a ver com a derrama, um imposto criado em 2013, que tem “sobrecarregado desnecessariamente as nossas empresas”, dizendo que este imposto será revisto no novo pacote fiscal municipal.

“Nós temos uma Cidade para cuidar, uma população e um património para cuidar”, concluiu, elogiando o empenho e o programa da candidata à Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.

Fernanda Gomes apresentou os três eixos fundamentais da candidatura daquela freguesia. “O primeiro vetor é o da intervenção social e da cidadania, que colocará o acento tónico na família como núcleo da nossa sociedade” disse, referindo que também tem ações direcionadas para a valorização urbana para o desenvolvimento económico.

“Do ponto vista económico é muito importante dinamizar as atividades culturais em parceria com as instituições desta área”, referiu lembrando o património histórico e as zonas fundamentais do ponto vista turísticas, como a Zona Velha e o Mercado dos Lavradores.
Texto e foto: PSD-M

20 comentários:

Anónimo disse...

A mentira é feia. Dra Rubina não se esqueça do que diz. De dívidas o que se sabe, foi a que deixaram os anteriores responsáveis pela CMF. É melhor não dar tiros nos pés que o povo não é cego.

Anónimo disse...

Por falar em mentiras, o que são aqueles dentinhos bem unidinhos?....não é mentira é ilusão óptica hummm!

Anónimo disse...

Não digas disparates cafofofoco, são mentirosos e falsos, querem implantar uma ditadura na Madeira tipo el Maduro da vezuela. Só ficam bem com derrota fulminante

Anónimo disse...

Ficou alguma dívida, para deixar a cidade num brinquinho.
Daí para cá Cafofo não fez nada.
Ou melhor, criou estacionamento para motas e deixou esplanadas de publicidade ocuparem os passeios e ruas da cidade velha.
Só facilitismo que até o Acelino diz que o cafofo é mais fácil de dominar que a Rubina. Com ela o monstro não tinha levado o empurrão do Cafofo com a bênção do casal violante

Anónimo disse...

E as promessas que a equipa da Rubina Leal/Miguel Promessas Falsas fizeram quando estiveram dezenas de anos na Camara e não cumpriram, ISTO NÃO É UMA GRANDE MENTIRA, espero que agora as concretize:

- Cidade do Toco
- Nova Centralidade na Praia Formosa
- Areia Amarela na Praia Formosa
- Metro Superficie ligando estes 2 extremos da Cidade
- Aumento da Pontinha para compensar/proteger o Cais 8
- Novo Viaduto sobre Ribeira João Gomes ligando a Rochinha a Pena
- Pavilhão Multiusos
- Central de Camionagem
- Comboio Romantico Monte/Terreiro da Luta
- Aquisição e Recuperação/Reabilitação das 3 antigas Estações Comboio
- Rua Bela S Tiago
- Ciclovia até o Teleférico
- Rotunda na Avenida Infante com a Avenida Luis Camões
- Novos Candieiros/Posto de Iluminação de Estilo Nobre e Arquitetónico na totalidade da Marginal da Baia do Funchal
- Transferencia do Cemitério dos Judeus para S Martinho
- Teleferico Parque Sta Catarina/Pico Barcelos passando pela Penteada
- Fecho Total da Rua Fernão Ornelas assim como da Rua do Aljube.

Fora agora aquelas que em Campanha tem prometido ultimamente como:
- Promenade na Zona Leste da Cidade/Lazareto, incluindo Ciclovia
- Campo de Tiro na Zona do Funchal
- Casas para toda a gente
etc, etc, etc,etc,

Anónimo disse...

Ó sr anónimo das 11:38 ainda estou a rir. Diz-se cada coisa.
Alguma dívida? 100 milhões mais coisa menos coisa é alguma dívida!Cafofo entre outras coisas pagou grande parte da dívida, o que foi bastante.

Anónimo disse...

A Sra que está à esquerda da Rubina Leal é uma grande Senhora.Essa senhora sim.

Anónimo disse...

Política faz-se com demagogia, pelas declarações e promessas desta candidata

Anónimo disse...

Comentário das 12,33h
Não esquecer a Pista de Atletismo a ser construída no Funchal

A vergonha desta gente e desta Rubina Leal que é o braço direito do Desgoverno não tem limites:
Ela pertence a um Governo Vigarista e Mentiroso que até em vésperas de eleições vem prometer que dá dinheiro a cada cidadão para viajar no ferry.
Só que até faz o concurso mal feito que é para ser anulado e com isso passar o tempo.
Como dizia o Secretário que estapifou um Milhão de euros nos Barquinhos Voadores que ninguém viu, apenas o irmão e mais meia dúzia de gatos pingados, que em nada beneficiou a propaganda turística da Ilha,
Ainda vão a meio do mandato e essas coisas são para fazer/ESTUDAR NO ULTIMO ANO, QUE É PARA RENDER.

Anónimo disse...

Se querem ganhar SMM a primeira coisa a fazer é afastar da equipa aquele senhor de camisa azul e mão na boca. Um verdadeiro "artista" !

Anónimo disse...

As gentes do Monte, afectadas pelos incêndios de 2012, nunca tiveram ajuda da CMF PSD, apesar de rodas as promessa s e conversas. Nessa altura, interessava mandar a factura para o GR de AJJ. Política..., mentirosa.

Anónimo disse...

Então porque é que não deixou o dente ralo? Porque mentiu com os dentes?

Anónimo disse...

e o Toco , o tal projeto que o Cafofo disse não saber e que tinha assinado dias antes , e o dinheiro para os pilotos estrangeiros em detrimento dos regionais , e os dinheiros da camara gastos na sua promoção pessoal ? MENTIROSO

Anónimo disse...

20.54 quem é que subsidia o vinho Madeira? Os quatrocentos mil euros foram para entre outras coisas subsidiar o piloto francês do mundial, cabeça de cartaz.directa ou indiretamente o governo, nós pagamos a esse piloto.

Anónimo disse...

Pois há gente que se humilha. Vejam o caso do senhor a esquerda de rubina (camisa azul) que tudo fez parasse presidente e foi relegado para segundo,terceiro plano.
Oh homem tem vergonha na cara!!

Anónimo disse...

Mentiras?
Este Desgoverno da qual Rubina Leal é o braço direito de tantas mentiras e enganos ao povo que já dá para editar para aí uns 3 livros, digo só uma de muitas:

PARA QUANDO A DIVULGAÇÃO DOS ESTUDOS PROMETIDOS PELO PRESIDENTE ALBUQUERQUE (QUE SERIAM DE 2 MESES) REFERENTE AS ALTERAÇÕES DOS LIMITES DE VELOCIDADE DA VIA RÁPIDA.
Já se passaram mais de um ano e nada..................

Vergonha na cara Rubina Leal não tem e se por cada mentira fosse colocado um carimbo de certeza que já não tinha mais espaço para levar o próximo.
Estas Eleições é um vale tudo de denegrir e enxovalhar os outros.
Bora lá uma remessa de espelhos.

Anónimo disse...

Por falar em mentiras me expliquem o seguinte:
Do porque de todas as Estações de TV se estarem a referir a:
Aeroporto da Madeira encontra-se encerrado
e não
Aeroporto da Madeira CR7 encontra-se encerrado???

Anónimo disse...

Rubina Leal é a "mulher de ferro" que o Funchal precisa!!! O meu voto vai para ela!!!

Anónimo disse...

Que dizer da noticia hoje avançada no DN em que o Secretário Regional dos Barquinhos Voadores apregoava que o ferry deveria fazer o percurso Porto Santo/Caniçal.
Está é uma MeNtira dele, pois foi uma solução encontrada pela TRANSAVIA e não por este secretário que não previu nada disto e agora aparece a dizer que a solução é dele.
Haja Paciência para tanta mentira deste desgoverno da qual Rubina Leal pertence e quer tomar de assalto a Camara Municipal.

Já agora porque não o Lobo Marinho ter como base sempre o Caniçal e não o Porto do Funchal?
Assim poupava-se os passageiros ao incomodo de mais uma hora de viagem e reduzia-se os preços e os custos das passagens.
Fazer como em Las Palmas que até disponibilizam autocarros para fazerem o percurso em terra.
Bom, mas já sei! E o consumo e lucro nos Bares como seria, uma vez que o Grupo Sousa BENEFICIA DA ISENÇÃO DO IVA..
É só encher, não pagam nada, nem iva nem taxas nos portos.

Anónimo disse...

E que tem a Rubina leal que tanto fala e apregoa em politica de verdade mas é como o outro: Faz aquilo que eu digo e não faças aquilo que faço.
A dizer daquele camião ligeiro de lixo basculante noturno que andava pelo Funchal e parece que agora até atacou Santana nesse fim de semana do rally. A politica não é nojo nem um vale tudo de difame e porcaria sem escrúpulos, pois não?