sábado, 12 de agosto de 2017


 Rubina Leal quer Monte “romântico”, desenvolvido e seguro

O Monte romântico. Das quintas, dos jardins e espaços verdes cuidados. O Monte com qualidade de vida para a população, que se sinta segura em viver naquele que é um dos principais cartazes turísticos da Cidade. O Monte onde se goste de viver, e onde se apaixone visitar.


É tudo isto que a candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal, Rubina Leal, quer para aquela freguesia. “Aquilo que eu pretendo, é que a Câmara volte a dar a atenção devida as zonas altas da Cidade, criando todas as condições para melhorar a qualidade de vida das nossas populações”, disse esta quinta-feira Rubina Leal, durante a apresentação da candidatura social-democrata à Junta e Assembleia de Freguesia do Monte, lembrando o trabalho desenvolvido pelas vereações anteriores, lideradas pelo PSD.

“Ao longo dos anos, foram feitos melhoramentos e arranjos urbanísticos, sobretudo nas habitações”, recordou, vincando a importância de investir naquilo que a freguesia tem de melhor.

É preciso, disse, potenciar o Monte como o Monte Romântico, pois tem todas as condições para reafirmar-se com um dos cartazes turísticos do Funchal. “É importante fazer renascer, reavivar o Monte Romântico. O Monte das Quintas. O Monte que tem 22 locais de grande interesse, e que precisam de ter sinalética adequada”, defendeu a candidata, acrescentando que a freguesia precisa de ter roteiros turísticos para chamar mais visitantes, e de investir na requalificação da zona de partida dos carros de cesto.

“Tem de haver um arranjo urbanístico da zona de partida, valorizando uma atividade turística fundamental para o Monte”, apontou, elogiando o atual executivo da Junta de Freguesia, liderado por Idalina Silva, que mesmo com pouco apoio por parte da Câmara Municipal desenvolveu um trabalho ativo junto da população.

“Eu quero que lembrar que apesar desta Junta de Freguesia se ter empenhado durante este quatro anos, a Câmara Municipal do Funchal poucas vezes veio esta Freguesia, dando pouca atenção ao Monte como deu a todas as zonas altas da Cidade”, disse, apontando o pouco investimento feito na prevenção de incêndios e intempéries.

“Um dos anúncios dos atual presidente da Câmara foi o de criar um programa específico para a prevenção dos incêndios, mas não passaram de promessas”, afirmou, antes de alertar a população para o que a Câmara Municipal pretende fazer com a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM). “É importante que toda a população perceba o que é que está acontecer com o PDM. Não é possível que o solo urbano, com valor, como é o caso desta zona do Monte, passe a ser classificado como zona de solo rústico, perdendo assim valor porque deixa de ser possível construir nesta área”, alertou.

Uma preocupação partilhada por Idalina Silva. A presidente da Junta de Freguesia do Monte, e candidata em outubro a novo mandato, elencou as prioridades da equipa para os próximos quatro anos.

“As grandes preocupações continuam a ser a questão social, e logo a seguir, quase em simultâneo, a defesa da Freguesia em termos de proteção dos incêndios e das calamidades naturais.” A natureza, lembrou, às vezes prega partidas, e a Cidade e a Freguesia têm de estar preparadas.

“Temos de aproveitar os apoios comunitários que existem para o efeito, e nós já estamos a trabalhar nesse sentido”, disse identificando o saneamento básico e os estacionamentos como áreas que necessitam de mais investimento da Autarquia.
“Sinto que há outro diálogo entre a Junta de Freguesia as associações e as entidades que fazem para a parte do Monte. É preciso continuar a promover esse diálogo, rentabilizando energias para valorizar a freguesia.” 
Texto e foto: PSD”

15 comentários:

O Conde de Monte Cristo disse...

Não há no PSD ninguém quem explique a esta madame o que é política e uma campanha eleitoral? O que é que esta madame ganhou politicamente na vida até hoje? Zero. Sempre a reboque de terceiros. Tem a mania que é uma vedeta mas viveu sempre na sombra do Albuquerque. Para ela a política começou depois de ter saído do palácio de são a lourenço onde até hoje ninguém percebe como foi convidada para adjunta do gabinete de um donatário cubano. Ou esta senhora muda de estratégia, ou arranja alguém que se imponha, ou muda a política de comunicação desastrosa, ou vai ser enxovalhada. E com ela começa o princípio do fim deste embuste que foi o assalto ao poder no PSD e na Região por parte dos idiotas dos renovadinhos que não passam de um grupelho de tachistas endividados que tinham que derrubar AJJ rapidamente. Por este andar eu vou rir no dia 1 de Outubro. Tal a dimensão do desaire e da derrota. Larguem o pó da mão e tratem de trabalhar a sério se querem conseguir alguma coisa

Anónimo disse...

Os apoiantes de esta Senhora tiraram uma fotografia do arraial do Monte, as pessoas que estão a ouvir música, sentadas nas escadas, tentando fazer entender que são seus apoiantes, que lá se sentaram para tirar a fotografia com a candidata. Aproveitar uma festa popular, com tradição, que outros pagaram e organizaram, com muito empenho e sacrifício, para fins partidários é reprovável a todos os níveis. Esta mania de se colarem as pessoas, fazendo crer que os apoiam já deu resultado, os tempos mudaram. Então, não percebo, não era estas pessoas que eram contra estas práticas e se intitularam de “renovação”?

Anónimo disse...

Uma pergunta: esta senhora não esteve mais de doze anos como vereadora na Câmara Municipal do Funchal? O Miguel Albuquerque esteve 19 anos como Presidente.
Devem pensar as pessoas não tem memoria.

Anónimo disse...

Sinceramente esta Rubina Leal me desiludiu e não voto nela.
Ela que anda a prometer PROMESSAS a PATACO veio a minha terra e não prometeu nada nem a concretização do Comboio Romantico ao Terreiro da Luta, coisa que já tinha prometido há vários anos e nunca concretizou.

E que dizer da D Idalina?
Esta deve ser a pior candidata a Junta de Freguesia do Funchal, começando pela escolha da sua idumentária para a apresentação.
Esta Senhora não FEZ NADA, MAS MESMO NADA durante os 4 anos que lá está, começando mesmo por em frente do Edificio da Junta Freguesia e junto aos sanitários em que a estrada está toda aos calhamaços derivado as raízes das arvores mal podemos transitar e com muito cuidado para não tropeçar.
Ora Sra Idalina, julgo que antes da mesma saber onde fica o Largo da Fonte aquele mini-troço de estrada já era no tempo da velha senhora por vezes recalçetado para evitar quedas e isto é uma obra que perfeitamente a junta pode mandar executar visto ser de verba reduzida, não me diga que não tem verbas, faltam é ideias naquela cabecinha oca para estas coisas menores mas muito importantes.
- Que dizer do transito onde não arranjou solução para o descalabro que é a circulação nos dois sentidos e ainda por cima com estacionamento no troço entre as Babosas e a partida dos Carros de Cestos, assim como na ponte com viaturas estacionados.
Santo Deus, aquilo é mais do que Marraquexe.
E por aqui me fico tendo só abordado estes assuntos pois haveria muitos e muitos mais a descrever.
O Monte andou 4 anos para TRÁS.
Em Outubro esta Idalina assim como a Rubina vão bailar mas é ...o Baile Pesado!

Anónimo disse...

e estão nervosos . as fotos foram dela e dos seus apoiantes , vejam lá se o pessoal da LPM quando fizer comentarios se os enquadra á nossa realidade , já parecem o Iglesias . Se bem que de facto são todos cubanos , dos tais que vieram educar os madeirenses

Anónimo disse...

Esta candidata é a candidata do vazio. Não sabe nada. Não tem credibilidade. Não tem ideias e não é fiável. Com ela começa o fim do reinado do Albuquerque. E ainda bem!!

Anónimo disse...

Uii...alguém está nervoso...será que está com medo de voltar para a Figueira da Foz?
Esta senhora sempre foi a primeira a entrar e a ultima a sair da CMF. E sempre teve excelentes ideias que só não foram postas em prática porque não era ela a presidente.
Agora o Cafôfo só chega a CMF depois do seu ginásio matinal e sai sempre a tempo duma boa farra, basta ver os faceboks dos membros da Cagança. Enquanto isso a cidade regride em todos os sentidos!

Anónimo disse...

Eram meia dúzia de gatos pingados que a acompanhavam juntando o fotografo privado pago pelo erário público e aquela que durante 4 anos fez#zero pelo Monte com um forta cores descomunal.

Anónimo disse...

Jesus, por onde anda esta campanha?

Anónimo disse...

Mas vai rir de quê no dia 1 de outubro?!
Ahahaha
Força PSD!

Anónimo disse...

Dra Rubina Leal vai ganhar, muita força o Funchal merece uma Presidente como a senhora, tem mais que provas dadas do seu valor! É uma mulher de garra, cheia de energias positivas que cativa e contagia todos!

Anónimo disse...

Vejo muita gente nervosa com a popularidade da Dra Rubina Leal! A diferença é que o sorriso da Dra Rubina é verdadeiro, e não é como alguns que são feitos somente para enganar o povo ou então encomendado por alguma marca barata de pasta de dente...

Anónimo disse...

Dia 1 de Outubro estaremos todos a festejar com a Rubina Leal!!! "Leal ao Funchal" Força vamos em frente...

Anónimo disse...

Rubina Leal não concretizou o Comboio Romantico do Monte/Terreiro da Luta em que partiam 20 passageiros e chegavam 21.
Por isso vai levar Banhada das grandes porque o povo está com o Professor Cafofo e os renovadinhos andam desesperados com o resultado da sondagem recente encomendada pelo PSD em que é demonstrado que esta candidata não desloca e mantem uma grande margem de diferença para o Cafofo.
Em Outubro vai andar de patins na Ciclovia.
Cafofo construiu a Capela do Cemitério, uma aspiração que já era esperada há dezena de anos e a Rubina nunca a fez.

Anónimo disse...

A Munícipe que vive no Caniço, Concelho de santa Cruz e que se candidata, obrigada pelo seu actual líder, a Câmara Municipal do Funchal.