segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Combate à desertificação



Teófilo Cunha propõe 
redução de IRC para o Norte



O vice-presidente do CDS-PP Madeira e presidente da Câmara Municipal de Santa solicitou ao Grupo Parlamentar na Assembleia Legislativa da Madeira que seja apresentado em sede de especialidade do Orçamento da Região para 2017, uma proposta de redução de 30% do IRC para os três concelhos da costa norte da Madeira - Santana, S. Vicente e Porto Moniz.

Teófilo Cunha entende que esta medida é a única capaz de combater a profunda erosão social e a desertificação latentes nestes três concelhos, a precisarem de incentivos e estímulos fiscais para atrair investimentos, gerar postos de trabalhos e fixar populações.

Esta é já a terceira iniciativa do CDS-PP no âmbito do Orçamento da Região para 2017, depois da proposta para que o GR contemple uma verba de 3 milhões para combater a lista de espera para cirurgia, da redução de 25% em todos os passes dos estudante, de todos os graus de ensino, que não beneficiem de ação social e agora a redução do IRC para os três concelhos do norte da Madeira.

Teófilo Cunha, que se fazia acompanhar do líder parlamentar e presidente da Assembleia Municipal de Santana, Rui Barreto aproveito para lembrar que hoje mesmo, dia 5 de dezembro, o Orçamento da Câmara de Santana foi aprovado, documento que contempla cerca de 600 mil euros para a área social, depois de três anos a "arrumar a casa" e a pagar a dívida herdada da gestão do PSD.
Texto e foto: PP

6 comentários:

Anónimo disse...

Todos os anos as mesmas propostas, mas que falta de imaginação.

Anónimo disse...

Este Teófilo é mesmo um "artista". Durante 3 anos não realizou nada, zero!! As pequenas empresas do concelho fecharam, por falta de investimento por parte de autarquia, a economia local cada vez mais fraca e claro que pessoas tiveram de emigrar... etc.. agora quer redução de IRC, a medida até é boa mas... o povo tem o que merece!?

João Pestana disse...

A medida é boas mas............ e é o que temos de comentários.... só de poupança em gastos anormais e ajudas aos idosos e estudantes já deu 100 a zero no anteriores governantes. Não aprendam com as novas políticas da Costa Norte que vão ver para onde vão os partidos.
Na Costa Norte estão três concelhos cada um com um partido diferente Santana com o PP, Porto Moniz com o PS e São Vicente com o PSD(desistam do filme dos unidos que já não dá). O que interessa no fim são as políticas implementadas e nisso são muito parecidos, principalmente no apoio aos jovens estudantes.

Ricardo Catanho disse...

Parabéns pela iniciativa, sobretudo porque não olha apenas para o seu umbigo mas pede uma medida, com abrangência a todo o norte da ilha, neste caso a baixa do IRC para as empresas que estejam ou se fixem no norte da ilha que bem precisam.
Deveria de haver muito mais medidas destas, os 3 concelhos a norte têm que estar mais unidos e criarem cada vez mais pontes para bem das suas populações.
O combate à desertificação por exemplo, é uma medida urgente é comum os 3 concelhos.
Mas antes era ainda mais flagrante esta incapacidade de trabalhar em conjunto, já quês as 3 câmaras eram PSD e cada presidente tentava a todo custo tomar médias individualmente para mostrar trabalho ao seu "grande líder".

Anónimo disse...

Treta... O Miguel de Sousa propõe algo melhor: o regime CINM/ZFM para toda a Ilha.

Anónimo disse...

Não atirem mais areia aos olhos das pessoas. Tratam-nos por asnos ou tansos! Este senhores lembra-se de medidas ou politicas socias e empresariais nas vésperas de eleições.