sábado, 26 de novembro de 2016

Mais coisas do Além


Contra o descuido, o desrespeito 
e o desinteresse

Confesso que ignoro a história e significado do obelisco e chafariz existentes na Praça do Município.
Ignoro, mas prezo a familiaridade e o caráter identitário daquele espaço para a cidade e o que transmite a mim, enquanto funchalense.
Não se compreende como é que o poder autárquico vigente permite que se lancem e fixem cabos de aço àquele monumento que precede e, com toda a certeza, sobreviverá a essa gente que nos força a percecionar e a conviver e nos arrasta para a imbecilidade.
Como disse, o obelisco sobreviverá aos cabos de aço.
Mas teremos nós que conviver com este descuido, desrespeito e desinteresse pelo património coletivo?
Haja vergonha!

António Sérgio Henriques

2 comentários:

Anónimo disse...

Noto nesta atitude muitas semelhanças a uma outra ocorrida há relativamente pouco tempo. Todos nos recordamos de um post no Facebook colocado pelo atual vereador Miguel Gouveia , que tocando na alma de todos nós chorava lágrimas de desespero ao atentado que era a destruição das muralhas das ribeiras , construidas pelas mãos calosas e sofredoras dos nossos antepassados. Surpreendentemente viemos a saber através deste blog que o mesmo choroso autor do post tinha dias antes assinado um oficio a autorizar a destruição das tais muralhas , passando as lágrimas de desespero a lágrimas de crocodilo.
Agora vemos que a Câmara onde o impoluto vereador põe e dispõe, vandaliza de forma absolutamente desnecessária e gratuita um monumento que faz parte do nosso patrimônio histórico , seria no mínimo ocasião para perguntar ao chorão se o mesmo não foi construido por mãos calosas e sofredoras dos nossos antepassados ? Creio contudo que a situação é bem mais grave , representa o desespero de uma gente que sem nada saber fazer para deixar às gerações vindouras , destrói o que está feito para na tentativa de que a memória nos atraiçoe poder vir a dizer foi eu que fiz isto. Todos nos recordamos da celebre placa que diz para o futuro que o grande obreiro do Lido foi Paulo Cafofo (por extenso).

Anónimo disse...

A placa da piscina tem de ser retirada, e reposta lá uma com os seguintes dizeres:
Renovação inaugurada por Sua Exa. o Chefe da Geringonça sendo Presidente da Câmara, a Miss Campanário.