quinta-feira, 25 de maio de 2017

Autárquicas 2017


Propostas de Martinho Câmara 
para a Calheta




O candidato do CDS-PP à Câmara da Calheta quer que o próximo mandato autárquico seja focado nas questões sociais. Martinho Câmara diz que se a vontade do povo for a de lhe conferir a liderança da autarquia, as políticas sociais vão estar em primeiro plano.
Numa acção de campanha pelo concelho, o candidato assumiu "uma outra postura, um outro objectivo diferente dos outros partidos. "Vamos fazer opções diferentes daquelas que foram feitas até aqui, porque muitas dessas opções assumidas há muitos anos continuam sem ter reflexos positivos para as populações", argumenta Martinho Câmara.
O seu projecto de candidatura é "para todas as freguesias da Calheta e para todas as pessoas do concelho". Do conjunto de compromissos que irá apresentar às populações, Martinho Câmara destaca, para já, os seguintes: devolução aos contribuintes dos 5% de IRS arrecadado pela autarquia; reservar uma fatia do orçamento municipal para ajudar na compra de medicamentos as pessoas com carências comprovadas; uma aposta na educação, com a autarquia a disponibilizar transportes gratuitos para os estudantes do concelho de todos os graus de ensino; criação de uma taxa social na conta da água para famílias numerosas e necessidades comprovadas.

Martinho Câmara falava na freguesia do Arco da Calheta e aproveitou para anunciar o candidato à Junta de Freguesia local, João Álvaro Ferreira. "Esta freguesia está num marasmo, precisa de alguém que esteja próximo das populações e o senhor Álvaro é a pessoa certa", disse.
Texto e foto: PP

10 comentários:

Anónimo disse...

Oh Senhor candidato e o aeródromo que anunciou swer sua intenção?
Seria interessante estudar essa alternativa para o avião do Porto Santo, helicópteros, e num lugar que se possa estender até possibilitar operações com aviões de 60, 80, 100 lugares. Quem sabe um dia se será alternativa interessante. Mais emprego, mais desenvolvimento , mais proximidade.
Estude o assunto. Ou os velhos do restelo já o intimidaram?

Anónimo disse...

E o aeródromo serve para quê ? Para os turista irem de S. Cruz à Calheta de avião ?
Melhor que isto só as propostas do Lemos.

Anónimo disse...

Força Martinho, queremos um Aeroporto Secundário na Calheta e tens o apoio de toda essa Viloada contra os renovadinhos, fala-lhes ao coração do Alberto João que eles os estimam e diz-lhes em que estado colocaram o nosso Grande Lider. Tens a eleição garantida, só não és Presidente se não quiseres.

Anónimo disse...

Vamos Martinho.
Tenho uns terrenos óptimos para o aeródromo. Quando fores presidente vou falar contigo.
Não sigas os conselhos dos revisionistas que querem que fales no Cardoso Jardim. Só dizem aquilo para te enganar.
Olha o Bruno no Funchal.concorreu na lista do Cardoso Jardim e lixou-se. Perdeu para o Cafofo.
Não te deixes enganar.

Anónimo disse...

tenho uns terrenos com carqueja e silvado podemos fazer negocio ganhamos todos , dás-me mais algum e eu de agradecimento dou-te um por fora

Anónimo disse...

Ó das 11.48,

Tem lá calma. Quem se lembou dos terrenos para o aeródromo foi eu. Põe-te lá na fila.
Mas como os teus têm carqueja, se calhar podem expropria-los e fazer um centro de processamento de carqueja.
Assim ganhamos todos. De acordo ?

Anónimo disse...

tenho que falar com os Velhos mais acho que temos acordo

Anónimo disse...

Ok. Aeródromo para mim, carqueja para ti.
É isto a democracia em funcionamento.

Anónimo disse...

penoso. Haja lata.

Anónimo disse...

Credooo... Calheta?! Oh homem, olhe a humilhação... Mude de concelho, que aí são mesmo ferrenhos do PSD!
Força Calheta! PSD orgulhoso!