sexta-feira, 19 de maio de 2017

PCP reúne-se com USAM



Ameaças à Coesão Social. 

Agravamento das Injustiças Sociais





Esta quinta-feira, o PCP reuniu com a USAM – União dos Sindicatos da Madeira para uma análise das questões relativas à relação entre salários, qualidade do emprego, injustiça social e pobreza.
No final dos trabalhos destacam-se as seguintes conclusões:


1)      A verificação de que os rendimentos do trabalho estão a perder peso no conjunto do rendimento regional;
2)      A consequência daquele processo na quebra registada no consumo das famílias;
3)      A estagnação dos salários médios e o congelamento nos rendimentos que marcam diversos sectores de actividade na Região (muitos sectores laborais não conhecem aumentos salariais desde 2009 e 2010);
4)      As consequências tanto sociais, como económicas desta redução do peso do rendimento do trabalho;
5)      A dimensão destes processos tem graves implicações negativas para a coesão social, que está cada vez mais posta em causa, e agravam as desigualdades sociais.

No prosseguimento desta iniciativa o Grupo Parlamentar do PCP decidiu organizar uma Audição Pública sobre as ameaças à coesão social na Região e os actuais perigos ao desenvolvimento económico.

Para qualquer contacto ou recolha de informações sobre esta iniciativa, poderá ser estabelecida a ligação telefónica com Edgar Silva, através do n.º 965010251.


Funchal, 18 de Maio de 2017

Pl’O Gabinete de Imprensa do PCP/Madeira

Sem comentários: