segunda-feira, 22 de maio de 2017

Autárquicas/Funchal


Rubina Leal apresenta projeto 
para ampliação da ciclovia 
em mais 5 quilómetros

Rubina Leal, candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal (CMF) apresentou hoje um projeto para a ampliação da Ciclovia. O objetivo é passar dos atuais 1,5 quilómetros para 6 quilómetros, estendendo a Ciclovia desde a Praia Formosa até a Praia de São Tiago, e transformando-a num espaço misto para pedestres e para bicicletas.

A proposta foi apresentada hoje na Estrada Monumental, numa conferência de imprensa em que Rubina Leal não poupou críticas ao atual executivo camarário pela “gritante falta de investimento público”.

"Não há obras públicas, não há estratégia na área da política da mobilidade urbana e a única coisa que se conhece ao nível da mobilidade são os estacionamentos para as motas no centro da cidade”, apontou a candidata social-democrata.

Em relação ao projeto da Ciclovia a ideia é ampliá-la em mais 5 quilómetros, desde a zona da Praia Formosa até à Praia de São Tiago, explicou, lembrando que o último projeto foi aprovado em 2012 pelo executivo do PSD, e que desde estão a atual vereação da CMF nada mais fez.

Rubina Leal realçou o número de pessoas e de bicicletas que diariamente circulam naquela via, considerando prioritário dar continuidade ao projeto ‘Ciclovia’ que ficou estagnado com a atual vereação camarária.

A candidata vai mais longe, referindo que o projeto inclui uma ligação entre a Promenade e a Ciclovida devido à complementaridade entre as duas áreas, apostando-se, assim, numa política efetiva na área da mobilidade urbana, ouvindo sempre todas as partes.

“Numa obra desta natureza é necessário envolver e ouvir todas as partes, não só o sector hoteleiro mas os outros setores e todos os interveniente, sublinhou.

Para Rubina Leal, a política de mobilidade é algo muito importante não só para o comércio, mas para toda a dinâmica da cidade, algo que está a ser descurado pelo atual executivo da CMF. Por isso reafirma que as políticas de mobilidade serão uma prioridade na candidatura Leal ao Funchal.
Texto e foto: PSD-M

58 comentários:

Anónimo disse...

E que tal mandar tapar os buracos nas estradas da cidade? Deixem.sd de tretas e virem.se para o essencial.

Anónimo disse...

A rainha da sucata laranja deve desistir já. A Vitória pertence ao Professor Cafofo e à sua brilhante equipa, coordenada pelo Dr. Iglesias. Tenho dito.
Daniel T. B.

Anónimo disse...

Tanta gente que perdeu casa nos incêndios, no 20 de fevereiro e não se preocupam com isso, mas para construir ciclovias e dar dinheiro a folha inglesa para publicidade tudo bem. Rua renovadinhos, vocês não passam de uns meros oportunistas, mas vao perder tudo, tudo mesmo, o dia do juizo final está a chegar.

Anónimo disse...

Ó cafofianos,

A ciclovia também vai servir para vocês andarem de patins para fora da câmara em outubro, e levem pela mão os psd ressabiados.

Anónimo disse...

E eu a julgar que a Cidade do Funchal tinha problemas para resolver.
Afinal o Cafofo fez uma boa gestão e merece mais um mandato.
Quando a líder da oposição diz que o problema é uma Ciclovia para rasgar e denegrir toda a paisagem da baixa Funchalense, está tudo dito.
Vamos em frente Cafofo, estais no bom caminho.

amsf disse...

Coitado do atleta que já parece um turista incomodado pelos vendedores de time sharing. Vê-se que se sente retraído com tantas atenções...

Anónimo disse...

Um afundanço/abatimento já deu na Rua 31 de Janeiro, será que já começaram com as obras para o prolongamento da referida Ciclovia?

Anónimo disse...

Esta pensa que o ptp vai governar a camara. ha cada uma.

Anónimo disse...

Rubina n e pra ti esperavamos ideias mais criativas e uteis pra os funchalenses.

Anónimo disse...

Quem vai ajudar o Cafofo a se afundar é o Gil Canha que vai dividir a Des Confiança.
A vingança serve-se fria e justa (neste caso)

Anónimo disse...

É curioso que não tenho visto ciclistas a usar a ciclovia que já existe a senhora quer alarga lá para que???? Mata Hari oportunista sem ideias

Anónimo disse...

Zero de novidade = Zero de Governo

Anónimo disse...

Boa iniciativa, mas dificil de implementar devido ao estreitamento da estrada logo a seguir ao lido, de futuro era aumentar desde a rotunda de camara de lobos ate á rotunda da assicom, arranjando a ponte da praia formosa e logo a seguir um tunel ate camara de lobos

Anónimo disse...

As Leais são fantásticas:
- A Maria, canta.... bem e alegra
- A Rubina.... tem grandes ideias para o Funchal.
Primeira Medida: Alargar Ciclovia até o Teleferico rasgando toda a zona turística com esta obra prima e conspurcando a mesma.
Oh Rubina, pensava que a tua cabeça tinha coisas mais uteis, afinal?
Por aqui se ve como este Governo de Arrogantes e Cagões nos governa.
Autentica cabeça oca (e esta não é loura).
Tenta pelo menos cumprir as Promessas que quando lá estiveste juntamente com o Miguel não cumpriram e que foram MUITAS.

Anónimo disse...

quando cafofo falou a 4 anos era uma ideia maravilhosa , agora a Rubina fala já não é uma boa ideia

Anónimo disse...

Ideia gasta, cara e sem utilidade pois os ciclistas querem é andar em contra-mão nas estradas. É raro ver ciclistas na actual ciclovia.
Não houve investimento pq o governo é PSD e de há 4 anos para cá deixou de transferir um tusto para o Funchal. Desmintam lá isto!..

Anónimo disse...

•••esta gentinha já imaginou o que é uma ciclovia com uma acentuada descida (sentido Ribeiro Seco - av. Mar) / subida (sentido inverso)??!!😠😠

Anónimo disse...

Nem Cafofo nem Rubina o meu voto vai para o Canha porque ele mete alguma disciplina na cidade da bandalheira.

Anónimo disse...

Então a câmara tem que viver à conta do governo ?
Querem p.tas, paguem-nas.

Anónimo disse...

Está é só para rir desta triste cena.... é ver os ciclistas a circularem infelizmente na faixa de transito deixando a ciclovia as moscas.
Com que então era descaraterizar toda aquela zona desde o Lido até o Forte para colocar estas baboseiradas inúteis para meia dúzia, já não bastava os parques para motos, esse sim de boa utilidade e que lavou a cara a Cidade.
Com esta famosa ideia, Rubina já perdeste uns 5 por cento dos votos.
Estava indeciso, agora votar em vocês nunca, vou manter o meu voto de há 4 anos e vou votar Cafofo, o mais inteligente de vocês todos.

Anónimo disse...

Porque é que a Mata Hari não faz campanha com aquilo que disseram que iam fazer a câmara quando lá estiveram e não fizeram???? Uma fraude estes renovadinhos

Anónimo disse...

Credo que disparate! Eu vivo na praia formosa, passo na estrada monumental todos os dias e raramente vejo ciclistas. Não há nenhum sítio melhor onde gastar o dinheiro dos contribuintes? Tantos problemas para resolver, e esta, a seguir os passos do amigo Albuquerque, quer esbanjar dinheiro a torto e a direito. Como é possível termos gente tão sem noção a governar-nos? Como? Que gente é esta a quem esfregamos o nosso destino e destino dos nossos filhos? O AJJ podia ter todos os defeitos, mas nunca em tempo algum governou deste jeito. Bem que ele dizia que o Partido dele era a Madeira. E esta escumalha vem para aqui armar-se, a jogar com o futuro das pessoas..! Não lhe chegam tachos, quer agarrar o poleiro a toda a força. É uma vergonha, o que aconteceu a este PSD? Está podre. Cheira mal!

Anónimo disse...

Este já não é o ppd psd do Alberto joao este é o psd neo liberal alucinado do passos coelho e afilhados é preciso por esta gente na rua em congresso em dezembro ( quem sabe o cafofo que já provou que tem miolos não vai p o psd?) em vez destes desmiolados oportunistas como esta Mata Hari ( Leal )

Anónimo disse...

O ressabiado das 00.15 anda assanhado.
Até quer que Cafofo seja o candidato dos ressabiados em dezembro !

Anónimo disse...

Isto está tudo louco, o que é?
Então vamos passar de cavalo para burro, e esta!
Agora vamos passar de um Metro de Superficie para uma Ciclovia?
Quando a Rubina Leal esteve na Camara juntamente com o Miguel Albuquerque, aquilo que foi prometido foi um Metro de Superficie que ligaria as duas Cidades a serem construídas que seriam a Cidade do Toco e a Praia Formosa.
Agora vamos andar e os turistas de Bicicleta? Já bastou o chefe do partido nacional Pedro Passos Coelho nos colocar a pão e agua e agora vem esta candidata nos colocar a viajar de bicicleta.
Não basta espatifarem o dinheiro e destruírem a Cidade com aquele emplasto nas Ribeiras, ainda querem destruir mais, toda aquela bonita zona da baixa funchalense que ainda resta.
Que ideia mais disparatada e mais uma Promessa Falsa.

Anónimo disse...

Não dá ó das 11.33.
O que é importante é a central de camionagem. Aí pode-se espatifar dinheiro. No metro de superfície nem pensar.

Anónimo disse...

Sendo assim, já não é necessário construírem como vejo por cá alguns leitores solicitarem uma Central de Camionagem mas sim um Armazém de recolha tipo Carros de Cesta no Monte.

Anónimo disse...

Será que a Ciclovia ira passar na Rua Bela S Tiago?

Anónimo disse...

Ciclovia, mas a Rubina Leal já mandou a fatura para o António Costa do Governo da República comparticipar?
Já agora aproveite e mande também a da Central de Camionagem, pode ser que sejam comparticipadas na mesma altura.
Tudo isto é aquilo que vocês chamam de continuidade territorial ou não? Força.... só unidos venceremos!

Anónimo disse...

Andam a chamar a dra Rubina Mata Hari....já ouvi cada coisa mas esta não estava nada à espera....vou ler a biorgrafia da Mata Hari se calhar foi uma mulher que contribuiu muito para a sociedade.

Anónimo disse...

Margaretha Gertruida Zelle (Leeuwarden, 7 de agosto de 1876 — Vincennes, 15 de outubro de 1917), conhecida como Mata Hari, foi uma dançarina exótica dos Países Baixos acusada de espionagem que foi condenada à morte por fuzilamento, durante a Primeira Guerra Mundial. Em diferentes ocasiões sua vida foi alvo da curiosidade de biógrafos, romancistas e cineastas. Ao longo do tempo, Mata Hari transformou-se em uma espécie de símbolo da ousadia feminina.
Mata Hari era filha de um empresário, Adam Zelle, e de Antje van der Meulen. A situação delicada de sua família piorou quando, aos 15 anos de idade, Mata perdeu sua mãe.[1]

No início do século XX, depois de uma tentativa fracassada de se tornar professora, um casamento igualmente fracassado com Rudolf John MacLeod e de ter dois filhos, Norman-John MacLeod e Jeanne-Louise MacLeod, ela se mudou para Paris. Morou por algum tempo na ilha de Java, de onde tirou inspiração para seu pseudônimo.

Ela posava como uma princesa javanesa e se tornou uma dançarina exótica. Seu pseudônimo Mata Hari quer dizer sol (mas literalmente "olho da manhã") em malaio e indonésio.[1] Ela também foi uma cortesã que teve casos amorosos com vários militares e políticos.

Participação na Primeira Guerra

Durante a guerra, Mata Hari dormiu com inúmeros oficiais, tanto franceses quanto alemães e se tornou um peão da intriga internacional, apesar dos historiadores nunca terem esclarecido com exatidão se ela fora realmente uma espiã, e se sim, quais eram as suas atividades como tal.[2] Em 1917 ela foi a julgamento na França acusada de atuar como espiã e também como agente dupla para a Alemanha e França. Foi considerada culpada e no dia 15 de outubro do mesmo ano fuzilada.

Fonte: Wikipédia.

Anónimo disse...

Dra Rubina Leal?
Qual Doutora, a mania de chamarem Dra a uma LICENCIADA.
Ao anonimo das 18,10h não estais no Brasil.

Anónimo disse...

Ainda bem e brilhante ideia da Rubina Leal.
Terá de começar a obra de imediato.
Porque em Dezembro será convocado um Congresso e o Manuel António irá colocar uns Patins nestes Renovadinhos da Treta e vão todos patinar para a Ciclovia, por isso a mesma terá de ser aumentada e já, afim de caber eles todos e então aí sim o verdadeiro PSD irá TAMBÉM RENASCER DAS CINZAS, tal como é o lema deste blooger

Anónimo disse...

Não há dúvida que este psd ressabiado bem vai malhando nos renovadinhos, à espera de Manuel António.
Qualquer dia é melhor o Calisto perguntar oficialmente a Manuel António se ele será candidato ou não. Só assim dará sossego à alma deste psd ressabiado que por aqui anda.

Anónimo disse...

A candidata quer aumentar a ciclovia até São Tiago argumentando que falta à Câmara do Funchal políticas de investimento público.

Isto foi dito numa acção de campanha onde a candidata se encontrava ''sob a guarda'' de um antigo socialista, advogado e empresário com mestrado em falência de negócios, uma criatura anafada que é agora deputado do partido do governo e que faz questão de se apresentar como ''amigo de peito'' do chefe.

É difícil de entender a presença deste ente ao lado da candidata , ainda por cima a falar de obras. O governo que eles apoiam e servem limitou-se até hoje a continuar (ainda por cima com erros) obras lançadas pelo anterior executivo e a fazer um estardalhaço com a substituição de coberturas em amianto por telhas.

Isto enquanto coloca uns ''parvinhos'' a falar de buracos nas estradas e ruas.

Linda campanha!

Anónimo disse...

Calisto,

Então você já publica em comentários, textos copiados na íntegra do Renovadinhos.
Qualquer dia ainda vai a tribunal por publicar texto plagiado.
Ah, é verdade, o Renovadinhos é anónimo, ninguém sabe quem lá escreve, por isso você pode dormir descansado.

Anónimo disse...

Então o que se chama a um licenciado? Sr?
Licenciatura- Dr.
Mestrado- Mestre
Douturamento- Doutor

Anónimo disse...

Concordo em absoluto o maior embuste desde 1974 foi este psd renovadinho alucinado e trambiqueiro

Anónimo disse...

Em termos de embuste só é superada pela aliança cafofianos /ressabiados.
Ninguém os bate.

Anónimo disse...

TANTOS HOMENS E MULHERES INTELIGENTES E AINDA NÃO DESCOBRIRAM QUEM É O AUTOR DO BLOGUE RENOVADINHOS? UNS DIZEM QUE É DA AUTORIA DO DR "PAPADAS" OUTROS DIZEM QUE É DO JAIMÃO . EM QUE FICAMOS? COELHO TEM TANTOS INFORMADORES EM TODOS OS PARTIDOS. ADMIRA-ME AINDA NÃO TER DESCOBERTO ESTE ENIGMA DO SÉCULO XXI.

Anónimo disse...

O que se chama a um Licenciado?
Lógico que é LICENCIADO, não querias que te chamasse de DR, pois não???
Hoje qualquer um Berra botas é Licenciado e já quer que lhe chamem de DATOURE!!
Santa Paciência, eu também sou Datoure no meu trabalho porque percebo daquilo a rodos, ao contrário destes Renovadinhos que estão no DES governo e não percebem patafina e deitam o nosso dinheiro a voar como vai ser o caso de 29/06 a 02/07 com os Barquinhos Voadores que o nosso Secretário dos Transportes/Turismo/60 dias/Manda tudo para Lisboa resolver e pagar vai espatifar.
E ninguém vai preso.

Anónimo disse...

O ressabiado das 23.52 é contra os barquinhos voadores no Funchal
Deve achar que estariam melhor na marina do Lugar de Baixo.

Anónimo disse...

E se a Marina do Lugar de Baixo se transformasse num Estabelecimento Prisional para todos estes gastadores dos nossos impostos? Seria uma utilidade a dar a mesma.
As muralhas da marina já voaram, a próxima será aquele Secretário dos Barquinhos Voadores e do Museu dos Coxos.

Anónimo disse...

Leal, deixa-te dessa treta ideota que não se ve ninguém lá a circular, eles preferem a estrada.
Tens agora uma oportunidade de Ouro e do teu nome ficar marcado para sempre na história da Madeira.
Já que o teu colega do Turismo não faz nada, é só show off, esbanjar o nosso dinheiro em coisas superfulas e prometer mandando tudo para Lisboa pagar.
Porque não pensas em Construir um Metro de Superficie desde o Forte de S Tiago até a Entrada para a Pontinha?
Tinha viabilidade, não agredia a paisagem assim como tinha muita utilidade.
E não sairia demasiado caro, poupando um pouco dos gastos desnecessários como o dinheiro para a Festa da Luz, Barquinhos Voadores(sem vento) e os 7 milhões que o Sérgio quer gastar na Madalena do Mar, é uma questão de gestão e organização.
Julgo também que a Comunidade Europeia iria contribuir com algum a fundo perdido tal como o Governo Central.
Pensa em coisas para o Futuro dos Madeirenses e olha que eu não duro muito.
Bem Haja

Anónimo disse...

Um metro de superfície para 1500 metros. Que crânio. Alguém pensaria em semelhante coisa ?
Duvido. Só de mente de povo superior. E sem impacto visual/ambiental negativo. Extraordinário !
É muito à frente.

Anónimo disse...

Ainda bem que não duras sempre, ressabiado/cafofiano. Assim já não tens que te preocupar com o futuro.

Anónimo disse...

E já agora pede a esse Secretário emproado que nada faz para organizar os Transportes Públicos especialmente os Urbanos.
Como já li por aqui é uma autentica vergonha e desorganização total andarem todas na Avenida do Mar em hora de ponta a congestionar.
Atravessam uns de cá para lá e outros de lá para cá.
Porque não efetivamente criar uma Central de Camionagem coisa que em todos os destinos concorrentes teem há dezenas de anos, afim de evitar os turistas de andarem desorientados na baixa da cidade assim como facilitar a vida aos Madeirenses, coisa que qualquer Cidade do Continente tem.
Venham a Machico ver como é e como funciona.
Coisa que não é necessário muitos Milhões e facilitava muito a vida a todos, façam algo pela Cidade, pelos Turistas e pelos Madeirenses.

Anónimo disse...

Seria o inicio do Metro de Superficie na Madeira que depois iria continuar por etapas até a Rotunda do Enforcado na Praia Formosa!!
ahahah cabecinhas.

Anónimo disse...

Muito bem pensado ressabiado/cafofiano.
Não são os autocarros que devem atravessar Av. do Mar para recolher as pessoas.
São as pessoas que devem ir a pé até à central de camionagem para apanhar o autocarro.
Brilhante. O autocarro não vai até o povo, o povo é que vai até o autocarro (a pé).
Sim senhor. O que não farias se fosses responsável pelos tranportes.
Valha-nos Nossa Senhora.

Anónimo disse...

Oh Mentecalpo vai a qualquer Cidade do Pais ou do Estrangeiro e verifica como funciona os transportes.
Já agora compra uma passagem aérea de 400 euros e vai a Lisboa ou a Coimbra ver como estão organizados os Transportes Urbanos.

Anónimo disse...

Para que servem os Transportes Interurbanos?

Anónimo disse...

Você está enganado, à 4 anos a ciclovia não estava terminada a estrada monumental estava toda esventrou e foi este executivo que acabou por arranjar o que faltava

Anónimo disse...

O mentcapto ignaro ressabiado/cafofiano das 17.11, fala de transportes urbanos e interurbanos como se fossem a mesma coisa.
Nem percebe, do alto da sua ignorância impertinente, que ao centralizar num polo os interurbanos, continuará obrigatóriamente com os transportes urbanos que farão a ligação dos varios pontos da cidade para esse polo central, a dita central de camionagem.
No caso do Funchal, o trânsito da Av. do Mar continuaria com os constrangimentos actuais, a menos que as pessoas fossem apanhar os interurbanos a pé, ou de bicicleta...
Aliás, este assunto já foi estudado há vários anos, e foi concluído que a centralização da saída das carreiras interurbanas só seria possível com carreiras urbanas que percorressem varios pontos da cidade, por forma a apanhar os utentes em diferentes locais e transporta-los ao local onde poderiam apanhar a carreira interurbana.
Isto é, o utilizador, que por exemplo quisesse ir para Machico, teria que apanhar dois transportes, com um aumento do tempo dispendido, para além do custo, em vez de utilizar um único transporte que pode apanhar no centro da cidade.
A ignorância é impertinente, já lá dizia o meu avô. A burrice é insistente.
Mas às tantas ainda chega a vereador.

Anónimo disse...

Não precisa de ficar enervado... Sempre pode voltar à Universidade e ingressar um licenciatura e toda a gente o vai chamar de Dr. também...
Força Dra. Rubina!
Leal ao Funchal

Anónimo disse...

O melhor estudo feito sobre a mobilidade no Funchal, já tem vários anos.
É do tempo em que o Dr. António Trindade era o vereador com o pelouro do trânsito.
Havia gente competente naquela vereação, de vários partidos, e a Câmara do Funchal tinha bons técnicos.
Os estudos ainda eram feitos com rigor.
Não eram feitos para terem conclusões a pedido, de maneira a servirem para guerrilha política.

Anónimo disse...

Não seja deselegante... Argumente com factos!
Odeio cafofianos mesmo pelo baixo nível deles... Deus me livre mais 4 anos com estes Seres...
Força Dra. Rubina!

o caralho disse...

O próxima anúncio será o metropolitano do Funchal...

Anónimo disse...

Este comentário é para rir ou é para chorar?! Fiquei na dúvida...
Tristes ressabiados... Coitadinhos...