sexta-feira, 21 de abril de 2017

A não perder



1 comentário:

Anónimo disse...

Para quando um comentário sobre os deputados que andaram a mamar 35 mil euros ilegalmente?