quarta-feira, 12 de abril de 2017

Tempo de férias com reparos





O 'Lobo Marinho' fez uma viagem hoje sem lugar para mais uma pessoa ou mais um triciclo. Carregadinho, lá foi o barquito deixar veraneantes e centenas de automóveis no areal, para as férias da Páscoa.
Apenas dois reparos de quem chegou à ilha das delícias e se deparou com certos quadros. A meia manhã, segundo contam para cá de maneira documentada, como se vê, uma máquina laborava diante do famoso Bar do Henrique, impedindo o funcionamento do dito-cujo. Dizia-se que estavam a corrigir as dunas. Hum... Corrigir dunas em plenas férias da Páscoa, época de enchente com visitantes da Madeira e de vários outros quadrantes? Não havia hipótese de tratar do assunto uns dias atrás? O agente da Polícia Marítima lá está, no meio dos olhares admirados e desgostosos. 
Quem está a fazer um dia bom é o 'Sol e Mar', a poucos metros do Henrique: esplanada cheia e a rebentar pelas costuras.
Outro reparo: o Solar do Infante, paredes-meias com os bazares de artesanato, em plena cidade Baleira, está pura e simplesmente fechado. Para férias, conforme o papel afixado. Ora bem: cada qual é livre de meter descanso ou trabalhar quando muito bem entender. Mas então quem assim actua que pense nos estragos que provoca aos outros, àqueles que utilizam um discurso no ano inteiro reclamando - com razão - da falta de transportes para a ilha e de clientes gastadores. Fechar o negócio e anunciar férias na época da Páscoa não rima com crise.
Mas é lá com os senhores, obviamente. E não se preocupe que não há incómodo nenhum, ora essa!


Nota - O Solar do Infante já está de férias há muito mais tempo. De férias, como quem diz.

20 comentários:

Anónimo disse...

Amanhã regressam as festas no Henrique. Será que estão outra vez a arranjar a pista de dança?
A Senhora Prada autorizou?
Quanto ao Solar do Infante, nunca podia estar em férias numa das semanas mais lucrativas, fora do Verão. A Sociedade de Desenvolvimento deve estar atenta a estes negócios. Se não pagam o aluguer, nem tem viabilidade durante o Inverno, pratiquem rendas mais baixas, não agogem os empresários na época baixa e apostem em novo concurso...senão dá nisto.
Já agora, a Baiana ia para obras no Inverno. Não foi. Será que vai fechar outra vez no Verão?

Anónimo disse...

O Infante esta fechado? Ora, trabalhar é uma canseira...
Há tascos que fecham à hora de almoço para o pessoal comer...

Anónimo disse...

Ambos estão em falência, quem mandou a máquina para o Henrique e o Solar do infante.

Anónimo disse...

Quem explora o Solar, a pedido da SDPS, insolveu !

Anónimo disse...

Alguém anda aflito a tentar disfarçar obras ilegais (muro construído em plena praia etc...) ! Outros fecharam por calote à SDPS, e as férias são eternas ..

Anónimo disse...

Porto Santo a Madeira dos pequeninos.

Anónimo disse...

Estão a arranjar a duna do bar do Henrique para o pessoal que vem de férias.
Só que começaram tarde. Gostava de saber que paga a máquina. O Bar ou o senhor governo ?
Aceitam-se apostas.

Anónimo disse...

O Porto Santi não tem emenda, não passa da cepa torta. Entreguem a ilha aos espanhóis, por favor.

Anónimo disse...

Estão a pôr areia no bar para taoar o muro ilegal que o proprietário construiu.
A única forma de repor a duna é destruir todos esses casebres que foram construídos ilegalmente.
Ninguém na politica tem é tomates para isso.

Anónimo disse...

O PSanto anda a morrer à fome e agora na páscoa parece um estaleiro de obras. Não se consegue sequer ir à pé na marginal porque alguém se lembrou que tinha de iniciar obras quando tivessem muitos turistas. Há cafés fechados e em obras, esplanadas destruídas, buracos junto ao parque infantil!!! Meu deus que tristeza. Só agora percebi porque é que o Dr. Jocelino foi de férias para o estrangeiro!

Anónimo disse...

Ocupam as dunas com restaurantes e moradias e depois dizem que o mar está a cavar...

Anónimo disse...

E chamam casas de lancha a essas moradias.
Rebentem a duna e verão onde o mar irá parar.

Anónimo disse...

Lá foi a labregada visitar a colónia.

Anónimo disse...

Estes Recauchutados pensam que o Porto Santo é a Cuba do tempo do Fulgêncio, isto não é nenhuma Colónia de Madeirenses, queremos é Turismo Estrangeiro não queremos pés descalços a querem ser servidos a qualquer hora e sem educação.

Anónimo disse...

E diz também tesos, a reclamar por tudo e por nada e a contar os cêntimos.

Anónimo disse...

Boa comentador das 17.32.
Viva o Porto Santo independente. Menezes de Oilveira a presidente da república profeta.

Já agora o camarada sabe quanto é que os colonialistas madeirenses deixam em impostos no Porto Santo ?
Bem me parecia que não. Mas pode informar-se. Vai ter uma surpresa, nomeadamente no IMI.

Anónimo disse...

E acrescento em relação ao comentário das 17,32h
Se tivéssemos um Presidente com elas no sitio, toda a viatura que fosse desembarcada teria de pagar UMA ECOTAXA, pois veem polir a colonia e dariam emprego aos que cá estão.
Espero bem que o próximo Presidente seja ele quem for que adote desde já uma medida semelhante já para entrar em vigor no próximo ano.
Apenas as viaturas elétricas estariam isentas, porque isto de estender o tapete e de subordinar já acabou há muito tempo.

Anónimo disse...

Independência já (e não é o barco).
Depois do principado da Pontinha, falta a república do Porto Santo. Ou será que algum quer ser rei ?

Anónimo disse...

Queremos dizer ao comentarista anterior que o Beija Mão já acabou a alguns anos, deixamos de ser colonizados
O Porto Santo já não é a vossa Colonia e sinceramente como o comentarista das 17,32h queremos Turismo Estrangeiro de Qualidade e não os de Pé Descalço.

Anónimo disse...

Já fizeste as contas dos impostos pagos pelos colonialistas ? Ainda não ?
Dá trabalho, coisa que não deve ser muito do teu agrado.
Pede a independência. Assim já poderás ser um labrego independente.
Até lá come e cala-te.