sábado, 22 de abril de 2017

Autárquicas 2017


Rubina Leal quer transformar 
o comércio de rua no Funchal 
em centros comerciais ao ar livre



A candidata do PSD/Madeira à Câmara do Funchal, Rubina Leal, reuniu esta sexta-feira ao final da tarde com dezenas de comerciantes, no Café Apolo, adiantando que tem previsto um programa de dinamização para o sector, com vista a transformar o comércio de rua em centros comerciais ao ar livre.


Com o ‘Programa de Dinamização do Comércio de Rua’, Rubina Leal pretende “dignificar e dinamizar todo o comércio da cidade”, sublinhando que este sector é fundamental para impulsionar a economia local e regional.
“É o comércio que dinamiza a economia, gera emprego e garante qualidade de vida às pessoas que nos visitam e, obviamente, a toda a nossa população”, disse a candidata social-democrata, durante a iniciativa ‘Encontros com a Cidade’ – Comércio, a primeira de muitas ações sectoriais.
O grande objetivo é “tornar o comércio de rua em centros comerciais ao ar livre”. No entanto uma dinamização do comércio de rua pressupõe uma articulação entre os vários intervenientes, sendo também essencial repensar todo o conceito de funcionamento do Funchal, alertou Rubina Leal
“Temos que juntar os comerciantes, os moradores, a restauração, a cultura, numa ação conjunta e quando pensamos no comércio temos, necessariamente, que pensar em reabilitação urbana, em mobilidade, em estacionamento, um sem número de situações”, notou.
A flexibilização dos horários, a sinalética adequada são igualmente essenciais para que haja pessoas diariamente a circular nas ruas do Funchal, afirmou a candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal.

 “Temos que tornar o comércio de rua em centros comerciais ao ar livre com todas as condições, pois aquilo que nós queremos e pretendemos é, sobretudo, trazer mais pessoas à cidade, trazer mais famílias à cidade”, concluiu Rubina Leal.


Texto e fotos: PSD-M

22 comentários:

Eu, O Santo disse...

O Plano de Rubina Leal para o Funchal é fazer um plano, se chegar a Presidente da Câmara.
Posso informar a senhora candidata do seguinte:
1- os planos tentam fazer com que vários intervenientes cooperem;
2- se o líder do plano está conotado com um grupo faccioso que interpreta as leis, regras e normas de modo a beneficiar uns quantos indivíduos que estão ligados a esse grupo, ninguém vai cooperar nem participar, pelo que o Plano simplesmente é um documento pago a uma empresa que a Sociedade Civil faz questão de ignorar.
3- em face do exposto, só a parte do plano que tem custos para a CMF eventualmente seria implementada, pelo que os resultados do plano (à exceção dos custos) seriam praticamente nulos.

Anónimo disse...

Gostei de ir. Foi proveitoso. Vou votar Leal.

Anónimo disse...

Boa iniciativa Rubina Leal, é pena ter pessoas, que se juntaram ao grupo e nada têm a ver com o Comercio Local, como o Chapeleiro e a Corrunga, que apenas degridem a sua imagem.

Anónimo disse...

O Professor Cafofo já ganhou as eleições. A vitória está no papo. Não percamos tempo com a candidata derrotada.

Anónimo disse...

Mas não foi esta Rubina Leal que ESTEVE LÁ durante muitos anos e que era o braço direito do Miguel Albuquerque???
Pergunto, o que ela fez durante toda aquele tempo? Só se foi deixar tapar e esconder por completo o Belo Fontenário das Fontes!!
Os problemas são de agora, não! Já de varias décadas e nada se fez.
E pouco se fará, esta é mais uma no rumo do show off Promessas do Governador.
Isto é tudo muito bom quando estamos em campanha eleitoral que se ouve a sociedade, mas depois de estarem eleitos já não querem saber da sociedade para nada viram as costas aos eleitores e nem cumprimentam com um simples gesto.
Isto acontece com 99 por cento dos eleitos, já estamos fartos de muitos e muitos exemplos destes neste partido arrogante que é o PSD

Anónimo disse...

Eles marcham, marcham, marcham contra o Professor CAFOFO para assaltarem o poder e distribuir benesses aos seus generais, só que o exercito é muito pequeno e com armamento muito pouco dignificante.
A única arma moderna que tem é o cuspir para o ar e o sarcasmo/maldizer.
Querem que o Fx seja tudo da mesma cor para poderem abafar e suga-lo.

Anónimo disse...

O fim do cafofo esta por poucos dias, incompetencia e conversa fiada, a mando dos cubanos, é urgente correr com eles. A Madeira é dos madeirenses, fim da subjugação dos cubanos que infestaram a cmf e dão ordens por estes intermediaruios cafofianos

Anónimo disse...

O pelouro da Dra Rubina não era o do comércio local, logo não se pode dizer que ela não cuidou para que estas medidas fossem implementadas
O que é preciso é analisar se o que dependia dela corria bem ou não, e aí ninguém lhe pode apontar o dedo.

Anónimo disse...

Agora os cafofianos tão a pegar com esta iniciativa relativa ao comércio.
E sobre a Cidade Verde, ainda não há nada para dizer ?

Anónimo disse...

mais umas motos com venda ambulante pela cidade?

Anónimo disse...

Julgo que todas aquelas artérias desde o Banco de Portugal até ao Mercado dos Lavradores deveriam ser encerradas ao transito e transformar tudo aquilo num Centro Comercial ao ar livre.
Também os comerciantes e a ACIF não devem estar esperando por milagres, tem de ser eles próprios a tomarem iniciativas.
Porque os comerciantes/acif não tem protocolos com os parques de estacionamento em que eu ao fazer uma compra tenha um desconto no estacionamento? Querem é o máximo lucro.
Claro que eu e todos os outros vamos as grandes superfícies porque num curto espaço existe uma grande panopia de produtos e não pago estacionamento.
Isto não é um problema da Camara e nem do Cafofo é um problema dos próprios comerciantes que pararam no tempo e não tem visão futurista esperando atrás de um balcão que a Camara faça tudo e o serviço deles.
Organizem-se!

Anónimo disse...

Estranho plano... E incentivos aos comerciantes? Estratégias de proximidade com os clientes?? Falar por falar é fácil. Fazer com intuito de resolver é outra coisa. Por favor, exponha-se o plano...

Anónimo disse...

Todos sabem os rabos de palha que esta senhora oportunista e sedenta de poder deixou na Câmara. Ela só engana quem quer ser enganado porque está cheia de arrogância tal como o seu Senhor e Amo Albuquerque. Esta gente só se lembra do povinho quando quer votos.

Anónimo disse...

Estes políticos de meia tigela tem cada uma em campanha eleitoral lolll oh senhora

Anónimo disse...

O Cafofo anda a deixar a pele e o dinheiro no DN se calhar não é para se agarrar como uma lapa juntamente com os seus oportunistas.

Anónimo disse...

Vem aí a Trumpada da Senhora Oportunista ao assalto a Camara Municipal com o seu exercito de maldizentes, tal como o outro mandou a Mae das Bombas, está os seus discípulos é todos os dias a dizer mal do Cafofo.
Quando ela esteve lá dezenas de anos não fez nada, por isso já temos a experiencia do que será esta Senhora no poder.
E as Promessas que o Rei Albuquerque I fez quando era Mayor e não cumpriu, será que está vai realizar agora passados mais de 5 anos.
Sra Queque e a Rua Bela S Tiago que quando lá esteve não deu dignidade a mesma, será agora que vai fazer parte do programada?
Engana-me que eu gosto!! Uma sim, duas não.

Anónimo disse...

Será muito difícil Rubina Leal modificar o estado de morte do Comercio do Funchal , depois de Cafofo ENTREGAR TUDO ÁS GRANDES SUPERFICIES , é só ver o que ele fez no Mercado da Penteada , se prepara para fazer no Mercado dos Lavradores , o novo grande centro comercial que autorizou no Savoy , é a sentença de morte do comercio do funchal.
Convido os leitores em vez de andarem aqui com comentários a defender escroques , que passem na rua das pretas , na João Tavira , na rua dos Ferreiros e digam o que vêm , a Fernão de Ornelas não foi ainda no mesmo caminho porque os comerciantes uniram-se e reclamaram , mas já é tasca porta sim porta não .
Aliás comercio para esta camara resume-se a tascas , devem ser as tais 1000 novas empresas que ele diz que ajudou a criar

Anónimo disse...

Já viram que a página da arara do DN nada diz sobre a Cidde Verde cafofiana ?
Não pode. Tão a pagar, não se pode fazer ondas.

Anónimo disse...

O cafofiano das 12.49 está à espera que os adversários venham dizer bem do Cafofo ?
Só se fôr para dar os parabéns pela Cidade Verde.

Anónimo disse...

Esta coisa de transformar as ruas em centros comerciais ao ar livre, é a maior tontice que há.
Acaba sempre por descambar naquelas feiras de ciganos que aconteciam na av. Arriaga.
Os conerciantes têm é que ter produtos e preços que atraiam os clientes. E, hoje, com as compras on-line, isso será cada vez mais difícil.
E, não há, da parte de todos os partidos sem excepção, coragem politica para dizer isso aos comerciantes.
Quantos de nós não fazem já compras pela net, conseguindo melhor preço, abdicando de comprar no comércio tradicional ou nos centros comerciais ?
Haja coragem para encarar uma nova realidade, e, deixem-se de demagogias baratas e eleitoralistas, que são um sco de coisa nenhuma.

Anónimo disse...

Deveria era por ordem nas esplanadas e acabar com os abusos doa amigalhaços.
http://www.cm-lisboa.pt/noticias/detalhe/article/esplanadas-da-baixa-com-nova-cara

Anónimo disse...

O amigo do peito da Dra. Rubina leal, o Duarte Sena, aguarda pacientemente um tacho de forma a regressar aos negócios "mercantis" de outros tempos ......