quarta-feira, 19 de abril de 2017

Contas de sumir



Contas dos 'renovados' 
à moda do Alberto João 
- de 200.000€ para 420.000€




Após ter sido inaugurada no passado dia 3 de Abril, com pompa e circunstância e com todas as entidades politicas locais e regionais presentes, onde houve discursos, música, um Madeira de honra acompanhado por moelas e patas de porco, saltou à vista um pequeno (grande) pormenor que não foi referenciado nos ditos discursos: Como é possível explicar a diferença de valores apresentados entre o dia da apresentação da Obra – 200.000€ - e apenas alguns meses depois, na Inauguração, o valor apresentado é mais do dobro – 420.000€? 
Quem é que pode explicar esta disparidade de 220.000€? 
O que aconteceu foi a remodelação de um edifício. Foi pintura e mobiliário 420.000€ ?? quase meio milhão de euros… 
Sem percebermos grande coisa de engenharia, arrisco que este valor dava para construir o dito edifício de raiz… 
Parece que as pessoas perderam a noção do que é meio milhão de euros! Era bom alguém dar uma pequena explicação sobre o que realmente se passou e como foi possível.
O que é que falhou? Alguém fez mal as contas? Sr secretário Humberto Vasconcelos, acha que deve explicar isto?
K-Norte

44 comentários:

Anónimo disse...

O sr secretário e este independente entendem-se bem

Anónimo disse...

Quando é começa as matriculas? É preciso pagar propinas? Quais os cursos que vai ter? Dá equivalência a licenciatura?

Anónimo disse...

Perguntem ao chefe de gabinete do Secretário.

Sigam o pagamento feito à empresa e os pagamentos feitos por esta posteriormente.....

Fácil e barato para quem quiser ter paciência.

Anónimo disse...

Ora aqui está mais uma perola..
Aquela dupla Garcês/Vasconcelos, vao fazer ou melhor dizendo, já estão a fazer História em São Vicente.
Isto é apenas a ponta de um enorme iceberg...

Anónimo disse...

Ouvi dizer que foi o torto que fez a obra.

Anónimo disse...

O Cafofo está a dar uma mãozinha ao Humberto, na (des) nobre arte de martelar contas ?

Anónimo disse...

Por ca investe-se a moda antiga... mais de 100mil euros em 2 carros novos e uma casa de 500mil euros... e assim vai S. Vicente... só invejosos, já não podem subir na vida que dizem logo que estão a roubar...loool Viva os independentes e o PSD

Anónimo disse...

ninguém vai preso??

claro que não!

agora que venham as obras para o estacionamento junto ao mar.

se em 200 mil há uma diferença de 220 mil , imaginem quanto será nesta obra.

os alarmes na PJ não disparam????

triste povo!!!

Anónimo disse...

alguem ja prestou atencao a muralha que o avelino esta a fazer, qualquer dia aquilo cai para o calhau e quem vai ser responsavel

Rafael Gomes disse...

Foi uma vergonha encomendar o catering à Estalagem da Encumeada. É assim que se ajuda os comerciantes de São Vicente.

José Francisco disse...

É chamar o sr. Prada!

Anónimo disse...

Se é verdade, alguém de direito deve vir a público, explicar, a enorme disparidade dos números acima referenciados.
Victor Garces

Anónimo disse...

Ouvi dizer que as paredes foram revestidas a ouro e o chão a prata, esses trocos a mais é que me mata!

Foram feitas grandes obras estruturais o pessoal é que é tonto e não consegue ver isso!

E aquele palco no auditório pronto a receber os melhores espetáculos do mundo, gente sem visão nessa terra do norte!

Para fazer dinheiro é preciso investir dinheiro, abram o olho!!!!

Luís Calisto disse...

Um ponto de ordem: aos senhores que enviam comentários cheios de acusações pessoais a precisar de prova, lembro que a sua publicação depende da identificação clara do autor. Assinou, publicou.
Obrigado.

PS - Quanto àquele cavalheiro que escreveu "já sei que este comentário não vai ser publicado...", recomendo vivamente que jogue esta semana no euromilhões.

Anónimo disse...

Bem visto! Não foi esse o Garcês que num comicio de campanha disse que ia ajudar os comerciantes de S. Vicente e também que ia pagar atempadamente aos empresårios? Vâo ao youtube. Estå lå.

Anónimo disse...

Pelo andar da carruagem jå sei quem serå a diretora e a psicöloga de serviço.

Anónimo disse...

O Prada como é bom em números explica!
Agora mais a sério, isto cheira a maroscas com fundos europeus...

Anónimo disse...

Bonito bonito. Agora começam a compreender porque a SRA agora só se fala em obras. São os novos centros da Gesba, São as renovações dos centros de experimentação. Até o mercado de São Martinho.
Sabem é que os famosos Planos Estratégicos não dá para nada.

Anónimo disse...

Sim sim. Lindos negócios circulam da SRAP. Agora se entende por que acabaram os planos estratégicos... Não davam dinheiro a ninguém.

Nuno Drummond disse...

A expropriação do terreno e a construção total e equipamentos da escola de formação agrária que já existia não chegou sequer por sombras a este valor. Acho que o Sr. Secretário deve uma explicação. Como é que a remodelação dum espaço (e quem conhece o espaço sabe bem que alterações não fora assim tantas ao nível estrutural do edifício) custa mais que a expropriação do terreno e a construção dum espaço que já existia com mais ou menos com a mesma intenção?
Como se passou do custo de 200 mil euros inicialmente anunciado para os 420 mil apresentados na conclusão da obra?
Depois, como munícipe de São Vicente, com que integridade e respeito se organiza um "Madeira de honra" com patas de porco e moelas? Só faltou a poncha. Mas dessa, houve bastante na São Vicente Cup. Já agora, a título de curiosidade, procurei saber e sei que as patas de porco e moelas para o "Madeira de honra" não foram encomendadas pela câmara mas sim pela Secretaria Regional da Agricultura e Pescas.

Anónimo disse...

Esta notícia foi enviada por alguém que por sinal sabe do que fala. Fizeram a loja do Munícipe no Funchal, num prédio que já existia, e que por sinal só foi remodelado a res do chão, e foi adjudicada a Tecnovia por 181.0000€. No dia da inauguração do mesmo res do chão, e sem intervenções nem pintoras exteriores, foi anunciado que a obra custou 1.900.000,00€. Ou seja, 1.7 Milhões de euros a mais.
Será que o autor desta notícia sabe o que isto é? São 3 vezes meio milhão a mais e ainda fica uns trocos....
Mas com calma, pode ser que o Prada explique este aumento, talvez o material utilizado fosse platina, sempre e mais caro que o ouro.

Anónimo disse...

Só agora é que viram?
E a procissão ainda vai no adro...muito falavam dos outros que lá estavam mas estão a fazer bem pior...

Ricardo Catanho disse...

Como diz o moderador deste Bloog , o ódio não nos leva a lado nenhum, aliás não existe nenhum exemplo na história de toda a Humanidade onde o ódio fosse a solução para resolver alguma coisa, o ódio apenas gera mais ódio e sinceramente penso que não é isso que queremos para São Vicente.
Alguns comentários não publicáveis é apenas o reflexo do que muita gente de cá está a sentir neste momento, este caso aqui divulgado é apenas um entre muitos casos que se fala no dia a dia em São Vicente, já não se esconde está a vista de todos e parece que falar deles é crime, há quem tente ser intimidado por apenas comentar.
Já lutei muito para que isto não voltasse a acontecer mas infelizmente sinto-me defraudado como muitos dos meus conterrâneos.
As próximas eleições não irá ser um passeio para ninguém, como aparentemente se quer fazer passar, as situações susceptíveis de ilegalidades irão ser denunciadas, nós temos esse direito os vicentinos têm esses direito e as ameaças de processos não assustam.
A seu devido tempo e no devido lugar iremos pedir explicações sobre aquilo que se está a passar em São Vicente.
Todos nós precisamos de respostas.

Anónimo disse...

Viva o dr Humberto! Viva o Garcês!
Mas que grande dupla.
E o triste povo bate palmas.
A festa ainda agora começou......

Anónimo disse...

Barracada foi na entrega de prémios e distinções do São Vicente CUP. Esqueceram-se de chamar ao palco da cerimónia o presidente da Assembleia, o Sr. Aires. Quem estava lá viu que o Sr. Aires compareceu no Estádio dos Juncos, com o seu fato moda verão, todo emproado como é seu apanágio para a fotografia dos meios de comunicação social e quando se apercebeu que não foi chamado ao palanque, meteu as mãos nos bolsos e abandonou o recinto todo irado (Fu ...). Dizem as más línguas que foi um pedido do presidente do clube para não o incluir na lista e o Élsio como organizador cumpriu. Ou a ordem seria do Garcês.

Anónimo disse...

Maria João Monte avança por favor. São Vicente precisa de homens e mulheres de fibra, sérias e trabalhadoras.

Anónimo disse...

Aqui está uma boa oportunidade para o Quim Barreiros:
200 para cá, 420 para lá!!!
Acho que dava uma excelente canção.
Não será culpa do Professor Cafofo? Pelo menos aquele tem uma Profissão Nobre de Professor que nos educa a nós e aos nossos filhos e nos ajuda a crescer como homens e os outros quais as Profissões?
São A..... e outros que vos todos sabeis.
Vejam o que o PSD fez na Ribeira Brava ao Professor Ricardo, esse quando entrou já tinha um BMW e sai com a mesma viatura, isto incomoda a muita gentinha!

Anónimo disse...

António Costa, poe-te a pau.
Que estes indivíduos vão te tramar com as contas empoladas para o Novo Hospital, dizem que aquilo custa 340 milhões, mas sera muito menos, divulgam que pagaste metade mas afinal os Cubanos pagam a totalidade.
Na construção do Novo Hospital deveria estar um Feitor Continental e uma equipa constantemente a verificar no local as contas e só aprovação então o apoio financeiro, caso contrário vai ser um regabofe.

Anónimo disse...

Onde påra a investigação jornalística? Ainda querem fazer parecer que ę o Cafofo que controla o DN. Perguntem ao Humberto quem é que sabe e controla o que ė publicado.

Anónimo disse...

Também concordo. Força Maria João Monte

Anónimo disse...

PESSOAS COMPETENTES, AVANÇA , DRª MARIA JOÃO FRANÇA MONTE

Anónimo disse...

E ninguém fala de quanto custou o posto de informação turística que os vieirinhas construíram.

Anónimo disse...

Eu também digo avança Maria João. Para levares a maior porrada de sempre nas urnas e para veres que ninguém iria votar em ti. Nem a familia.

Anónimo disse...

Quem manda em São Vicente é o Mama e o Preto. Tá tudo dito

Anónimo disse...

Não sei se há engano ou se não. Mas pelo que sei a obra foram os duzentos e tal mil e o restante para material informático e demais que estava obsoleto. Com isto não defendo que os valores não sejam exorbitantes mas há que separar as coisas.
Quanto à um novo grupo de "independentes". Acho bem. É a democracia a funcionar. Venha quem vier é bem vindo. Quanto mais opções derem às pessoas melhor.

Anónimo disse...

Só se for de alguém afeto ao sistema. Só pode ser

Anónimo disse...

Para lá colocar sabe-se lá quem...

Anónimo disse...

Quer dizer que há um timing certo para denunciar qualquer coisinha?! A mim não me convencem e S Vicente não merece este tipo de gente. Se tem que denunciar que seja na hora!
Victor Garces

Anónimo disse...

Muito bem devem agradecer a todos estes Senhores e aos de S Vicente em especial, pois isto foi um Milagre da Multiplicação.
Deverá ser comunicado tudo isto ao PAPA para posterior beatificação.

Anónimo disse...

Por acaso tem razão. Dei me ao trabalho de ir ver (todos o deviam) de facto com o conteúdo e recheio fica nesse valor. Segundo a base de dados gov a obra foi cerca de 200 mil e o recheio foi outros 200. Está tudo discriminado.

Anónimo disse...

A obra estava pronta. Foi alvo de pequenas reparações e pintura

Anónimo disse...

Esses senhores que se intitulam donos de S. Vicente mas que não se preocupam com o seu desenvolvimento e que têm como prioridade o arrumar das suas vidas, usando o dinheiro do povo, encontram-se nervosos com a possibilidade da Dr. Maria Joao Monte se candidatar.Avance Dr.e acabe com as irregularidades a olhos visto. S. Vicente precisa de alguém íntegro, verdadeiro, competente e verdadeiramente interessado em desenvolver o concelho.

Anónimo disse...

Nas conversas de café, parece que grande parte da população quer mudança. Perguntam em hora de balanço o que é que o Garcês fez? Retirou os antigos PSD e meteu os novos. Tratou do seu umbigo e clientela. Lembram-se de mais alguma coisa que este executivo tenha feito, além do que foi referido? A auto-promoção constante, o beija velhas e vendedor de banha de cobra. o enriquecimento próprio.

Anónimo disse...

Não me ocorre nada de novo. Para além de implementar uma política do "muda o nome", o de fazer propaganda com ideias anteriormentr avançadas e o de fomentar uma cultura dos pobrezinhos com ajuda para tudo, realmente não me ocorre nada. A não ser que alguém com maiores competências na área da investigação o consiga fazer.