sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Autárquicas a mexer


Memórias de Gil Canha




Luís Calisto,

Percebe-se que as memórias de Gil Canha não possam ser bem acolhidas junto de colaboradores e apoiantes do Presidente da Câmara do Funchal.
O que não se percebe é que a defesa seja feita alegando não ser mais do que um conjunto de mentiras, calúnia ou difamação.
Sendo conduta reprovável de Gil Canha por que motivo não repõem a verdade, começando por explicar que outra razão, que não a apresentada por Canha, levou a que Filipa Jardim Fernandes e Edgar Silva batessem com a porta? A explicação é do interesse público!
Já agora, e porque no que respeita a plágio, é indefensável sugerir que o mesmo não existe, fica aqui a definição:
"Copiar ou imitar, sem engenho, as obras ou os pensamentos dos outros e apresentá-los como originais."
Plagiar é coisa feia, pouco séria e totalmente desonesta.

Miguel Correia

14 comentários:

Anónimo disse...

O dicionário plágio passou a ter um novo significado no dicionário português:
Plágio prática utilizada pelo executivo em funções na CMF no período 2013-2017, que consiste em apresentar como seus os programas elaborados pelas restantes forças partidárias, expulsas em maio de 2014, pelo gato glesias

Anónimo disse...

caro articulista , esqueceu a Dr Luisa Clode , que tambem bateu com a porta desagradada não só com a golpaça , mas essencialmente com a canalhada.

Anónimo disse...

A Dr. Luisa Clode é uma SENHORA, uma excelente notária e uma pessoa que toda a gente gosta pela sua simpatia e respeito pelos outros. Mas a maneira deselegante e trauliteira como à tratavam na Câmara, e a forma como "despediram" o Vereador Canha e o achincalharam a Vice-presidente Filipa J. Feranddes nomeadamente os cavalheiros cafofianos, bateu com a porta e foi à sua vida Mas quem tem pachorra para aturar labregos?

Anónimo disse...

Na reportagem da Revista Sábado está lá preto no branco, que o Cafofo plagiou/copiou/se aproveitou. Há duvidas???? Está lá, vão ver...

Anónimo disse...

É pena que do lado do sr. Presidente Paulo Cafôfo não haja gente de vulto e que saiba escrever para lavar o sr. Canha!

Anónimo disse...

Um escrito bem pertinente! Parabéns

Anónimo disse...

Deixar um partido ser extinto por falta de apresentação de contas "é coisa feia, pouco séria e totalmente desonesta."

Anónimo disse...

Inveja é uma doença.

Anónimo disse...

Existem informações dadas pelo Cafofo na Revista Sábado muito mais graves do que plágio. Mentiras, vinganças e emboscadas.

Anónimo disse...

Se o Canha não tem pachorra para aturar labregos a saída da CMF deveria ser motivo de festa e não de ódio e ressabiamento.

Anónimo disse...

Ainda mais lavagem cerebral?
O último artigo do Cafofo no DN foi a cereja no topo do bolo.

Anónimo disse...

O Canha não tem maturidade nenhuma. Parece uma criança que faz birra quando não lhe dão um chupa chupa. Anda desesperado para conseguir um tacho na Câmara pois não gosta de estar na Assembleia.

Anónimo disse...

O Gil parece um papagaio sempre a repetir episódios antigos. Parece que vive preso no passado. Tudo o que é em excesso é sinal de desiquilibrio. E dizem que piada para ter graça uma vez só chega.

Anónimo disse...

Parece que os cafofianos quando ouvem falar do Gil Canha começam logo a salivar, como o cão de Pavlov. Pois é estava acostumados no bem bom e agora andam a levar nos cornos que nem sabem para onde se viram.