quinta-feira, 4 de maio de 2017



JSD não aceita que António Costa
menospreze a escola pública

António Costa disse, no passado dia 2 de Maio, que a atribuição do nome de Maria Barroso a uma nova escola básica em Lisboa traduz o objectivo de promover uma escola pública de qualidade, equiparando-a aos melhores colégios privados.


Como senão bastasse, o primeiro ministro afirmou "(...) que queremos para qualquer escola pública que tenha no mínimo a mesma qualidade dos melhores colégios privados que existem em Portugal. Só assim haverá efectiva igualdade de oportunidades".

Ora, se na sua mensagem de Natal do ano transacto e noutras situações, Costa atestou que "a escola pública é a garantia universal de uma educação de qualidade" ou que "para termos uma cidadania exigente e informada, para termos melhores empregos, empresas mais produtivas e uma economia mais competitiva, temos de investir na cultura e na ciência, na educação e na formação ao longo da vida", porque continua a querer equiparar a escola pública e a escola privada? 

Recordemo-nos, neste âmbito, que, em Dezembro de 2016, Costa atestou, inclusive, que "o essencial é saber quais são as escolas que permitem" às crianças progredirem mais e não tecer comparações".
Então, em que ficamos?

Se é preciso investir na educação e formação ao longo da vida, porque é que o Governo da República não enaltece a escola pública, os seus professores, os seus alunos, toda a comunidade não docente que, em conjunto, tentam fazer o melhor, mesmo, muitas vezes, com parcas condições?

Não basta investir fundos europeus em escolas, se, depois, a conduta e as palavras do Primeiro Ministro revelam um admiração maior pela escola privada. 

Não basta reduzir o número de alunos por turma se, depois, Costa coloca o privado no topo, obrigando as escolas públicas a equiparar-se a estas.
É reforço negativo, senhor Primeiro Ministro?

Deixe-se de elitismos e comparações baratas e garanta, sim, sem descriminar ninguém que "todos os cidadãos têm a mesma dignidade social". Não seja o primeiro a prejudicar nem a priveligiar qualquer pessoa pela sua "(...) instrução, situação económica, condição social(...)." 
(Sim! São excertos da Constituição da República Portuguesa, documento sobre o qual se deveria reger a acção política desta gerigonça!)

Por favor, conheça a escola pública a fundo, conheça os resultados, os esforços, os professores, os alunos e perceba que todos precisam do apoio, do investimento e do reconhecimento do seu Governo.
Texto: JSD-M

11 comentários:

Anónimo disse...

"Não basta investir fundos europeus em escolas, se, depois, a conduta e as palavras do Primeiro Ministro revelam um admiração maior pela escola privada.

Não basta reduzir o número de alunos por turma se, depois, Costa coloca o privado no topo, obrigando as escolas públicas a equiparar-se a estas".
hhahah então não é isto que este Desgoverno aqui anda a fazer???Ganda tiro nos pés destes jotinhas. ó miguel isto cada vez esta mais confuso pá.?

Anónimo disse...

Anormais andam desorientados, afinal regionalizaram os sectores fundamentais, agora o que querem? Querem dinheiro de Lisboa para o ensino? Temos os impostos mais altos de Portugal, sugam tudo ao povo, o que querem afinal? UMA NOVA REVOLTA DA MADEIRA
APROXIMA-SE!!

Anónimo disse...

Estes jotinhas renovados sabem ler? Escrever está visto que não. É que as jotas não são escolas públicas nem privadas são centros de emprego para a mediocridade e sabujice

Anónimo disse...

Não foi aquele crânio vosso mestre chamado passos coelho que em conjunto c o portas fizeram o maior atentado à escola pública de que há memória?? Vcs jotas renovadinhos não dao uma p caixa nem com textos encomendados lol são tão maus os juniores quanto os seniores

Anónimo disse...

Eu sou do psd e estou à espera que o meu partido perca as câmaras todas p que num novo congresso se ponha esta gente na rua que isto foi a maior aldrabice que tomou o poder do meu partido eu quero um novo líder nacional e um novo líder regional esta gente nunca devia ter entrado um fiasco de gente incompetente e oportunista que está a dar cabo do partido do governo e da região

Anónimo disse...

Anonimo das 20.43. Subscrevo. Estamos alertas para o pos.outubro. Na altura tomatemos medidas, que passarão pir verdadeira purga. Ja estão vistos os troca tintas e esses tem a porta dos fundos como serventia. Um psd atento.

Anónimo disse...

A educação talvez pelo impato da saúde anda meio esquecida nas analises e mais ainda nos escr.itos dos media (naquilo que nao esta comprado). Nl entanto esta area social esta a deriva , sem rumo , sem lideres, limitando.se a copiar o governo central ou nalguns fogaxos que ate ficam nos "louros" doutras secretarias como no brava valeu para o Jesus, ou nos certificados para os agricultores no Humberto. Da SRE zero, ficamos nas medalhas, dia da escola, bla, bla .... Mauzinho demais e que vai ter um preço em votos.

Anónimo disse...

Se não fosse caricato era só para rir.Estes jotinhas precisam de escola e da boa.Pública ou particular, tanto faz, desde que seja boa.Mas é isto que temos! Falando dos raking, quais e quantas são as 50 melhores?

Anónimo disse...

O Miguel então os pikenos nao falam convosco ou plo menos nao leem as resoluções do Desgoverno, então nai e o nosso dinheirinho k vces dai as bancos para pagar os juros da linha credito para as escolas PRIVADAS profissionais aqui na Tabanca. Ganda tiro nos pés como dizia aqui um comentador. Lindo....

Anónimo disse...

Muito bem dito JSD-Madeira! Sempre atenta aos jovens e a zelar pelos direitos dos mesmos!
Força JSD!

Anónimo disse...

Santa ignorância... Triste comentário ressabiado...