terça-feira, 4 de abril de 2017

A Câmara, ocupada com o fitness, esqueceu-se do 4 de Abril de 1931




Calisto,

Tenho acompanhado o seu blogue e acho muito bem que exponha as verdades!

Sou bombeiro e hoje estive na cerimónia da Revolta da Madeira, ficando muito desiludido por ver que ninguém da presidência da Câmara Municipal do Funchal se dignou a comparecer. 




K-Bombeiro Atento

20 comentários:

Anónimo disse...

O Cafofo é o representante do Costa na Madeira não podia ir a uma cerimónia que envocava uma revolta contra lisboa.

Anónimo disse...

Se fosse ao contrário falar-se-ia no não envio de convites, falta de chã, protocolos, etc! Se era bombeiro municipal provavelmente estaria a representar à câmara numa cerimónia em que os perseguidores de 1931 se apoderaram da simbologia para agora se travestirem de democratas e amigos do povo.

Anónimo disse...

As rainhas de beleza não comemoram revoltas, nem guerras! Qualquer miss que se preze fala de amor, paz e amizade!

Luís Calisto disse...

Este comentador das 12.31 tem muita razão no que diz acerca dos perseguidores de 1931 que ora se arvoram em democratas. Viragem oprtun(istic)amente operada logo que os cravos desabrocharam. Vá lá que chefe Blue não pode ser desses, para não degenerar de seu avô Ernesto Machado, um dos desempoeirados que enfrentaram a reacção daqueles tempos.

Anónimo disse...

Não havia câmaras de TV suficientes para o senhor presidente da CMF aparecer.

Anónimo disse...

O problema é que Cafofo nem sabe bem o que é a revolta da Madeira. Alguém que lhe dê uma aulazinha...

Anónimo disse...

Ainda bem que o Cafofo não se lembrou da revolta de 1931 porque senão o Diário de Noticias iria queimar mais uns milhares de euros do nosso dinheiro.

Anónimo disse...

Não havia objectivas suficientes para o Senhor Cafôfo se interessar em aparecer...

Anónimo disse...

E logo um professor de História!? Se calhar o que lhe interesse é a história recente de compadrio com a geringonça do continente! Vergonha!

Anónimo disse...

2017: O ano das inaugurações do Miguel Albuquerque! Este ano já inaugurou, entre outros, um Aeroporto (e não era o da Calheta)e a Escola da Agricultura, em São Vicente, que tal como o "aereoporte", já existia, mas antes chamava-se Escola de Formação Agrária, e uma unidade de vacinação nova no Hospital dos Marmeleiros.
Se mudarem o nome do Hospital dos Marmeleiros, teremos então o tal novo hospital da Madeira Renovada...

Anónimo disse...

Cafofo quer brilhar ? sozinho, tal como na Cânara aparece sempre só.
Já tem medo da Rubina

Anónimo disse...

Poupem-nos, já há gente suficiente a fazer nenhum só no encontro dos croquetes. Que terra pá!! Trabalhar tá quieto.

Anónimo disse...

Não vem muito a propósito, mas já agora uma pergunta: vejo nas fotos a senhora do instituto do emprego, o senhor da segurança social e outros "chefes". Esta gente não tem que trabalhar ? Ou são obrigados a seguir a chefe para todo o lado ?

Anónimo disse...

Segundo a reportagem, o montante envolvido na reparação (€420mil), é igual, imagine-se, ao orçamento da sua construção de raíz. Gastou-se em 3 meses, o mesmo que na implementação de todas as estruturas, desde a proteção à ribeira etc.,etc...???

Anónimo disse...

Belíssimo o comentário das 1506 lololllll

Anónimo disse...

Será que alguém foi convidado para assistir ao Funeral do Falecido no Hospital por FALTA DE MEDICAMENTOS em pleno Ano de 2017 nesta Terreola Governada por MIGUEL ALBUQUERQUE DO PSD???

Anónimo disse...

O pomposo centro internacional de vacinação para enganar viloes deslumbrados e nada mais nada menos que a consulta do viajante do Cs bom jesus... internacional lololl anedótico não é? Ahahahah

Anónimo disse...

O povo à rasca para conseguir o ordenado mínimo no final do mês e esta meia dúzia de engomadinhos numa rotunda a pousarem para as câmaras, para a seguir virem para aqui com mesquinhices e politiquinhas. O povo devia juntar-se e fazer uma revolta para meter estes queques todos no olho da rua!

Tenham vergonha na cara e vão trabalhar!

Anónimo disse...

18 de abril jantar de apoio da Rubina Leal no Tecnopolo.

Anónimo disse...

uns tentando apagar da historia um momento grande da historia da Madeira