segunda-feira, 3 de abril de 2017


CUIDADOS INTENSIVOS EM ESTADO CRÍTICO

Os médicos e enfermeiros dos Cuidados Intensivos têm evidenciado preocupação com as condições em constante degradação do seu serviço.
Já é do conhecimento público a falta de medicamentos com compromisso para a sobre vida dos doentes. É um problema recidivante e com agravamento progressivo.

Menos notório mas não menos grave, é a falta de outras condições adequadas tais como vagas no ambiente próprio para acudir a este tipo de doenças, que constituem por si só um risco de vida imediato.  Qualquer vão de escada no hospital tem de servir para acolher doentes ligados a máquinas, ventiladores, monitores, perfusores.

A este descalabro acresce a  falta de perspectiva de resolução, mau ambiente de trabalho, desacreditação e desmotivação global (excepto dos doentes, que não estão em condições de perceber o que se passa e muito menos de protestar e de se defenderem).

O Director do Serviço pediu a demissão do cargo. 

Na sexta feira foi "chamado " ao senhor Secretário que "apertou " com o colega fazendo-o recuar na sua intenção.
O escândalo assustou o Dr.Pedro Ramos.
Desta vez conseguiu segurar o director dos Cuidados Intensivos.
Não segurou a saúde dos doentes.
Também não será isso que o faz correr.

PS: Valiosa a última prescrição do Dr. Pedro Ramos - Subir e descer escadas, faz bem à saúde!! Valha-nos isso.

K-Saúde

13 comentários:

Anónimo disse...

Em dois anos conseguiram deixar o serviço de saúde num caos sem hipótese de recuperação foram buscar o PR p ver se a coisa vai lá mas depois do que rebentaram vai ser difícil por isso se andam entretendo com escadas e baboseiras que tais...

Anónimo disse...

Mas o Albuquerque não disse que estava tudo bem?! Em que ficamos?

Anónimo disse...

"está tudo controlado!"

Anónimo disse...

É muita incompetência junta!!!

Anónimo disse...

O Zézúlio já está a pensar noutros horizontes? Rapaz inteligente!

Margarida disse...

No momento atual, os madeirenses e porto-santenses não confiam no hospital, nem no sistema regional de saúde!!
É preciso averiguar se estas notícias que têm vindo a público têm fundamento...
Se não corresponderem à verdade, processe-se criminalmente quem inventa calúnias deste tipo...
Se forem verdade, é preciso apurar responsabilidades e agir em conformidade...
Não podemos continuar assim no meio de uma "cegueira duvidosa"!!!

Anónimo disse...

Na Madeira, Governada por Miguel PROMESSAS do PSD em Março de 2017 FALECEU um doente por Falta de Medicamentos.
Doentes ONCOLÓGIOCOS fazem APELO NAS REDES SOCIAS por estarem há mais de DOIS ANOS aguardando por uma RESSONANCIA MAGNÉTICA.
Será tudo isto verdade ou foi no dia das petas?
Não, na Madeira ESTÁ TUDO CONTROLADO e não acontece nada disto.

Anónimo disse...

O colapso do hospital vem desde 2010, com faltas de.medicamentos, mortes de doentes por explicar, sepsis, quem pretendia denunciar os casos ao DN, este camuflava tudo, agora denuncia diariamente...morreram nestes anos milhares de pessoas, o descalabro na saude acentuou-se agora, porque levaram muitos anos a brincarem com a vida das pessoas!

Anónimo disse...

Deveria acontecer-lhe umcaso de doença consigo ou com a sua familia para sentir na pele, aquilo que senti e continuo a sentir com a morte de um familiar comsepsis, que o hospital nunca falou connosco nem da sepsis, falta de medicamentos e alimentos, o hospital sempre ocultou...o caso do meu familiar roçou o homicidio, ainda tentei falar para o DN, mas este nunca publicou nada, tudo abafado pelo governo. A minha revolta mantem-se, quero respostas para essa morte, penso que todos os que perderam e continuam a perder familiares, querem respostas das entidades. Afinal pagamos imensos impostos, para onde vai o nosso dinheiro? Para as festas e show off?

Anónimo disse...

O Dr. Pedro Ramos, mal chegou ao 9º andar, teve que vir de elevador para as urgencias!! LOOL

Anónimo disse...

Vc n deve ler o mesmo DN que os outros leem está a inverter os factos deve ter uma renovadite aguda Lolol morreram milhares de pessoas??? Loll nem de morte natural vc e um renovadinho que vive noutro planeta entre o MF e isto tudo que se passa agora basta estar informado e não ser cego mas n deixou de ser cómico o seu comentário Lolol

Anónimo disse...

O Dr Pedro Ramos manda subir e descer as escadas?
Não me digam que os Elevadores estão todos AVARIADOS OUTRA VEZ!!
Regressa Miguel Ferreira.

Anónimo disse...

A taxa de.mortalidade revela isso mesmo, mais mortes a partir de 2010, de morte natural como diz foram muito poucos, morreram pir falta de medicamentos e pelo caos instalado no hospital, antes o DN controlado pelo GR, agora vai relatando algumas noticias...o hospital apaga os dados dos doentes nos computadores, muitos morreram por sepsis, falta de medicamentos e alimentos, sei do que falo nos Marmeleiros, faltou almoços e jantares, e os familiares nunca foram avisados dessas anomalias para darem a ideia de normalidade...e por acaso sabe o estado de quem entra no hospital, depois como sai? Se sobreviver sai com outros problemas de saude agravados, e desnutridos em pele e osso, tipo quem esteve num campo de extreminio! Por acaso tem ou teve um familiar nessa situaçao? Como nunca passou por isso, fala e escreve do que nunca viu, perdi familiares, com sepsis que o hospital ocultou!! Durante as visitas vi de tudo, falta de um simples analgesico para a febre, doentes mortos dentro das enfermarias...um horror!!