terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Élvio Sousa em Lisboa


JPP ASSEGURA COMPROMISSO 
COM MINISTRO DA CULTURA 
NA PARTILHA DE DOCUMENTOS DA MADEIRA




O líder do Grupo parlamentar do Juntos pelo Povo (JPP), Élvio Sousa, esteve reunido esta manhã, em Lisboa, com o Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes. A audiência, solicitada pelo JPP, veio no seguimento do projeto de resolução, da autoria desta bancada parlamentar, que “Recomenda ao Governo da República que tome as diligências necessárias à transferência para a Região Autónoma da Madeira dos documentos produzidos por instituições regionais, que se encontram na Torre do Tombo”.
“Na reunião foi apresentado um conjunto de pareceres de 2005, 2010, 2012 e 2015 que confere à Torre do Tombo o estatuto de instituição com património arquivístico de interesse mundial, protegido pela UNESCO, e ficou o compromisso por parte do Ministro da Cultura de, no prazo de uma semana, apresentar oficialmente ao JPP a decisão do Ministério, no qual incide o compromisso da partilha da transferência dos documentos em suporte digital”, revelou Élvio Sousa, à saída da audiência, no Palácio Nacional da Ajuda.
Neste contexto, “o JPP aguardará pela resposta e depois solicitará uma reunião com o secretário regional Eduardo Jesus, para lhe dar conta do andamento do processo”.
Para o JPP, a metodologia a adotar nestes assuntos “consistirá justamente em seguir o encalço das recomendações aos governos e obter dos Executivos uma resposta conclusiva das matérias em causa”.


Texto JPP

9 comentários:

Anónimo disse...

bom .... comentarios para quê ?
a demagogia é tão barata , a imaginação para fazer noticia tão pobre , que só podemos ter pena dos pobres coitados.

Anónimo disse...

Esperemos por novidades dentro de um semana. Só vendo para crer!

Anónimo disse...

Farto destes políticos parasitas

Anónimo disse...


Isto é que dá ter advogados pagos a peso de ouro no continente

Anónimo disse...

Esta terra tem falta de sensibilidade cultural se os documentos alguma vez chegarem, correm o risco de serem deitados no lixo por este desgoverno....

Anónimo disse...

SÒ FACHADA.
FANTOCHADA DO MINISTRO E DESTES RAPAZINHOS VÌTIMAS DE TUDO...

Anónimo disse...

Oxalá fiquem na Torre do Tombo. Assim temos a certeza que são devidamente conservados.
Se o Elvio quiser consultar, peça uma digitalização.

Jeremias disse...

Estes senhores..... nem uma. Tudo ao lado. Quanto gastaram nessa deslocação?

Anónimo disse...

Esta terrinha tem deitado documentos no lixo, vejam o estado de todas as bibliotecas da RAM! Destruir bibliotecas continua a ser uma banalidade, nas ditaduras tem pouco interesse a leitura, ao povo quanto mais inculto melhor, assim permanecem de olhos fechados.