domingo, 29 de janeiro de 2017

PS-Santa Cruz - Concelhia Activa


CONTACTO COM A POPULAÇÃO DO SANTO DA SERRA E ENCONTRO COM A ASSOCIAÇÃO DE PASTORES DAS SERRAS DO POISO



     Integrada na iniciativa 'Concelhia Activa: ao encontro dos cidadãos', desta vez os dirigentes locais do PS-Santa Cruz efectuaram uma visita de trabalho à freguesia mais a norte do concelho: Santo António da Serra.
Nesta visita de trabalho estava agendado um encontro com o Presidente da Associação de Criadores de Gado das Serras do Poiso, Sr. João Abel Freitas, sendo muito oportuno e necessário para conhecer a posição dos pastores relativamente à proposta unilateral do executivo municipal do JPP em apropriar-se de um terreno rústico de 600ha nesta freguesia por via de usucapião. 


Em linha do que já nos habituou a equipa municipal do JPP, e ao contrário do que afirma e serve de pressuposto ao Sr. Filipe Sousa para avançar para a apropriação, é o facto dos pastores nunca terem sido ouvidos ao longo deste processo. Que não restem dúvidas: o Sr. Filipe Sousa mente quando afirma que por detrás desta iniciativa está a ‘defesa dos pastores’. Existirão outros interesses que só o Sr. Filipe Sousa conhece e poderá esclarecer.
Esta mancha florestal de 600ha (equivalente à área da freguesia de Gaula) integra-se nos denominados ‘terrenos baldios’. Os baldios, por definição, são ‘terrenos do Povo’, isto é, são áreas territoriais ao serviço e em usufruto de uma determinada comunidade, de acordo com os seus usos e costumes, ex. actividade pastoril. Curiosamente é um partido que se denomina ‘Pelo Povo’ que deseja retirar ao mesmo Povo para fazer o que todos desconhecem. A proposta do JPP vai contra os interesses de uma comunidade rural frágil e constitui uma verdadeira afronta e deturpação da gestão da coisa e da causa pública, fomentando um clima de conflito e incerteza em Santa Cruz.
Mais, de acordo com o nº 1 do artigo 4º da Lei dos Baldios ‘’os actos (…) de apropriação ou apossamento, tendo por objecto terrenos baldios, (…) são nulos’’. Portanto, qualquer tentativa de apropriação por parte da Câmara é ilegal. Desconhecemos as verdadeiras motivações do JPP, no entanto, há pelo menos uma certeza: é mais um caso a somar aos muitos outros nestes últimos três anos sem consequência nem benefício para a população. Uma ‘ideia peregrina’ de um executivo desorientado, incompetente e mestre da arte da propaganda. Que outra razão possível? ‘Dar trabalho’ à famosa sociedade de advogados que, até ao final deste mandato irá ‘angariar’ 850.000 euros à custa do erário público? Sobre isto, o Povo é soberano e saberá julgar. No meio de tudo isto, pelo menos uma certeza, o Partido Socialista manter-se-á em alerta e ao lado da população. Contem connosco!

Santa Cruz, 29 de Janeiro de 2017
Pelo Presidente da Comissão Política de Concelhia do PS de Santa Cruz,
Cláudio Torres

11 comentários:

Anónimo disse...

este ps anda do lado do psd

Anónimo disse...

Adoro estes contactos à população com meia dúzia de gatos pingados...

Anónimo disse...

O fulano do gado é índio, ou tonga tomado um tintol valente ?
Vermelho como um pêro do Santo !

Anónimo disse...

O pessoal do PS está no caminho certo. Parabéns

Anónimo disse...

Só falaram entre eles....Não contactaram ninguém....Só para a fotografia...

Anónimo disse...


Muito bem, parabéns a este PS que surge com uma dinâmica arrojada e com um grande equilíbrio entre juventude e mais antigos.

Bem haja pela oposição desenvolvida e neste momento estes são os únicos a falar pela oposição porque depois de terem dado uma cenoura ao savino a oposição independente em Santa Cruz ficou quebrada.

Muito bem mesmo fico atento

Mateus

Anónimo disse...






Élia Ascensão

Vereadora na Câmara Municipal de Santa Cruz

Apostar nas pessoas
Opinião | 27/01/2017 04:53

" Sendo a minha formação de base em recursos humanos, acredito que a melhor das políticas, seja nas organizações privadas, seja no setor público, é a aposta nas pessoas.

Nenhum investimento terá um retorno tão grande e tão significativo como aquele que aposta no capital humano.

Enquanto vereadora na Câmara Municipal de Santa Cruz, este foco nas pessoas tem sido uma das minhas prioridades, na qual tenho sido apoiada por uma equipa que se candidatou sob o lema de um pendor social muito forte.

É claro que esta nossa pretensão e até mesmo este nosso ADN político enfrentou "

este apontamento é curioso de uma pessoa que a primeira coisa que fez em Santa Cruz foi mover processos disciplinares aos trabalhadores da câmara municipal.

Tá explicado a forma de atuar e a grande aposta deste adn da jpp.

depois não se sabe qual a formação de base, se foi em processos disciplinares ou em outra parte dos recursos humanos mas a formação técnica nunca foi mostrada ou será que também é mais uma doutora sem canudo ?

E isto é que é aposta em recursos humanos.


Anónimo disse...

O PS no seu melhor... contato com a população, foi mesmo entre eles e as pedras da calçada... mas quem é que leva estas pessoas a sério?

Anónimo disse...

Ó Sr. Carlos pereira não acha que esta na hora de mudar esse Sr. Óscar de Santa Cruz? assim não chegam lá. Se querem resultados arranjem umas caras novas, essas já deram o que tinham a dar..

Anónimo disse...

Essa rapariga vereadora escreve como se de um exame de 4a. Classe se tratasse.
Que pobreza.

Anónimo disse...

O Filipe Sousa foi acusado de mentiroso e não responde. Por muito menos já respondeu e com a faca nos dentes. Do que foge? Quem cala consente!