segunda-feira, 16 de janeiro de 2017



PTP quer renegociação 
do subsídio de mobilidade

O deputado do PTP Madeira, José Manuel Coelho, deu hoje uma conferência de imprensa criticando as actuais condições do subsidio de mobilidade aos residentes da RAM.

O subsídio de mobilidade negociado pelo Governo Regional, não garante a continuidade territorial e "discrimina os mais pobres que continuam sem poder viajar, pois não têm como adiantar o valor total do bilhete". 

Sendo que os que podem adiantar o dinheiro na compra dos bilhetes têm de enfrentar uma "burocracia tremenda" para obter o reembolso a que têm direito.

O PTP informa que vai apresentar na Assembleia da Madeira, uma proposta para a renegociar a portaria que estabelece a atribuição do subsidio de mobilidade, afim de colmatar estas falhas.


Representação Parlamentar do Partido Trabalhista Português
na Assembleia Legislativa Regional da Madeira

1 comentário:

Anónimo disse...

Até a fotocópia do nosso cartão de cidadão exigem nos CTT para podermos receber o reembolso.

Como é sabido o cartão de cidadão é um documento que não se deve dar fotocópia a ninguém, nem a nenhum organismo do estado. Ainda há pouco tempo deu uma reportagem na SIC a aconselhar as pessoas a não darem fotocópia do cartão de cidadão a ninguém. É o próprio estado que diz que tal não se deve fazer. Os balcões das instituições públicas já receberam orientações para abolirem completamente a prática de ficarem com fotocópia do BI/CC. E este Governo da Madeira obriga-nos a dar fotocópia do nosso documento pessoal. Não basta confirmarem a identidade no ato de reembolso?

Eu fiz uma reclamação escrita no posto dos CTT. Aconselho a fazerem o mesmo.