segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Recuperação dos incêndios




Carlos Pereira acusa governo regional
de ter mentido aos madeirenses






Em conferência de imprensa, Carlos Pereira lembrou que os prejuízos dos incêndios que assolaram a Madeira, no último verão, ascenderam os 100 milhões de euros, ressalvando que o PS-Madeira assegurou junto ao Governo da República 80% do financiamento, para fazer face a esses prejuízos. Com a disponibilização de recursos financeiros no valor de 80 milhões de euros, o Governo da República, solidário com a Região, prestou um apoio efetivo à população, bem como às empresas vítimas dos incêndios.

Refira-se que o orçamento para a recuperação das habitações oscilava entre 15 a 17 milhões de euros. O presidente do PS-M vincou que “o Governo da República disse, desde a primeira hora, que iria assegurar o pagamento desses prejuízos através do Prohabita, estando orçamentado no OE2017 cerca de 5,5M€, de modo a que este ano se comece a fazer a recuperação dessas habitações”.

Não obstante, referiu também que o Governo da República assegurou que, de acordo com o combinado com o Governo Regional, seriam aplicadas regras a definir pelo executivo de Albuquerque, podendo portanto ser destinadas aos apoios financeiros às famílias que não se enquadrem nas regras do Prohabita. Assim, o apoio do Estado é também aplicado às famílias que recebem mais de três salários mínimos mensais, evitando que nenhuma família atingida pelos incêndios deixe de ser apoiada.

De modo a clarificar esta matéria, Carlos Pereira salientou que, o Secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson Souza, enviou uma carta ao Secretário Regional das Fianças e da Administração Pública, que refere explicitamente:

“Eventuais despesas não elegíveis ao Prohabita mencionadas no referido acordo (IHRU/IHM) serão suportadas por verbas adicionais a inscrever no Orçamento de Estado, e a transferir para o Orçamento da RAM, tendo como finalidade financiar através de programas regionais ou municipais intervenções não elegíveis no âmbito do Prohabita, de modo a que nenhuma família atingida pelos incêndios deixe de ser apoiada.”

Ora, “o Governo Regional perante o esforço do PS-M e perante as decisões positivas do Governo da República do Partido Socialista resolveu “cavalgar” uma mentira, dizendo que o Governo da República só ia pagar parte dos prejuízos das habitações, ocultado a verdade dos madeirenses”, conclui.
Texto e foto: PS-M

17 comentários:

Anónimo disse...

Não, Sr. Carlos Pereira!
Uma mentira repetida mil vezes não se torna verdade, pois já repetiu mais de mil vezes e mesmo assim, ninguém acredita em si.

Anónimo disse...

complementado por verbas a inscrever... Este Pereira é um cómico. Recusam proposta do PSD que garantia a todas as famílias os apoios necessários à recuperação das habitações e vêm agora com a conversa de inscrever verbas em documento já aprovado.
As opções de Pereira e do PS em Lisboa não seriam mais do que uma anedota não fosse a consequência para as famílias deixadas à margem dos necessários apoios.

Anónimo disse...

Este senhor devia ter vergonha na cara...

Anónimo disse...

Este rapazinho mentiroso, vaidoso, julga que repetindo uma mentira que ela torna-se verdade.
Já se percebeu que é o mandatário de Lisboa. Que faz o jogo dos senhores da capital. Nem que para isso tenha de mentir e tentar aldrabar os madeirenses.
Vá por mim Sr.Pereira, o povo já o topou e a seu tempo vai levar uma tamanha abada que nunca se irá esquecer.

Anónimo disse...

Já não há pachorra pra este homem!! É o chamado meia dose!! É tudo a meias com o Governo da República e na pratica é zero! Parem de gozar com a população! Qual financiamento para os incêndios, qual quê ?!?!?!? O Governo socialista nada faz pela Madeira, só empata! A ajuda prometida pelo Governo da República vai chegar é no próximo verão!!! E ainda por cima tem estas marionetas para virem dizer que fazem isto e aquilo, quando o resultado é nenhum!!! Haja pachorra! Será que anda tudo a dormir?!?!?!?!

Anónimo disse...

Este homem é mesmo um arrogante e oportunista! Insucesso nos negócios e execrável como patrão e líder numa empresa! Fala barato e eloquente como um calhau e agora, porque teve a sorte de não haver nenhum melhor que ele, dentro do PS para ser deputado na AR, sente-se como galo no poleiro a criticar o GR, que está a fazer um trabalho exemplar (claro que nem tudo é mar de rosas, tb cometeram erros), com assuntos que é o governo central PS que não é solidário com a Madeira. VERGONHA este PS!

Anónimo disse...

Não é com este que o PS-Madeira lá vai.

Anónimo disse...

Mente todos os santos dias.

Anónimo disse...

Carlos Pereira é anedótico! Falta-lhe honestidade, caráter e vergonha na cara. Só assim consegue mentir tão descaradamente. Quando está na Madeira diz uma coisa, quando chega a Lisboa faz outra. Até contra os interesses da Madeira e dos madeirenses já votou. Não contem com este 'senhor' para defender a Madeira. A única coisa que defende é o próprio umbigo.
Ficam as ações de Carlos Pereira para o julgarem no presente! Porque no futuro ninguém ouvirá falar mais deste 'senhor'.

Anónimo disse...

Só nao percebo o que o vietcong está a fazer na fotografia??????

Anónimo disse...

Mais do mesmo: Ou seja, nada...só conversa. Haja paciência, porque vergonha é coisa que este senhor já demonstrou não ter.

Anónimo disse...

Eh pá... Ninguém defende o Carlos Pereira. Já foste!

Anónimo disse...

Hoje no orgão oficial do PS Madeira o independente DN , o Vereador Miguel Gouveia na sua ansia de mostrar serviço e atacar Gil Canha , referiu que desde Agosto a Camara está a receber dinheiro numa conta solidaria para acudir ás vitimas dos incendios de Agosto , mas segundo as suas palavras , o referido dinheiro ainda está lá todo e não foi mexido , 5 meses depois dos incêndios ainda não socorreram nenhum? estão á espera que o Governo faça tudo para depois ir o Cafofo á procura de Camaras de Televisão ? Cambada de mentirosos e incompetentes

Anónimo disse...

com tantos figurantes....nao vejo a hora de ver dr Paulo Cafofo na lideranca do PS...este lider tem sido um verdadeiro flopp....gabavam.se que iam construir um hospital e tudo nao passou de uma veleidade.
Quantos putativos militantes poderao suceder a este genio da matematica. Publicou um livro sobre a divida da Madeira foi um estrondoso exito ja nao restam exemplares em nenhuma livraria da Madeira.

Anónimo disse...

anoninmo das 17h25: vietcong ????
llooolll

Anónimo disse...

Não há pachorra para este Pereira, com mentiras sucessivas , e com aquele deputado que não faz nada, ainda pior

Anónimo disse...

Caros meninos do desgoverno, ontem a CE aprovou uma verba para os incendios, portanto meninos façam alguma coisa para cobrir o resto das despesas, porque nem Lisboa, nem a UE os podem aturar, mexam-se, governem, e deixem-se de arranjar bodes espiatorios, para todos os males da Madeira. Afinal durante os incendios nunca quiseram pedir ajuda atempada a Lisboa, que estava tudo controlado, quando o fogo chegou ao Centro do Funchal, e descontrolado, lembraram-se de Lisboa...incompetentes!!