sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Negligência grave


A Derrocada dos Marmeleiros e a Derrocada do Governo

O perigo de derrocada é real e devia obrigar a uma solução rápida da parte de quem se diz governo.
O argumento de que a situação está a ser monitorizada não nos tranquiliza absolutamente nada, nada.
No momento actual, o internamento de doentes nos Marmeleiros constitui negligência grave.
A situação foi identificada durante o anterior governo e foi encontrada solução exequível, tanto do ponto de vista arquitectónico como do próprio financiamento (fundos europeus para requalificação de estruturas hospitalares que incluem construção de "anexos" e remodelações de estruturas antigas assim como reequipamento, modernizações...).
A teimosia, incompetência, interesses partidários e outros... fizeram com que Miguel Albuquerque se fixasse em alimentar a miragem do novo hospital. No fundo queria ganhar as eleições e que melhor que a saúde para se alavancar na opinião pública.
Mas vai pagar caro a sua obsessão.
E os madeirenses vão pagar caro a obsessão de Miguel Albuquerque.
Quando chegar o dia, não digam que não sabiam, que não estavam lá, que a culpa é  de sabemos lá do quê..
Nós estamos cá para testemunhar. Podem ter a certeza disso.

Nota: Aos ignorantes do Governo que enchiam a boca de Plano Junker, será que perceberam finalmente que este plano não cobria estruturas novas e de raiz??? Porque acham que estava a ser feita a FAVELA????
Mete dó esta ignorância a caminhar para a responsabilidade criminal.

K-Saúde

22 comentários:

Anónimo disse...

Mas esta situação é nova? O estudo vem desde o tempo de Jardim.

Anónimo disse...

Sempre quero ver se aquela porcaria vem abaixo o que dirão os renovadinhos do hospital novo cuja cor nunca se vai ver dirão que a culpa é do costa do MF e do hospital favela?? Cambada de irresponsáveis imbecis por esta altura já podia estar a crescer a favela do internamento ou para sul ou para a escola enfim a história vai julgar severamente esta corja é só esperar coitado do Pedro Ramos metido com esta gente...

Anónimo disse...

O Miguel Ferreira já escreve para o Fénix?

Anónimo disse...

Mário Pereira adicionou 8 fotos novas ao álbum: Hospital de Braga - Um bom exemplo! — em Braga
Ontem às 9:58 ·



Este hospital serve uma população de dimensão algo semelhante à da Madeira mas tem uma modernidade, segurança e uma vasta oferta de serviços que em nada se comparam com as oferecidas hoje aos madeirenses.
Um Bom exemplo a seguir com atenção!
Este Hospital de Braga custou 177 milhões de euros, com 705 camas, tudo incluindo (Terraplanagens + Expropriações + Projectos + IVA + Obras + Equipamentos completos e modernos + Estacionamentos e Vias de acesso).
Não compreendo como o PSD diz agora precisar 344 milhões para construir o nosso novo hospital só com 550 camas... Faz-me lembrar a construção de algumas marinas!
Espero que o bom-senso prevaleça e que a obra aconteça.


Curiosa esta abordagem

Dá que pensar e muito

Anónimo disse...

Anónimo das 12:48, Albuquerque já responde no Fénix?

Anónimo disse...

Boa Andre, um comentariozinho antes de ires para o almoço.

Anónimo disse...

Pelos vistos o Miguel Albuquerque vive de verdade alternativas. O Miguel Ferreira, em alternativa, da verdade.

Anónimo disse...

É assustador para as pessoas que vivem no livramento.

Anónimo disse...

É assustador para quem está internado ou trabalha nos Marmeleiros. Se isto se passa se num país com tradição democrática o envolvimento dos cidadãos seria geral com marchas, protestos, boicotes...
Mas o povo madeirense é brando e pensa que o tecto não vai desabar sobre a sua cabeça mas esmigalhar a do vizinho.
Contudo pode haver surpresas...

Anónimo disse...

A realidade dói.
Força nas perseguições.

Anónimo disse...

A bem da verdade o hospital já existia antes de se fazer o aterro que está em risco. Não é o edifício que está em risco, apenas o estacionamento a sul.
Se fosse preciso gastar muito betão, já estava resolvido. Aliás, dizendo que é o hospital, ainda se consegue gastar mais umas sacas de cimento e ferro...

Anónimo disse...


Situação de perigo público.

Perante tais noticias era interessante saber o que o laboratório regional sabe e pode dizer.

Com coragem.

O MP não lê jornais ?

Anónimo disse...

Vem o terreno abaixo assim como o hospital e se morrerem todos os doentes e trabalhadores o que o GR vai dizer, que a culpa sera de Lisboa, do tempo, da chuva etc, porque escondem os estudos feitos sobre esta estrutura?

Anónimo disse...

Esta situação está identificada desde 2010 e apenas se refere ao estacionamento em frente. Esse estacionamento esteve encerrado desde essa altura, tendo sido reaberto há poucos meses Não põe em risco o edifício, nem os doentes.

O hospital está assente numa muralha anterior à construção do aterro. As pessoas da minha idade devem-se lembrar disso.

Anónimo disse...

O parque foi fechado em 2010. A notícia salta para os jornais em 2017. Numa altura em que as obras das ribeiras estão a acabar. Numa altura em que as obras estão a estagnar. Esta capa parece que veio de encomenda ou de favor do lobby do betão.

Anónimo disse...

A sério que não há pachorra. É feito o alerta daquela porcaria toda podre vir por aí a baixo e vem gente dizer que é o lobby disto e daquilo?
O pessoal está contente, deixá-los.

Anónimo disse...

É fazer um muro em betão armado e fica resolvido.

Anónimo disse...

Marina lugar de baixo hotel saccharum
Obras nas ribeiras hotel savoy
Muro proteção marmeleiros hotel santa Isabel
Perceberam o querem que faça um desenho?

Casas porto santo grupo Sousa
Bares mercado porto santo grupo café do teatro
Fórum machico grupo café teatro
Hotel CR7 Pestana
Marina calheta tecnovia

Ohh Alberto João então tu fizeste tudo isto para o Miguel entregar aos amigos?

Anónimo disse...

Estes renovadinhos se não fossem tão teimosos já tinham chegado a conclusão que não vão ter hospital novo... nem um nem meio!
Ao menos com o Miguel Ferreira tivemos obra feira e por estas alturas provavelmente já tínhamos um hospital renovado e ampliado para muitos anos.
... em terra de ignorantes os visionárioseus são decapitados...

Anónimo disse...

Primeiro é preciso haver mortes, depois logo se vê!

Anónimo disse...

Este perigo de derrocada já se arrasta desde o governo de Jardim,não usem desgraças para fazer política.Com tanta matéria prima que se usa nos estaleiros "desactivados",para fazer brita e areia,recolhida gratuitamente das ribeiras e do calhau,passando a ser propriedade das construtoras que depois cobram pelo material,porque não vão lá,com os pedregulhos,fazer uma muralha????Ou só servem as pedras para fazer promenades???Os marcadores de aluimento estão lá,foi proibido estacionar no parque à frente do edifício,isto desde a altura do Santos Costa.Não façam filmes de quarta categoria,iguais à vossa política,preocupem-se,sim,e seriamente, pelo bem estar dos doentes,também chegará a vossa vez!!!!!

Anónimo disse...

E o que fizeram os renovadinhos em matéria de saúde em dois anos: ZEROxZERO porque é que a ala que o MF deixou feita no hospital para os doentes dos marmeleiros continua vazia? E a cirurgia de ambulatório?? E que são dois anos meus senhores dois anos grande renovação que é só renovação de tachos e compadrios. O meu voto nunca mais vai para este psd