segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

MAIS UMA PLANTAÇÃO, MAIS UM PEQUENO CONTRIBUTO PARA A RECUPERAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NO MACIÇO MONTANHOSO DO PICO DO AREEIRO
 No passado Sábado a Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal realizou mais uma plantação de espécies indígenas no Campo de Educação do Cabeço da Lenha (1500 a 1600 metros de altitude) e na área mais alta do Parque (1700 a 1800 metros de altitude).
No Campo de Educação trabalharam 32 voluntários, entre os quais 8 estudantes estrangeiros que estão na Madeira ao abrigo do programa Erasmus. Na área localizada perto do topo do Pico do Areeiro, esteve uma brigada de 6 experientes voluntários.   
O tempo estava excelente. O céu azul, de quando em vez era percorrido por umas poucas nuvens alvas, incapazes de regar as plantinhas cuidadosamente colocadas na sua casa definitiva.
Já estamos em Fevereiro e lá em cima o solo continua carente de água.
Temos de aprender a viver com mais secura, a aproveitar melhor a água da chuva e dos nevoeiros que correm rente à montanha. E tal só será possível com o retorno das associações vegetais e a erradicação do gado da cordilheira central.
Com serras escalvadas a Madeira será uma ilha cada vez mais pobre.
Reportagem - RTP-Madeira, 04.02.2017



               Funchal, 06.02.2017
         Raimundo Quintal

1 comentário:

Anónimo disse...

O meu obrigado a todos o que contribuem para a beleza da nossa ilha.