quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Ambiente familiar na Levada do Cavalo


Sofia Relva faz entrevista
com muito trabalho de casa





A apresentadora disparou em estúdio uma entrevista curiosa ao entrevistado, por acaso seu marido



Diz quem televiu que se viveram ontem mais uns momentos de muito afecto no ecran da Levada do Cavalo. Depois dos beijos e abraços nos arraiais de Verão para os pais e irmãos na Venezuela, Austrália e South Africa, mandados por emigrantes acabados de chegar à ilha, ontem mesmo o ambiente familiar no centro regional roçou a ternura e o romantismo, segundo acabam de contar ao pessoal do Fénix.
Avisamos que foi preciso cruzar a informação por umas 10 fontes, para não metermos água.
No decurso do programa 'Madeira Viva', a apresentadora Sofia Relva puxou de uma entrevista sobre um acontecimento financeiro qualquer que há praí no Funchal. Muito bem. Só que o entrevistado era ninguém menos do que Daniel Borges, seu marido - marido dela, Sofia. 
O mesmo telespectador gabou: aquilo foi um verdadeiro momento de TV com trabalho de casa feito. Notava-se que estava tudo muito bem ensaiado. O serão da véspera no lar foi certamente com o casal a preparar o naco de conversa em estúdio - já que o entrevistado apareceu com um papel escrito para cada pergunta colocada pela entrevistadora.
Ainda estivemos para fazer um volta-atrás no televisor, para apreciarmos devidamente o programa. Mas em diferido não seria ver a Madeira 'viva'. Consequência: hoje ninguém nos trama, vamos assistir ao programa de ponta a ponta. 
Desde o tempo da RTP-Espetada que a audiência não pára de aumentar. 
Agora a sério, amigo Miguel. Atenção a essa Produção! A menos que sejas tu a fazê-la, meu caro. Consta que continuas o mesmo faz-tudo de sempre!...

22 comentários:

Anónimo disse...

Foi um momento alto da RTP-M ao minuto 11:05
http://www.rtp.pt/play/p2216/e224057/MADEIRAVIVA2016/482325

Muito giro, o maridinho que trabalha numa empresa do CINM a fazer a apologia ao planeamento fiscal. A vida é giraaaa!!!!

Anónimo disse...

O Daniel (des)espera que saiam mais alguns deputados do PSD para que ele possa experimentar o conforto das parlamentares cadeiras. Aí, sim, teríamos um Madeira Viva directamente da Assembleia. Vai esperando, Daniel...

Anónimo disse...

O Borges não tem onde cair morto. Quem aposta comigo que se não arranjar tacho brevemente vai começar a fazer campanha pelo PS?

Anónimo disse...

Inimaginavel.
Essa piquena ja tinha demonstrado que é boa a cantar...mas a conduzir este Programa , nunca...E ele sem bon senso aceita aquele dialogo familiar..e ainda queria ser deputado..Credo. Mas ha mais gente com responsabilidades...os produtores claro e as chefias que deixaram isto acontecer.. Enfim ja nao vale a Pena ..é mau de mais.!

Anónimo disse...

É o que se chama trabalhar com a prata da casa...

Anónimo disse...

a RTP Madeira é um canal de terceiro mundo. Cada vez pior. Piroseira, esta menina. Está tudo em família. E por falar em família, ainda me recordo quando a Maria Aurora também entrevistava o filho Nuno.

Anónimo disse...

mau demais. Resolvi ver a dita entrevista online, 2ª parte, a partir do minuto 11 e qualquer coisa.
Nem ela percebe o que está a perguntar, nem ele sabe nada de regime fiscal.
Uma dupla ignorante que a RTP Madeira apadrinha de forma vergonhosa. As referências aos Açores são de gritos. Ambos desconhecem que a Madeira já teve impostos mais baixos e que os mesmos só alinharam pelos nacionais por imposição do PAEF. Mas falar disso seria criticar o PSD e o jardinismo, não era?

Anónimo disse...

Único comentário certo é o das 23.17 mas com uma agravante, é que há muitos Daniel Borges no Psd Madeira, por isso Rui Abreu toma cuidado com o que fazes, já enganaste nos uma vez, para a próxima já não enganas me. Não olhes para trás, porque não vai ser igual. Manuel António vem cá ! Abraço Colega

Anónimo disse...

Parece um ser invertebrado, vai para onde "chover" o guito!

Anónimo disse...

Ora...ora...então os políticos podem "chamar" os seus familiares para "trabalhar" junto deles e a apresentadora não pode entrevistar o marido?!Será que um jornalista tambëm não pode efetuar reportagens sobre familiares?! Ou um médico não pode consultar um familiar?!

Anónimo disse...

Comentador 12 de fevereiro de 2016 às 16:12
o ridículo é: político ... médico ... etc quando em público não dar a conhecer de imediato que está na presença dum familiar próximo. Já agora: um indivíduo capaz de mandar um piropo, sentir-se-á inibido de o fazer na presença dum familiar da visada ... mas fá-lo-á se desconhecer o familiar, certo?

Anónimo disse...

Lol é de partir a rir estes comentários!! Vê se perfeitamente que as pessoas não tem mais nada para fazer na vida. Porque será?? Devem estar mal casados....

Anónimo disse...

Não percebo estes comentários nem o que o autor desta página viu de mal neste programa. Qual o problema de uma esposa entrevistar o marido? Será que é a primeira vez na história dos programas de televisão? E por ser marido a apresentadora deve transmitir aos telespectadores essa informação? Porque razão? Tem de expor a sua vida privada a todos quantos a vêem? Não faz sentido nenhum.

O autor deste artigo mais parece uma Maria Bilhardeira daquelas que vai para a missa comentar a vida dos outros!!! Já vi vários eventos a serem divulgados neste programa (lazer, cultura, finanças, palestras...). Porque razão este não devia ser partilhado com o público? Ou se calhar, neste dia, deviam ter mudado a apresentadora...Então era isso!!

Metam-se na vossa vidinha e, enquanto jornalistas, façam o favor de apenas comentar assuntos sérios!! (Já parece a revista Maria!)

Anónimo disse...

O padrinho de casamento destes 2 entes... Também é entrevistado semanalmente neste programa de chacha. É o conhecido advogado tonto...

Anónimo disse...

Há muito tempo a rtp Madeira já devia estar fechada. Televisão estilo anos 50 com custos muito elevados. Na tv cabo podemos ver diversos canais deste século, inovadores e baratos.

Anónimo disse...

Este artigo foi encomendado pelo Secretariado do PSD Madeira? Já começa a ser público que o Borges goza de popularidade nas bases do partido e o secretariado não admite esta afronta

Anónimo disse...

A popularidade entre as bases deve-se ao estilo "Queque"?

Anónimo disse...

Respondendo ao ultimo comentário deve ser o estilo do Rui Santos de St António (casaco castanho ensebado) que irá salvar nas próximas eleições autárquicas, correm nos corredores que até com Ricardo Lume fez acordo. Mais não digo.

Anónimo disse...

A Crsitina Ferreira entrevistava o marido ? A Barbara Guimarães entrevistou o Carrilho ? E a Sonia Araujo ??? O Goucha entrevista o marido ? Não. Mas por certos estão todos errados...Venham à RTP Madeira aprender !!!

Anónimo disse...

Em resposta ao comentario anterior esses fazem bons programas de entrevistas enquanto que esta Sofia Relvas é uma anedota. Coitada nao tem jeito nenhum.

Anónimo disse...

O comentário das 19.15 deve ser amiguinho da apresentadora. Tal como o outro. Então é assim: a menina sofia pode dar injeções em todos os amigos e familiares que quiser, mas se fosse médica não podia operar os familiares. Diz o código deontológico.Tal como se fosse jornalista não deveria fazer entrevistas a familiares ou dar emprego como os políticos fazem. A isso chama-se falta de ética. Mas a rapariga não deve saber do que se trata. Alguém que lhe explique. Já nao há paciencia.

Anónimo disse...

Apresentadora? Basta ouvir os comentários e perguntas idiotas que a "apresentadora" faz de segunda a sexta. Aquilo é a Madeira Morta com um chorrilho de vaidade e estupidez. Ridiculo. Pagam-lhe para fazer aquelas figuras tristes. É a rtp madeira no seu melhor.