terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Chefe da Tabanca


O HOMEM JÁ DEVE TER ATERRADO



Há cerca de uma hora, segundo despacho celeste, o nosso K-Chuva cruzou-se a 11 mil metros de altitude com o novel Rei da Tabanca. Segundo o próprio agente, Miguel Albuquerque voava num aparelho da Transavia em direcção à Madeira. Vinha bem disposto, embora com ar cansado.
Em plena atmosfera, desataram a formular apostas os intriguistas do costume que viajavam no avião do K-Chuva - este a caminho de Lisboa para, com a ideia de fazer figas à Direita, festejar 'in loco' a aprovação do Orçamento do Estado. Alguns passageiros diziam que Miguel vinha do Porto, outros achavam que vinha de Paris.
Tudo isto para tranquilizarmos a Tabanca. O corpo tribal pode estar descansado. O patrão do Blue Stablishment a esta hora já aterrou, pelas nossas contas. A Sissi terá uma carícia dentro de minutos. 

1 comentário:

Anónimo disse...

e o Sousa Lino...foi com ele pra k? é adjunto? Trata da bagagem? das catucheiras? porra isto é que sao tiros...