sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Azar na galáxia gastronómica 'Michelin'


INTOXICAÇÃO NA 'ROTA DAS ESTRELAS'
COM CAUSA AINDA DESCONHECIDA





Ainda não foi divulgada notícia sobre as causas da intoxicação que molestou seriamente várias pessoas que foram jantar num dos hotéis do Funchal onde acaba de ocorrer o mediático evento 'Rota das Estrelas' - no período 19-23 deste mês.
Nem as pessoas que precisaram de assistência no hospital ficaram a saber se o problema partiu do sushi ou se das vieiras ou de outro marisco qualquer. Os atingidos limitam-se a especular sobre a causa da intoxicação que reteve perto do WC durante um par de dias umas quantas famílias das que foram jantar ao 'Porto Bay' a fim de saborearem as iguarias de reputadíssimos mestres internacionais da cozinha.
A 'Rota das Estrelas' arrasta aos hotéis de várias cidades, desde há 6 anos, apreciadores ávidos de conhecer ao vivo as capacidades de chefes já galardoados com as ambicionadas e famosíssimas estrelas do Guia Michelin.
Os organizadores chamam-lhe 'festival gastronómico itinerante'. Para esta edição, foi prometida uma 'gastronomia próxima e espectacular' com 'demonstrações em show cooking'. E tudo sairia perfeito não fora um qualquer produto fora de condições vir estragar a festa e os intestinos a muitas das pessoas que não quiseram perder o acontecimento - a 120 € por entrada, segundo nos dizem.
O prestígio do certame, porém, não sofre qualquer beliscadela. Ninguém viu nada.

8 comentários:

Anónimo disse...

mínimo 140, mas um dia era 160, segundo o programa, eu não fui lá porque 140 euros dá para alimentar a minha família durante quase um mês, sem termos que andar uma semana a caminho do wc....lol

Anónimo disse...

Imagino que se o azar tivesse sido num qualquer outro hotel o Diário já tinha feito uma primeira página.

Anónimo disse...

Hahahaha, 140€, eu dava um arraial sem dar da caganeira....espetada a noite inteira.....hahahaha

Anónimo disse...

Como foi num hotel dos Ingleses tudo calado

Anónimo disse...

O Diário está a ficar pior do que o Jornal, protege quem lhe paga: é a CÂmara do Funchal e o governo regional, com os subsídios para o trail organizados pela empresa do diário, é a Câmara de Santana, à custa da publicidade do CDS no site do diário, em em tempos, enfim, resta dizer que a isenção do Diário tem preço!

Luís Oliveira disse...

O Hotel Cliff Bay é dos Trindades e Blandys. O Diário é dos Blandys. Estavam à espera de quê? Mas há mais imprensa e comunicação social nesta Ilha que até vasculhou o assunto!

Anónimo disse...

A Rota da Caganeira.

Anónimo disse...

Arrota e vê estrelas...