quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Trapalhada dentro da Trapalhada


A explicação oficial é que o ex-futuro presidente do IVBAM, Bruno Rebelo de Sousa, não tem dez anos de licenciatura, logo não vai para o cargo. 
Agora há um K-Metediço a mandar-nos a surpreendente informação, dada como certa, de que o nomeado frustrado afinal tem mesmo esse tempo de curso e muito mais.
Andam a brincar com a tropa? Afinal que está por detrás desta marcha-a-trás? Em que ficamos? Por que não pode o homem tomar posse? Por que raio a trocaram por Paula Duarte?
Lá iremos.

15 comentários:

Anónimo disse...

O K-metediço que mande cópia do diploma de licenciatura do rapaz!
Ou será apenas garganta?

Carlos Alberto Menezes disse...

Fazem-se desentendidos que no tempo do Alberto João a trapalhada foi maior?
Já se esqueceram que o protegido Francisco Gomes foi NOMEADO Director Regional e depois não tomou posse, porque não tinha 10 anos de licenciatura?
Na altura, não vi ninguém escandalizado!

Anónimo disse...

Os assessores do Governo andam a trabalhar imenso na página do Calisto. Só em visitas da malta do governo a dizer bem do governo é uma tristeza, está na altura de começarem a trabalhar.

Anónimo disse...

Na altura do Francisco nao havia fenix onde algumas pessoas "vomitam" as suas frustrações. O Bruno daria um excelente presidente, um rapaz novo, ambicioso, trabalhador e com visão.

Anónimo disse...

Pessoalmente, até acho que o IVBAM ficou melhor servido com esta opção.

Anónimo disse...

O Francisco nem tinha licenciatura, o que é pior ...
Este não sabe nada da poda, nem jeito e conversa para os viticultores e bordaduras.

Foi mais um erro de casting e arrependeram-se

HRomeu Pinto disse...

Caro anónimo das 14:07...

Falta aí uma característica muito preciosa, no mEio dessas tantas e tal como o comparsa Francisco, tem o Gene "C" (cunha) bem vincado!

Agora a sério... Como é que uma pessoa com essas características todas dá um "salto" destes?! Só um tolo engoliria tamanha patranha...

Você por acaso imagina a envergadura necessária para gerir uma Direção, um Instituto, uma Sociedade ou mesmo um SESARAM?! Não estou a falar de passeio de mãos dadas com as pessoas certas em modo beija-flor...! Falo de GERIR instituições, pessoas, futuros de pessoas e de uma Ilha inteira!
Ter os adjetivos certos na cabeça das pessoas certas é igual ao litro!

Por Amor de Deus, senhores e senhoras comentadoras, deixem-se de vir para aqui dizer tamanhas asneiras que de gente que já esteve cheia de vontade está o cemitério cheio!

Andam a brincar connosco, isso é que é ela... Mas esta "malta do (des)governo" ainda não percebeu que esta bomba-relógio vai rebentar nas mãos deles, porque o Madeirenses (não gosto de usar o termo povo porque isso denota o populismo bacoco reinante), já não "dormem na forma", nem se deitam em casas de palha.

Estas nomeações foram mais uns pagamentos de favores pós-internas, MAIS NADA!

Anónimo disse...

Andam adjuntos com muito açúcar no sangue lá para os lados da Secretaria da Inclusão. Deve ser do tempo! LOL

Miss Take disse...

Uma Saudação especial ao FN, particularmente ao Grande fotógrafo Rui Marote que se está a revelar um jornalista muito perspicaz e assertivo. Parabéns à imprensa livre da Madeira.

Anónimo disse...

Bem sr. comentador das 15:58, chamar de jornalista ao homem do chapéu é esticar-se muito. Porque se acha que pegar numa publicação do Joram e colar num clip do FN é tudo menos jornalismo. Até acho que esse tipo de informação é típico de aldeia e de conversa de café. Mas pronto cada um tem a sua opinião.

Anónimo disse...

Sr Calisto, acha que nomear vogal da proteção civil o antigo chefe de gabinete de Manuel antonio, ou colocar o trindade no parque tematico, ou a carina ferro na proteção de menores ou mesmo os filhos do rui adriano no gabinete de swcretarios, como sendo pagamento de favores pos eleicoes? Nao me parece...

Anónimo disse...

Caro Calisto, não fala da escolha do grupo parlamentar do PS, na Assembleia da República, pela correspondente do DN-M, em Lx?
Há cada jornalista com agenda...finalmente a rapariga de Gaula conseguiu um lugar de adjunta,...ops assessora, já desde 2010 que andava nesta "luta".
Mal sabe ela que o prazo de validade de Carlinhos é de 3 anos, por isso, deixo um recado à menina: vá começando a procurar um outro novo poleiro, porque não é Fofo e está completamente empenado !!!

Anónimo disse...

Entre o Bruno e a Paula. 100 vezes a paula

Anónimo disse...

Anónimo das 16:35.
Há madeirenses de primeira, e de segunda. Os primeiros têm direito a altos cargos, grandes remunerações, impunidade disciplinar, perdão de incompetências, e sempre um tacho à sua espera.
Os de segunda têm o direito de bajular os primeiros, cumprir as ordens dos chefes, manter-se calados perante a injustiça, serem vexados caso pratiquem cidadania activa, e fechar os olhos às indignidades e injustiças que a pobreza lhes obriga a engolir.

Anónimo disse...

Bajulação so quem é fraco e quer. Tem sempre alternativas entre elas o desprezo.