sexta-feira, 29 de junho de 2018

Bronca na Câmara do Funchal


Hoje é dia de Assembleia Municipal. Mas os deputados da casa deram por falta do presidente da edilidade. Constando que está outra vez fora da Região. Entendem os adversários que é fuga ao confronto político. Não é obrigado a comparecer, mas eticamente está errado. Os líderes das bancadas estão reunidos e alguns já decidiram: sem Cafofo não há plenário da assembleia.

Promete.

7 comentários:

Anónimo disse...

Calisto, ponha os K da saúde a ver o que se passa com a regularização dos precários. UMA VERGONHA!

Anónimo disse...

Também a AR devia suspender trabalhos quando deputadinhos tótós, penteadinhos passam o tempo de intervenção de colegas a brincar com os telemóveis, porque isso é verdade, não como inventar que o Presidente da CMF não estava presente por andar nas ruas do Funchal a fazer campanha....

Anónimo disse...

Foi mentir para fora

Anónimo disse...

É curioso que quando o único importante não comparecia na Asssembleia Regional alguns desses não pensavam da mesma forma.

SIA disse...

Cafofo nas ruas do Funchal? Parece que nao está na Região. Onde andará?
DO YOU KNOW?

E o vice -presidente Miguel Gouveia Acham que ficará na Madeira?
Parece que chegou da Russia.
Mas quase apostava que não lhe vão por os olhos nos proximos dias.
A resposta onde estarão vai estar os proximos Diario de Noticias

Quanto á Camara provado está que não precisa do nenhum.

Os Funchalenses a pagar.

Anónimo disse...

Das 23.29
Não problemas porque enquanto por lá andar a Rubina Lavadeira está tudo bem.
É muito bom todos os nossos políticos passarem uns tempos pela oposição sendo assim até conseguem ver coisas que durante quarenta anos nunca tinham visto.

Anónimo disse...

Vergonha ! O Prof. Mentiras a viajar com o dinheiro da Câmara para promoção pessoal em Jersey. Não tem competência para resolver nada sobre emigração e deixa o município no estado lastimoso em que está.
O Ministério Público deve investigar estas viagens pois a Câmara está a gastar dinheiro para fins e objectivos que não são da sua competência ! Este desvio e delapidação não são considerados crime ?
Demita-se já porque não foi eleito para defraudar o seu eleitorado !