segunda-feira, 18 de junho de 2018


PSD na rota de prevenção 
contra incêndios


O grupo parlamentar do PSD, através do deputado João Paulo Marques, salientou hoje que, "pela primeira vez na história, a Madeira terá um meio aéreo de combate a incêndios e que estará disponível e pronto durante aquele que é o período crítico dos incêndios, ou seja, até 15 de outubro".

"A única coisa que há a lamentar é que mais uma vez serão os madeirenses a suportar a vinda deste helicóptero para a Madeira porque sabemos perfeitamente que noutras zonas do país quem paga os meios aéreos é o Estado, mas como estamos perante a segurança das pessoas não podia o Governo Regional ficar de braços cruzados à espera que outros assumissem a responsabilidade", disse.
O deputado falava no âmbito das jornadas Temáticas do Grupo Parlamentar sobre “Proteção do Território e Segurança da População”, que tiveram início hoje com uma visita às instalações do Serviço Regional de Proteção Civil, onde se encontra o helicóptero de combate aos incêndios, o qual resulta de um investimento do Governo Regional no valor de mais um milhão de euros.
Segundo João Paulo Marques, com este investimento os madeirenses podem hoje "sentir-se mais seguros" no que diz respeito aos incêndios.
Amanhã, os deputados visitam a Torre de Vigilância do Rabaçal e o Posto do Corpo Florestal na Fonte do Bispo.
Já na quarta, serão realizadas duas visitas a corporações de Bombeiros, os Municipais de Santa Cruz e os Voluntários do Funchal. 
PSD-M

7 comentários:

Anónimo disse...

Mais a intervenção do deputado comediante, agora sobre a temática da prevenção de incêndios.
Realmente, aquela rábula que fez na ALM incendiou até a sua bancada.

Anónimo disse...

Mas que infantário!! 2 dos infantis que faltaram o respeito na ALRAM ainda são deputados? Espero que em 2019 retirem os "meninos" e coloquem pessoas crediveis e trabalhadores.

Anónimo disse...

Antes não queriam saber do helicóptero para nada. Mesmo depois do terror do grande incêndio no Funchal assobiavam para o lado insistindo que um helicóptero não era necessário na Madeira, inclusive lançavam dúvidas sobre a possibilidade de ele operar na Madeira face às condições orográficas da ilha. Foi preciso o PS trazer os helicópteros para fazer os testes no terreno e confirmar que era possível o helicóptero manobrar na nossa ilha.

Agora os mesmos que sempre quiseram descredibilizar os meios aéreos de ataque inicial aos fogos, posam agora para as fotos com o helicóptero em pano de fundo, e enchem a boca com a palavra "prevenção". É nestas alturas que dá nojo o comportamento de certos políticos.

Anónimo disse...

Bonito, nós aqui na Ilha a darmos ao serrote e o nosso Deputado Botija sempre a viajar, ontem era no Lugar de Baixo agora está na cidade e nada melhor do que ele para falar e averiguar essa coisa de avião, pois agora é só acumular milhas, dentro de uns 2 meses vai as Canarias de borla.

Anónimo disse...

Optimo isto é que aproveitar e saber gerir o tempo. A equipa da esquerda toda ela jovem com o dentinho de leite como porta-voz deve ter aproveitado e ir dar umas voltinhas de carros tecomandados cuja pista fica nas proximidades. Não esquecer levar os pirulitos e as bonecas de massa que eram tradicionais dos nossos arraias e da nossa Região.

Anónimo disse...

São todos iguais
Só se lembram de Santa Bárbara quando der trovões

Anónimo disse...

O deputado que gosta de brincar com telemóveis no serviço, tá-se q esquecer que a proteção civil é regional e sendo regional quem é que ia pagar!!??? Não fazem nada é tudo para Lisboa.... que vergonha e depois com garotos destes querem ganhar eleições...