sexta-feira, 29 de junho de 2018


Os Estudantes que se Lixem

- Viva o Sporting!


" Esta quarta partilhei com os leitores da Fênix a minha indignação por constatar que enquanto a TAP cancelava 65 vôos que fazem a vida negra a milhares ds madeirenses, o administrador Bernardo Trindade, também Madeirense, parecia preocupado com o seu Sporting. Mas não são apenas os cancelamentos a lixar o Zé Pagode. Quem pode viajar com os preços que a TAP cobra? É um salário que se adianta, e mais de metade vai à vida. Claro que se o vilão ganhasse o que o administrador Bernardo ganha para comparecer a 4 reuniões por mês, já não custava tanto. 

O Prof Mentiras é que tinha razão quando em Fevereiro de 2016 garantia que a renacionalização da TAP e o tacho ao Bernardo iam assegurar os interesses dos madeirenses, quer vivessem na Região ou na diáspora. "

Madeirense Justo






8 comentários:

Anónimo disse...

Ele viaja de borla,tal como o Cafofo. O Trindade vem à Madeira quando o Sporting joga nos barreiros.

Anónimo disse...

Os Madeirenses deviam ir pedir os dinheiro da multa da ETAR ao Cafofo e ao Trindade. Aquilo já podia estar pronto mas o Cafofo não quer prejudicar o Hotel do Trindade. Só esquemas.

Anónimo disse...

O Prof. Mentiras não foi a Lisboa dar um murro que ia resolver isto? Ou foi ver a menina?

Anónimo disse...

Com esta do Sporting mostrou que além de incompetente, é irracional.
Ainda ontem na CMTV a jornalista "gozava" com a atitude deste senhor(tachista) que até dizia ser Economista e professor universitário (LOL), de andar de cartaz no ar na fila para votar na AG do dia 23.

Anónimo disse...

Isto mostra bem a natureza de certos socialistas que andam de braço dado com o Cafofo populista. Muita parra e pouca uva!.......

Anónimo disse...

Qual o problema ?
Os estudantes são todos do Sporting.

sia disse...

Alguem sabe responder quantos milhoes, vou repetir QUANTOS MILHOES, custa mudar para o Lazareto a ETAR do Funchal para não prejudicar o hotel do pai do menino?

Uma sugestão. Comprem o hotel com o dinheiro da ETAR e transformem o hotel em lar para a 3ª idade.
Resolviam o problema da saude, libertando camas dos hospitais, e aumentando as cirurgias que não são feitas porque as camas estão ocupadas com altas clinicas.

Anónimo disse...

anonimo das 9:49 o menino está na Madeira