segunda-feira, 11 de junho de 2018

Dúvidas no ar




QUEM PAGA OS ESTADOS GERAIS DO P'S'? 
QUANTOS COORDENADORES 
ESCOLHEU O LÍDER?


Veja as respostas mais abaixo, mas é para ler sem rir


Duas das perguntas mais insistentes que os Leitores andam a fazer ao Fénix do Atlântico nas últimas horas são:
1 - Onde é que o P'S'-Madeira vai buscar dinheiro para pagar aqueles estados gerais, aliás coloniais, de 5 estrelas?
2 - Quantos coordenadores dos ditos estados foram indicados pelo líder 'socialista' Emanuel Câmara?

1 - Primeiro caso: não se preocupem os militantes daquele agrupamento porque da Praça Amarela não saiu nem sairá nenhum cêntimo para pagar o aluguer das salas no hotel do Pestana, nem as viagens, estada e alimentação das vedetas ministeriais que vieram dar aulas aos empertigados caviares de cá, nem sequer os caríssimos apoios logísticos. 

Ora, se não é o partido a pagar a dolorosa, não é preciso ser um mestre em contas como o Miguel Gouveia para se descobrir a origem do dinheiro. Nós aqui sabemos, mas não queremos estragar o trabalho que certamente o Tribunal de Contas anda a fazer para deslindar o caso - tal como averigua exaustivamente as contas obscuras de certas entidades oficiais, sustentadas por nós, na sua propaganda político-eleitoral. Vamos explicar quem não paga: o P'S'-Madeira, que está teso como um carapau, e o PS nacional, ainda em pior estado financeiro. Então quem...?
Nan, nan, nan, os Leitores é que estão a pensar em autarquias corruptas; aqui não estamos a dizer uma palavra desse jaez. Só dizemos que aquele arranque dos estados coloniais, no sábado, custou a brincadeira de umas dezenas de milhares de euros. 
Também sentimos o desfalque no bolso.

2 - Nenhum. Emanuel Câmara não teve direito a indicar nenhum coordenador dos 10 grupos que um dia formarão o ministério regional, com o regedor do Campanário à frente. Como é que o líder do Partido 'Socialista' podia indicar quem quer que fosse quando ele mesmo só conheceu os coordenadores pelo diário? Por mais importante que seja um líder, ele não tem o poder de adivinhação nem de intervenção. Mais: hoje por hoje, um líder 'socialista' é para liderar, não é para intervir, e muito menos mandar. Naquele P'S' de 7 cabeças, é assim, ou já se esqueceram?
Claro que as coisas ainda não estão afinadas, não estão au point. Emanuel preferia saber dentro do partido ou do consulado lisboeta na Praça do Município, e não pelo diário, os nomes daqueles que vão mandar nele. Então, a discussão que por causa disso rebentou com Iglésias faiscou mesmo. As coisas são como são. Nem sequer à J'S' foi dada uma coordenação, mesmo que pequenina, e isso também fez a espiga germinar. É uma área que diz muito ao Emanuel Câmara, cidadão e chefe de família.
Ainda aqui vamos. Quando o Mayor aspirante a governador e o cônsul de Lisboa tiverem as avezinhas na mão...

De resto, a movimentação geringonceira caminha normalmente rumo a 2019. O saco de gatos da Praça Amarela recebeu reforços de garras afiadas e a coisa vai animar - dentro e fora da banda. Neste momento, há uma corrida às tosquias entre o super-líder do P'S', Paulo Cafofo, e o novo Meio-Chefe das Angústias. Sábado que vem, o comício é no Pico do Prado, com Cremallheira das Lombas no papel de cabeça-de-cartaz e apoio, entre vários órgãos autárquicos, cão e gato, dos verdinhos da câmara de Santa Cruz/JPP. Afinal, andam pr'aí a falar de umas sondagens que levam uma pessoa a pensar no lugarzinho lá em baixo na casa de loucos, que tanto custou a conquistar.
Há dias, Cafofo, no quadro do seu lançamento para governar a Tabanca, dizia nas tosquias ocidentais: isto não vai com patinhas de porco nem com cheques. E é verdade: isto vai é com ensopado de carneiro e dinheiros do povo faminto para jornais e hotéis de 5 estrelas. Isto daqui lá!...

16 comentários:

Anónimo disse...

Rir? Isto é para chorar. Tanto dinheiro gasto com gente sem o mínimo de credibilidade e competência. Uma vergonha!

Anónimo disse...

Quem pagou não sei e não me compete investigar, agora que foi um carro azul da CMF qua andou no sábado a transportar os organizadores (Iglesias e outro) para o casino isso eu vi. Até vi esse carro azul subir a rua carvalho de araujo em direção ao Pestana Carlton em contra mão.
quanto ao Presidente do PS. madeira é só um presidente honorário ou benemérito. Quem manda é o Iglesias. E a vontade no interior desse partido era afastar JÁ o Emanuel Camara, o problema é que o timing não é oportuno, mas o dia dele há-de chegar!

Anónimo disse...

Delicioso!
A coisa promete!

Anónimo disse...

Um carro azul?
Não, não era da CMF. Era do amigo de Bruno de Carvalho, que foi à academia de Alcochete buscar os jagunços!

Anónimo disse...

Os vilões que vêm aí vêm com mais fome que os vilões do PSD.

Anónimo disse...

Alguém falou em tribunal de contas? E o ministério público?

Anónimo disse...

Ouvi de fonte segura que o Emanuel Câmara e o Miguel Iglesias andaram já aos empurrões, só não chegaram a vias de facto porque alguém se meteu pelo meio

Anónimo disse...

Ò raios, então ainda não chegou 2019 e já têm os mesmos vícios do PSD?

Anónimo disse...

O Emanuel é um tolo, mas não gosta da figura de urso que está a fazer. E o Olavo também não.
Por isso não admira que andem acicatados.
Depois das derrotas de 2019, europeias, legislativas nacionais e regionais, é que vai ser do bom e do bonito.

Anónimo disse...

3.07
Cartão Vermelho para os dois. Já.

Anónimo disse...

O Emanuel se tivesse dignidade dava um murro na mesa e demitia-se visto que ele não pesca nada dentro do partido pois quem põe e dispõe no saco de gatos que é o ps madeira é o delegado do Costa, ou seja, o Iglesias...

Anónimo disse...

Viva jpp

Anónimo disse...

É o que diz o povo. Se estes são iguais ao ppd, então mais vale votar no ppd .

Anónimo disse...

Empurrões?
Cá nada! Foi o enxofre do Norte, que tropeçou no tapete!

Anónimo disse...

Não vai é haver tacho para tanta gente rosa!

Anónimo disse...

Quando foi preciso escolher um boneco para fingir de líder, sem ideias ou preparação, o Iglesias tinha duas escolhas. O Emanuel ou, o Avelino da Conceição. Entre os dois, escolheu o Emanuel. Sempre era presidente de câmara e, como tem dois filhos a precisar de tacho, ficaria mais controlável.
O problema é que a billha tanto vai à fonte, que um dia se parte.
E, para o Emanuel continuar a engolir sapos todos os dias, devem ter sido prometidos bons tachos à prole, e, um lugar de deputado garantido para si próprio em 2019.