sexta-feira, 1 de junho de 2018


CORRUPÇÃO DE VALORES

OS NEGÓCIOS DAS PEDREIRAS TUDO CONSEGUEM



Na iniciativa da CDU, hoje, na Ribeira da Fundoa, no Concelho do Funchal, o Coordenador Regional, Edgar Silva denunciou o facto de as pedreiras e britadeiras, através da ocupação das zonas de cheia, constituírem uma gravíssima ameaça para a segurança de pessoas e bens. Para além das agressões ambientais e à paisagem, «o que está a acontecer na zona da Fundoa, nas margens da ribeira, é um processo que atenta contra a segurança da cidade do Funchal. 

Trata-se de uma corrupção de valores. Os negociantes das pedreiras e britadeiras abafam todos os deveres da governação quanto àquela que deveria ser a obrigatória defesa dos valores ecologistas no desenvolvimento local e regional».
Nesta iniciativa da CDU foram colocadas responsabilidades diretas, quer da Câmara do Funchal, quer do Governo Regional, na promoção dos negócios das pedreiras e das britadeiras, na Ribeira da Fundoa, que atentam contra o ambiente e contra a segurança de pessoas e bens na cidade do Funchal.

Pl’o Gabinete de Imprensa da CDU
Funchal, 01 de junho de 2018

1 comentário:

Anónimo disse...

Chegam tarde
O alfadesvias e outros até já nem precisam das pedreiras.
Fazem chichi nas serras, as ribeiras enchem e eles depois vão lá fazer a colheita da pedra.
Vejam o que se passa na serra D`ÁGUA, RIBEIRA DA PONTA DO SOL, MADALENA ETC.
É o negócio do século
Força Dr. Edgar