sexta-feira, 18 de maio de 2018


BE apoia luta dos enfermeiros

O Bloco de Esquerda solidariza-se com a luta dos enfermeiros pela dignificação da sua profissão e pelo reforço do investimento público no sector, nomeadamente pela contratação de mais profissionais que fazem muita falta.
O BE saúda todos os presentes nos protestos previstos para esta sexta-feira e sábado e associa-se aos mesmos.
Não é compreensível que se protele as respostas às reivindicações dos enfermeiros e se anuncie reforço de verbas para o desporto profissional ou para as casas do Povo fazerem propaganda a favor do Governo. 
No plano nacional também não se compreende a escassez de verbas para a saúde que contrasta com a disponibilidade permanente de verbas para cobrir os buracos na banca.
BE

5 comentários:

Anónimo disse...

Mas qual é a luta que o BE não apoia? Espera! A do CINM...

Anónimo disse...

Então e a restante função pública? Não há ninguém solidário com a notícia enganadora da aprovação dos 25 dias de férias num jornal mas, que noutro é afinal uma medida para o ano que vem? E o descongelamento das carreiras e reposição dos funcionários da DRC que continuam sem informação ou a usufruir das alterações previstas na Lei do OE 2018!? Sejam oposição à séria!

Anónimo disse...

25 dias de férias para a função pública, claro, é já este ano na Madeira.

Anónimo disse...

Mas o que estes tristes apoiam, sao uma apendica do mentiras do largo do colégio e do colonialista costa. Escondam-se, apoios desses toda gente deve dispensar, é voltar a sermos caseiros

Anónimo disse...

E a luta dos professores, também apoiam, não ?
É preciso é apoiar lutas.
Eu apoio a luta dos que não querem que os deputados recebam aquilo que não lhes é devido. Apoio a luta contra os chico-espertos.
Já agora, o senhor do BE já sabe em que instituições vai doar o que falta, dos subsídios de mobilidade que recebeu sem pagar a viagem ?