quarta-feira, 21 de junho de 2017

A merecer uma 'acção popular'


Violação do Plano de Urbanização do Amparo 
para Construção de Hospital Privado 
para Ricos





Ana Sofia Fernandes

A Construção  do Hospital Privado do Funchal, licenciado pela Câmara Municipal do Funchal,  viola directamente o Plano de Urbanização do Amparo no que diz respeito à Rede Viária Artigo 40.º do regulamento do Plano de Urbanização do Amparo, bem como no que diz respeito às plantas publicadas no Diário da República, 2.ª série — N.º 186 — 25 de Setembro de 2008, pagina 40445.

O que se está a passar é grave, violar um Plano de Urbanização é o mesmo que violar um PDM, os instrumentos de gestão territorial uma vez que são publicados em diário da republica e entram em vigor não podem ser violados, a não ser que sejam legalmente alterados, o que não foi o caso. Trata-se de uma violação direta ao Plano e merece sem dúvida uma acção popular! 
É preciso apurar o posicionamento da Junta de Freguesia de São Martinho relativamente a esta violação, bem como qual a justificação do vereador responsável pelo pelouro do Urbanismo da CMF. Realce-se ainda que pelo Regime Jurídico de Urbanização e Edificação, artigo 68º, são consideradas nulas as licenças que violem planos municipais em vigor. Violar um plano urbanístico em vigor para construir um hospital privado para ricos é algo que o atual executivo da Mudança deve desde já explicar ao povo Funchalense, o resto deverá ser da competência das autoridades. 
Pela planta em anexo, estava definido  uma bifurcação do troço poente da rua da Bolívia, que simplesmente desapareceu para viabilizar um hospital privado para Ricos!

37 comentários:

Anónimo disse...

Bonito serviço. E onde andou a oposição?
Ministério público já com eles, e perda de mandatos para estes meninos.
É o que da a violacao de um plano.

Anónimo disse...

#Cafodozero é a atitude dominante! Cafofo forte com os fracos e fraco com os fortes. Merecem toda a desconfiança

Anónimo disse...

Quem está por trás deste hospital particular?
Será gente do partido do Cafofo?
Adivinhem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Isto é uma Caldeira......da.

Anónimo disse...

Por mim podem começar a demolir.

Se passarem a demolir alguns mamarrachos que nunca deviam ter nascido, talvez aprendam!

Anónimo disse...

Cafofo só defende os poderoso. Foi o Savoy do AFA é o hospital dos ricos, são os negócios dos bares do Sousa.

Anónimo disse...

Quem é o proprietário da obra?
Qual a empresa que está a efectuar a dita obra?
Bem ser for afavias ou tecnovia esqueçam,nada a fazer, essas podem fazer tudo e mais alguma coisa,seja da câmara ou governo,logo servem dois partidos, tá-se bem.
Vejam que está vê fazer a obra e quem é o dono?

Anónimo disse...

Qualquer pessoa pode ir ao Procurador do MP junto do Tribunal Administrativo e fazer queixa. Se tiver sorte com o magistrado, senão é encher chouriços.

Anónimo disse...

Violar o PDM é grave? Só se for na herdade Cafoniana pois em S. Vicente é moda e até dá direito a votos.

Anónimo disse...

O que nos faltava agora era arranjarem problemas com o hospital privado por causa duma virgula que foi violada. O hospital público é o que se sabe, o privado logo veremos. A vossa vidinha não vos chega?

Anónimo disse...

Hospital privado para ricos??? Os ricos metem as cunhas todas para terem o melhor dos hospitais públicos. Esta campanha renovadinha já enoja porque não perguntam a secretaria regional da saúde se está contra o projecto?? Ou não foi o psd de passos coelho/ Paulo portas que fez o maior ataque ao SNS? Estes renovsdinhos andam desesperados lololl

Anónimo disse...

Estes renovsdinhos são cómicos mesmo andaram 20 anos na câmara a dar cabo da planificacao urbanística e vem para aqui agora quais donzelas ofendidas por em causa um projecto que eles próprios apoiaram. Já se esqueceram do apoio que o Manuel Brito deu ao projecto? Tenham memória e vergonha na cara se sabem o que isso é. Desespero a quanto obrigas

Anónimo disse...

Será que o cafofo tem alguma quinta para vender aos donos do hospital privado para safar dívidas?? Ahahah renovadinhos tristes

Anónimo disse...

Não quiseram fazer nos terrenos da Prebel conforme o Gil Canha queria e tinha interesses... agora que se lixem!!

Anónimo disse...

Bom, se foi violada, que rica violação, foi por uma boa causa.
Nos Hospitais Públicos morre-se por Falta de Medicamentos, queria já para ONTEM a inauguração deste Hospital Privado.
Deixem-se de tontices que a vida humana é mais importante do que tudo.
Para estes ultrapassados, velhos do Restelo que queriam ter a Madeira numa terra sua e de indígenas ao seu dispor, para eles a Madeira e o Funchal teria de ser tudo Casinhas de 2 andares, mais nada. Cafofo salve-nos, tem o meu voto e da maioria da juventude que não se revê nestes dogmas antigos que querem que a Madeira continue numa terra de 3 Mundo.

Anónimo disse...

Afinal o PS pagou para usar o mercado ao contrário do que diz o grande escriba gilinho! E agora? E que se retire da corrida e deixe de fazer triste figura!

Anónimo disse...

comentador das 0644 , a hora a que os mentirosos acordam , pagou sim senhor depois de obrigados , em que dia entrou o cheque na camara ?
Metam o processo por difamação e vamos ver os pormenores.

Anónimo disse...

Esta obra não é de um tio do sr. Presidente da Junta de Freguesia de São Martinho? Perguntar não ofende! Aqui está explicado a violação. O problema é que o MP que tem o dever de nos representar e defender está a dormir na mamadeira há muitos anos! Por isso é que aparecem vários mamarrachos!

Anónimo disse...

O PS pagou depois do srº vereador Gil Canha obrigar a esse pagamento, que lhe custou a expulsão! Esta camarilha cafofiana, ainda pensa que engana as pessoas informadas? Enganam aos broquilhas, matarruanos e brogessos, mas apenas a esses!

Anónimo disse...

Esta tralha cafofiana, com este frete do DN, só veio confirmar as razões porque expulsaram o srº dr. Gil Canha! Como ele não fez o frete ao PS, e obrigou ao pagamento da utilização do mercado, a vingança foi a expulsão! Mas em outubro os eleitores esclarecidos vão saber dar a resposta a esta "pulhice"!

Anónimo disse...

Hospital para ricos ?
Até pode ser, mas cada vez mais são os madeirenses que não são ricos, a irem a Lisboa para consultas, exames e tratamentos.
Muito mais barato. Então se tiverem ADSE ou algum outro tipo de sistema como os SAMS e outros, dá para pagar viagem, estadia e com sorte ainda sobra dinheiro.
Comparativamente ao privado na Madeira, é muitíssimo mais barato em Lisboa.
Falo por experiência própria.

Anónimo disse...

O das 01.11, o que é que andas fumando ?

Anónimo disse...

Ao comentador das 6:44. Eu li neste blogue um artigo do Gil Canha onde ele diz que o PS acabou por entregar o dinheiro como ele exigiu. Mas o resultado dele não alinhar com esquema de corrupção, o Cafofo retirou-lhe os pelouros e mandou-lhe para as oficinas... foi isso que li.

Anónimo disse...

é que ao contrário dos tachistas e marmanjos que nada fazem, como o comentador das 08:30, há quem tenha de ir trabalhar e acorde cedo!... só sei que está confirmado que o PS pagou, seja a más horas ou não, pagou o que era devido e para benefício dos funchalenses. embrulhem

Anónimo disse...

Renovadinhos afinal tb queriam o hospital privado na Prebel de Gil Canha? Nem novo hospital publico, nas propriedades desse oportunista!!

Anónimo disse...

é verdade que o Ecran que montaram em São Martinho tem sido um grande fracasso dizem que ontem tinha 20 pessoas grande parte funcionários da Junta

Anónimo disse...

Nao se percebe nada da politica destes sujeitos, mudam à revelia o plano do amparo para um hospital privado, mas nao mudam o plano do savoy para evitar o mamarracho?! ninguem investiga?

Anónimo disse...

Anónimo das 11.32, o terreno da PREBEL foi herdado dos meus pais, é meu e de mais umas pessoas, o Gil Canha não é dono nem dum milímetro. Seus palhaços matarruanos! Como vocês andam sempre a espalhar mentiras, provem seus palhaços!

Anónimo disse...

PSD e PS do PSD-b Carlos Pereira estão metidos nisto.

Anónimo disse...

Explanaras do golden ocupam mais espaço ficando à frente. Da agência de viagens e da porta da secretaria da agricultura. Câmara autoriza área de passagem . Vergonhoso

Anónimo disse...

Outra história mal contada.Difamar não custa o pior é o resto.

Anónimo disse...

A violacão do plano de urbanização é o menor dos crimes do governo e ou da autarquia. O que è mesmo chocante , grave e uma violação dos direitos dos madeirenses, é a destruição do serviço público de saúde . Como explicar o apoio sob todas as formas aos intresses privados que apenas visam o lucro ,. Jà reparam que nada de bom nem nada de inovador no SESARAM foi feito durante o governo de Albuquerque. excepto aquelade mandar as pessoas subirem pelas escadas para queimar calorias... Por desvendar ficam os pré acordos com o peixe graúdo da saüde nacional, um tal de tubarão ou bacalhau, de maneira a rentabikizar o seu investimento neste pequeno mercado. Preocupa nos os partidos do centro e da esquerda não denunciatem estas negociatas que tanto vão afectar a saúde e os bolsos dos madeirenses. Onde estão os sociais democratas, os socialistas, os comunistas... Que vergonha!

Anónimo disse...

Mete-te no avião e vai a Lisboa.

Anónimo disse...

Quem licenciou o Savoy? Não é quem diz, erro completo. O "lambebotismo" é interessante...
Está no adn

Anónimo disse...

Este povo vai ser as batatas a murro do Bacalhau que vem aí. Foram avisados, agora amanhem-se com as espinhas.

Anónimo disse...

tenho inveja de tudo o que é privado e parece que não sou o único nesta terra

Anónimo disse...

É que no privado não vai haver borlas para as cunhas da quinta vigia ali paga e não bufa

Anónimo disse...

Depois do Savoy, do hotel do Pestana sem estacionamento, veio este imbróglio. Este Cafofo saíu-me cá um artista!Pode vir a Violante limpar o r... deste tipo que não voto mais nele.