sexta-feira, 16 de junho de 2017

A procura dos cacifos do Cafôfo


21 comentários:

Anónimo disse...

Perante este cenário desolador, permita-me sr. Fénix, alertar-lhe que o que faltou foi resolver um grave problema que aumenta de dia para dia e não se prende com a existência de cacifos mas sim com a INCLUSÃO ou, se quiser uma cada vez maior exclusão de cidadãos. E olhe que isso nada tem a ver com a CMF. Pense lá, de forma isenta, se não é assim.
Não deixa de ser algo muito triste e com o qual você não devia brincar. E digo-lhe isto sem qualquer "partidarite".

Anónimo disse...

E a procura da senhora secretária regional da inclusão dra Rubina não??? É que isto é mais assunto daquela secretaria do governo ou não? Ou agora o governo e na CMF?

Anónimo disse...

Se não era assunto camarário, porque é que o Sr Cafofo (neto) se meteu no mesmo, fazendo propaganda com cacifos amarelos? Passaremos aos submarinos amarelos e a outros cemitérios psicadélicos?

Anónimo disse...

Bom bom é um presidente de Câmara inventar que se preocupa com os mais desprotegidos e vulneráveis inventando uma história de cacifos.
Pena Paulo Cafôfo não ter inventado um projeto socialmente integrado.
Se não era para fazer certo, o melhor é que não fizesse nada.
Os cacifos são uma vergonha e em nada dignificam as pessoas que se encontram neste estado. Aproveitar-se politicamente dos sem-abrigos lhes atirando umas migalhas foi gozar com estas pessoas e com toda a população.

Anónimo disse...

depois da foto no FN de um coitado de rabo amostra venho aqui e vejo outro com o rabo a mostra

Luís Calisto disse...

Comentador das 18.14
Não me pareceu o mesmo, acho que a vítima social está com ceroulas. Mas se os Leitores acharem que estou a ver mal, e porque aqui somos contra imagens de mau gosto, a peça é retirada.

Anónimo disse...

Chama-se Miséria Humana e, quem fizer uso destas pessoas para fins eleitoralistas, está a cometer um erro que lhes vai custar muitos votos! Quer o Governo quer a Câmara, ajudem mas é estas pessoas, primeiro com a sua retirada da via pública e com o devido acompanhamento clínico/psiquiátrico e, acomodação! Mobilizar as equipas com técnicos sociais, psicólogas que estão nas secretárias a coçar a micose, levar o rabo dessa gente e ajudar quem precisa de ajuda!!!

Anónimo disse...

A senhora secretaria da inclusão não está muito preocupada c isto porque estes não dão votos nem pagam férias no Porto santo...só se adornou c a acção da sopa do cardoso p vir dizer k tirou 30 da rua mas ficaram 50 um pouco do betao da ribeira dava p os outros 50 haja vergonha

Anónimo disse...

Realmente isto é uma vergonha que está a ocorrer durante o mandato do Miguel Albuquerque em que a sua Secretária da Inclusão que é a responsavel por este setor e agora candidata a Camara não faz o seu trabalho e deixa que a vida de um SER HUMANO esteja nestas condições.
Ainda bem que o Sr Cafofo embora não seja nada a ver com a Camara procura atenuar estas desgraças humanas.
Muitos votos esta dita Secretária vai perder com a esta atitude e com estas cenas na via pública.
Haja ajuda e não procure o show-off pelo seu ser semelhante.

Anónimo disse...

O Sem Abrigo da Câmara também ficou assim prostrado, quando o Cafofo explicou as razões mentirosas para a não comparência do responsável pela protecção civil da autarquia no combate aos incêndios do ano passado.

Anónimo disse...

MAU ...PÉSSIMO gosto são os cacifos serem AMARELOS ... se fossem CINZENTOS seriam mais discretos... salvo se pretendem chamar a atenção de todos (incluindo turistas!!!) da existência dos sem-abrigo o que é execrável !!!

Anónimo disse...

Ó Calisto, você tem que fazer um up-grade nos óculos de ver ao perto.
O homem está com as calças arreadas e de rabo à mostra.

Luís Calisto disse...

Ó das 10.58
Não uso óculos de ver ao perto, vejo muito bem. Olhando para ali com a vista e não com a imaginação, parece-me que o homem está de ceroulas por baixo das calças arriadas. Não me preocupei em averiguar o pormenor à lupa.

Anónimo disse...

A posição prostrada do Sem Abrigo simboliza a Câmara de Cafofo após o ataque do Canha; abandonada, desleixada, na miséria sem saber como, e pouco se importando com a sua vida e dos seus munícipes. Até o sorriso pepsodente esta virado para o passeio.

Anónimo disse...

Não sei não Calisto. Não usei lupa, mas ou é você ou sou eu a precisar de lentes de aumento.

Luís Calisto disse...

Tem razão, um de nós está a ver mal. Admitindo que sou eu, embora leia facilmente sem óculos as letras minúsculas dos contratos, e porque a idade pesa, vou tratar de uma consulta no Alberto.

Anónimo disse...

Eu confesso que sem os óculos já tenho que esticar bem os braços para ler as letras pequeninas.
Às tantas preciso de aumentar o grau. É da idade !

Anónimo disse...

Autentica vergonha a que chegou a Saúde e a Inclusão Social da dita Candidata Leal.
Isto é o postal da Madeira atual e do seu Governo do Miguel Albuquerque/PSD.

Anónimo disse...

E o secretário da saúde diz que estamos a caminho da normalização e aquilo tá um caos imagine se se dissesse que estávamos a caminho do caos enfim uma loucura triste

Anónimo disse...

Mais de 40 anos do PSD no poder e vemos cada vez mais excluidos na sociedade, afinal este problema deveria ser resolvido por Rubina Leal, como membro do GR. Afinal as autarquias podem muito pouco fazer sobre este problema e onde andam as muitas instituiçoes de solidariedade social? Todos mantem-se distantes do povo, dps mais pobres e necessitados, a falta de abrigos para os mesmos, acompanhamento social que o GR deveria preocupar-se, mas um desgoverno insensivel, arrogante, prepotento, cego, que constantemente diz que tudo anda bem na Madeira, destas pessoas o povo nada pode esperar!! A ultima do Secret. da Saude que no Sesaram tudo anda bem e que as noticias do DN nao correspondem a verdade...diz tudo sobre este deagoverno!! Este pobre desgraçado deitado ao sol e ninguem fez nada, afinal estava muito proximo da ALM, srs. Deputados do PSD, JPMarques, Prada, e afins, incluindo o Presidente da ALM, arrogantes de fato e gravata, continuam cegos perante este e outros casos, estes pobres nem votam, por isso se os vissem ponham ainda os pezinhos em cima. Com os seus chorudos rendimentos o que fazem? ZERO

Anónimo disse...

É o postal dos cacifos, porque os cacifos não dão abrigo a ninguém!
Medidas patéticas desse Cafofo!