terça-feira, 13 de junho de 2017

Passadiços e polícias municipais...



Colchões de Dentro do Toucado

Chaves na mão, melena desgrenhada,
Batendo o pé na casa, a mãe ordena
Que o furtado colchão, fofo e de pena,
A filha o ponha ali ou a criada.

A filha, moça esbelta e aperaltada,
Lhe diz coa doce voz que o ar serena:
- «Sumiu-se-lhe um colchão? É forte pena;
Olhe não fique a casa arruinada...»


- «Tu respondes assim? Tu zombas disto?
Tu cuidas que, por ter pai embarcado,
Já a mãe não tem mãos?» E, dizendo isto,

Arremete-lhe à cara e ao penteado.
Eis senão quando (caso nunca visto!)
Sai-lhe o colchão de dentro do toucado!...

 Nicolau Tolentino de Almeida (poeta satírico do século XVIII)


Câmara Municipal do Funchal (século XXI)

O Presidente da Câmara Paulo Cafofo é acusado por um antigo vereador eleito na sua lista, de corrupção. Supostamente, os funchalenses aguardariam ansiosos por uma resposta.
Eis senão quando, do imenso postiço montado pelo presidente da câmara municipal, acossado por esta e outras acusações diversas, saltam duas respostas aptas a resolver todos os problemas do Funchal: a polícia municipal e um passadiço na Praia Formosa!
A polícia municipal que o presidente foi diligentemente pedir ao Terreiro do Paço, em Lisboa, deverá acabar com as questões de absoluta falta de planeamento e liderança que são evidentes: nada como uma presença musculada para calar os renitentes que reclamam mais limpeza, melhor ordenamento, mais celeridade nas respostas às inquietações dos funchalenses. Por este andar, para além de ter polícias aos pares pelo Funchal, cada qual com sua farda, vamos passar a eleger um xerife em vez do presidente da câmara… Depois, quando um estranho fizer confusão, dispara-se primeiro e pergunta-se depois, porque é a lei do faroeste.
O passadiço na Praia Formosa vai resolver a questão do acesso à maior zona balnear gratuita do Funchal: já que não há estacionamento, vão a pé desde o Lido. Por uma passadeira novinha em folha.
No dia de ontem parece que mais nada aconteceu que mereça a atenção do senhor presidente.


João Barreto

22 comentários:

Anónimo disse...

O Presidente da Câmara faz muito bem em ignorar difamações. A Polícia Municipal e o passadiço, porque não? O povo com quem falei, gostou.

Anónimo disse...

Difamações? Faça-nos cócegas para nos rirmos....hehehe.
Va ler as atas da altura, e depois venha comentar e diga que são difamações. Ficamos a aguardar ...

Anónimo disse...

A Polícia Municipal é mais um antro onde meter amigos do peito.

Anónimo disse...

Neste caso o Cafofo fez bem. Infelizmente o Gil Canha já perdeu o tino e anda obcecado. Campanha em que só diz mal e pasme-se agora até diz preferir o AJJ mesmo tendo afirmado que capangas deste último o perseguiram, queimaram património, etc.
Talvez uma consulta ao psiquiatra resolva esta obsessão doentia.
Não cobrar 3000€ pelo uso do mercado é efectivamente mau e errado mas existem corrupções muito maiores e problemas muito mais graves que isto...
Soluções e pessoas competentes e credíveis precisam-se!!!

Anónimo disse...

Estes escribas que mandam textos para o fênix querendo fazer se passar por cidadãos anónimos indignados c a gestão do cafofo ainda não perceberam que toda a gente já percebeu que são agentes arregimentados pelos renovadinhos militantes do psd e apoiantes da Leal? Não era mais sensato assumir o que são em vez de vir pra aqui tentar ludibriar as pessoas. É que os leitores do fênix não são tontos haja paciência. Até porque o conteúdo regra geral é uma chachada. Vai virar se o feitiço contra o feiticeiro é o qye acontece sempre quando não se tem ideias alternativas mas só mal dizer do caixote de lixo do derrame de água e outras tontices que tais aguardemos serenamente o psd nunca teve tão má qualidade como agora

Anónimo disse...

É um mero empregado do costa, os madeirenses vão po lo andar, não vão querer cubanos a espezenhar, o careca quer uma autêntica ditadura com policia e tudo, livrem se dele

SIA disse...

muito bem anonimo das 22.41 Disse ANONIMO' AH é que vem criticar os anonimos.

Anónimo disse...

Não tenho partido e não pretendo nunca ficar preso a um, mas se o Presidente da Câmara acha que engana os Funchalenses com passadiços e policinhas municipais está mal enganado. Enganem-se se acham que a corrupção que o Canha falava era apenas dos 3.000€ do mercado. Muito mais está para vir. Por isso está caladinho que nem um rato e manda os totos dos companheiros responderem! Tem pai que é cego!!!

Anónimo disse...

incrivel, policia municipal para que? ja ha fiscais na camara, guardas noturnos, a policia normal, montes de operaçoes stop, e agora mais uma policia? mas nos de repente viramos Brasil? Por favor olhem para o Funchal, não se passa nada, é um cidade pequena e pacata, de gente maioritariamente ordeira, mas esta gente anda a tomar algum alucinogéno? ja os cacifos é a mesma historia...Cafofo de repente pensa que esta numa grande metropole tipo lisboa ou são paulo,ou quicá cidade do mexico, menos sr presidente, muito menos, estamos ainda no Funchal Certo?

João Barreto disse...

Poderia até dar-se o caso de ter alguma razão o senhor anónimo, não fosse o pormenor deste escriba assinar por baixo.

Anónimo disse...

As difamações,a demagogia barata e a baixa política é uma mistura que já enjoa muito povo.

Anónimo disse...

Cafofo é a personificação da cobardia.
A menos que Gil Canha esteja a dizer a verdade, e Cafofo seja efectivamente um corrupto.
Aí percebe-se porque não o processa.

Anónimo disse...

Esse passadiço não vai resolver nada. O problema é que a promenade que vem do Lido não tem continuidade para a promenade que vai para Câmara de Lobos. Quem chega a meio da praia encontra ali um muro de um privado que impede a continuação do percurso pedonal ao longo da Praia Formosa. Por isso é que vão meter um passadiço com tábuas em cima do calhau da praia, para contornar esse terreno. Mas isso não vai resolver nada porque o mar está constantemente a revirar o calhau, mesmo no Verão. O problema é esse terreno privado que está no meio da praia que impede aquilo que seria lógico, que era as duas promenades estarem ligadas ao longo de toda a praia. Os privados não estão a ser obrigados a respeitar a faixa de 50 m junto à praia que é do domínio público marítimo.

Essa faixa de 50 m não é respeitada também na zona onde havia um estacionamento público na ponta oeste da praia que se encontra agora bloqueado com barreiras de betão. Por isso agora há na Praia Formosa uma grande falta de estacionamento. Esse passadiço não vai resolver nada. Será que querem que as pessoas deixem o carro lá para cima para o Lido e que vão a pé até à Praia Formosa com tralhas e crianças e tudo?

Anónimo disse...

Ó das 11.04, você ainda não percebeu a questão, na discussão que houve por aqui, há uns tempos atrás ?
É expropriar. É expropriar invocando, e bem, interesse público.

Anónimo disse...

Um passadiço pousado na praia? O mar vai rebentar esse passadiço num piscar de olhos. Vai haver alturas com ondas grandes em que nem vai ser seguro lá passar. Porque é que não fazem o dono do terreno ceder uma faixa para que o passeio continue pela parte de cima do muro? Ele não tem que ceder serventia junto ao mar?

Querem mais policia para controlar o povinho mas esses capitalistas e grandes proprietários continuam a fazer o que querem sem que ninguém os fiscalize e os ponha na linha.

Anónimo disse...

Senhores não gastem o vosso Latim, o povo é burro, gosta de levar nas orelhas e depois de levarem no pacote com o Jardim, vão levar com o Cafofo... é bem feito!

Anónimo disse...

O que não muda em nada o conteúdo do meu comentário

Anónimo disse...

E Gil Canha quando era vereador branqueou tudo o que o PSD fez, a sua entrevista deixa muito a desejar, afinal o que relata sempre houve nas autarquias depois de 1976, sempre houve luvas e favores....

Anónimo disse...

Há dias li num dos jornais que o movimento funchal forte encabeçado pelo seu general tinha ido fazer uma visita ao Centro Saúde João Deus/Trapiche, será que foi o local ideal?
Quando o meu cão está com raiva levo-o ao veterinário.

Anónimo disse...

É para pagar as promessas de trabalhinho aos amiguinhos...
Oh tonto este Cafofo... Péssimo gestor de dinheiros camarários... E agora ainda quer gastar dinheiro em polícias municipais... Por favor...

Anónimo disse...

O Gil Canha tem a mania que só ele é que combate os interesses instalados. Mas mostra sempre uma fixação doentia com o Cafofo, incendiando constantemente o ambiente político com os problemas pessoais que os dois tiveram no passado. Quem carrega esse azedume pessoal não é bom para combater nada. E o Gil Canha também não é propriamente um representante do povo pois tem por aí uns terrenos e propriedades como pouca gente tem e por isso tem alguns interesses parecidos com alguns interesses instalados nesta ilha. É melhor ele se dedicar aos seus próprios interesses e terrenos e deixar a política para quem não tem rabos de palha.

O Cafofo é do pior que há, o Governo Regional é do pior que há, por isso nem pensar em dar a Câmara à Rubina Leal do PSD, o Gil Canha é do pior que há…

Quem é que vai tirar a Madeira disto?

Anónimo disse...

Ó das 15.01, aproveita a ida ao veterinário e vê se ele tem algum remédio para ti.