segunda-feira, 12 de junho de 2017

Autárquicas 2017


Apresentação da Candidatura da CDU 
em Câmara de Lobos





Intervenção do Cabeça de Lista à Câmara Municipal, Alexandre Fernandes:

A candidatura da CDU ao Município de Câmara de Lobos que hoje se dá a conhecer não é apenas "mais uma candidatura"!
Este é um projecto que envolve numa coligação o Partido Comunista Português e o Partido Ecologista "Os Verdes", Homens e Mulheres, ideias e anseios, num esforço conjunto para o reforço da CDU.
O nosso objectivo é que o Poder Local esteja verdadeiramente ao serviço das populações e que seja capaz de permitir a existência de desenvolvimento e de qualidade de vida.
Passados quase quatro anos desde as últimas eleições autárquicas poderemos afirmar com toda a certeza que o acto eleitoral de 1 de Outubro será feito num contexto social e político muito diferente. A CDU deu o seu forte contributo para este Novo Rumo.
Contudo, durante o mandato que está prestes a findar, a nossa luta foi desenvolvida sempre em condições muito desiguais, porque os meios ao dispor do poder político dominante são enormes comparados com aqueles que temos ao nosso dispor. Mas para os Homens e Mulheres da CDU, a palavra desistir não consta do nosso vocabulário.
Localmente, foram inúmeras as justas reivindicações por melhores condições de vida e relacionadas com os problemas das populações do nosso Concelho.
Amigos e camaradas,
Podemos hoje afirmar, no final deste mandato, que a CDU lutou de forma persistente em muitas situações, tendo em vista a sua resolução. Infelizmente, muitos dos problemas identificados continuam por resolver.
Apesar da propaganda quase diária do PSD, ainda temos:
- Gravíssimos problemas habitacionais que continuam a assolar o Concelho, o nº de famílias que esperam por habitação social não param de aumentar. A Câmara não divulga os nºs oficiais, mas estima-se que sejam já mais de 1000 famílias nesta situação;
- O roubo que a empresa pública Águas e Resíduos está a fazer em relação à cobrança de taxas elevadíssimas no Curral das Freiras;
- As pragas que continuam a destruir as culturas da cereja, da ginja e da castanha;
- Diversas localidades do Concelho sem acesso a saneamento básico, inadmissível em pleno séc. XXI;
- Os problemas que colocaram aos pescadores amadores e ao sector pesqueiro profissional;
- Os problemas decorrentes da falta de água de rega.
Estes são apenas alguns dos muitos problemas que a CDU tentou solucionar junto da Câmara Municipal e do Governo Regional.
Apresentamo-nos ao eleitorado com o verdadeiro projecto alternativo que nos caracteriza e distingue das demais forças políticas.
Toda a nossa intervenção, todo o nosso trabalho, tem como superior interesse honrar os compromissos e a palavra dada.
Amigos e camaradas,
Os compromissos que temos com a população de Câmara de Lobos obriga-nos a manter acesa a chama do protesto e da intervenção, porque as nossas opções são claras e objectivas, servir os trabalhadores e o povo.
- Neste âmbito, as prioridades, já identificadas, serão de contínua exigência de uma rede de saneamento básico no Sítio das Fontaínhas e no Garachico;
- A construção de reservatórios para água de rega com o objectivo de servir os agricultores da Caldeira, Garachico, Furneira e outras zonas altas do Concelho;
- A existência de transporte públicos que sejam verdadeiramente dignos do serviço que devem prestar e com preços adequados às capacidades económicas das populações;
- O reforço do apoio domiciliário aos idosos;
- Medidas eficazes de combate ao desemprego e maior apoio escolar prevenindo o abandono precoce, são também medidas urgentes;
- Acabar com as zonas esquecidas, onde até a propaganda do PSD não chega, onde o desenvolvimento é palavra que não consta, e o isolamento nas suas mais variadas vertentes persiste.
A CDU aposta fortemente no potencial humano e económico que Câmara de Lobos possui, com recursos que sendo bem geridos podem valorizar e melhorar e melhorar as condições de vida das gentes de Câmara de Lobos.
O desenvolvimento com justiça social são condições de que não abdicaremos, e este é todo um projecto assente no trabalho, na honestidade e na competência.
A candidatura da CDU é a da única força que abraça e vos apresenta um projecto alternativo pela sua identidade participativa, democrática, representativa, e aberta à participação dos trabalhadores e das populações.
Esta é uma força que pode abrir um Novo Rumo e que assume a defesa intransigente do Poder Local Democrático.
Para isso contamos com a candidatura de:
- Alexandre Fernandes à Presidência da Câmara Municipal de Câmara de Lobos;
- Marco António Fernandes à Presidência da Assembleia Municipal de Câmara de Lobos;
- António Neves à Junta de Freguesia do Jardim da Serra;
- Bruno Nóbrega à Junta de Freguesia da Quinta grande;
- Filipe Olim à Junta de Freguesia do Estreito de Câmara de Lobos;
- Luís Sousa à Junta de Freguesia de Câmara de Lobos;
- Isabel Silva à Junta de Freguesia de Curral das Freiras.

4 comentários:

Anónimo disse...

As pessoas olham para a Venezuela e correm a votar neste

Anónimo disse...

Que horror! Estes dois, um PC moderado e outro do ex PAN desaparecido estão habituados a fazerem favorzinhos nas votações da Assembleia Municipal ao PSD.. a pergunta é: candidatam-se contra eles porquê?! Mais valia se juntarem à trupe de escumalha PepeDista ao invés de se disfarçarem de opositores à MaMadeira Local!

Anónimo disse...

O Alexandre é um bom árbitro de natação, por isso o que faz mete sempre água. Apresenta um bando de desconhecidos as juntas e nem sequer teve o cuidado de meter na foto. O PCP ja não é o que era.
Em todo o caso, como pessoa de esquerda, para a Câmara vou votar nele. À esquerda é o melhorzinho em Câmara de Lobos. No PS o pobre do Amândio vai liquidar o que ainda resta do socialismo no concelho. Se não for o pai e os irmãos, mais ninguém vota no Amândio.
No Bloco de Esquerda ainda nao se sabe, mas deve ser aquele rapaz com voz irritante.
Por isso força Alexandre és a única tábua de salvação da esquerda.

Miguel Freitas disse...

Há uns comentários depreciativos em relação à candidatura da CDU mas pelo que tenho acompanhado nestes anos esse rapaz tem apresentado situações do interesse para o Concelho. O PS de Amândio Silva tinha obrigação de fazer uma melhor oposição ao Pedro Coelho, não a típica bota abaixo que é a sua característica. Então agora que anda acompanhado com um tal que se esqueceu de entregar as contas do PND no Tribunal Constitucional, vai de mal a pior. O CDS de Roberto é uma feira de vaidades, portanto, mais do mesmo. O do PAN de facto não conheço por isso não posso me pronunciar sobre o seu trabalho.