sexta-feira, 31 de março de 2017

Em foco



A história de Carlos Pereira no PS

Não é possível falar na situação do PS Madeira sem falar da história do líder Carlos Pereira. Neste exercício vamos ignorar a história anterior ao PS, que inclui passagens pela JSD, promessas desfeitas em torno da Loja do Cidadão, negócios na ACIF e SDM e outros mais recentes que metem fundos europeus que vão até aos Açores e que envolvem um sócio chamado Maurício Marques. Alguém devia querer saber disso, mas não somos nós. A nós interessa a história do Carlos Pereira dentro do PS e que explica como chegou até aqui.

1 - O que fez Carlos Pereira desde o dia que Victor Freitas escolheu Liliana Rodrigues como candidata ao Parlamento Europeu: entre outras coisas, fez cair o líder da JS, Orlando Fernandes, como primeiro passo para fragiligar Victor Freitas. Entretanto Orlando saiu do PS quando Carlos Pereira chegou a líder. Ele e a mulher, a antiga deputada Carina Ferro, agora a trabalhar para o Governo PSD.

2 - O que fez Carlos Pereira desde o dia em que Victor Freitas apoiou António José Seguro: Entre outras coisas, aliou-se a Avelino Conceição e a Bernardo Trindade para António Costa vencer na Madeira e cavalgou essa onda para no final dessa noite eleitoral interna lançar-se contra Victor Freitas e exigir primárias na Madeira para tentar chutá-lo para fora do barco. Mas depois disso o próprio Avelino Conceição, percebendo as intenções de Carlos Pereira, afastou-se e continua de costas voltadas para o líder.

3 - O que fez Carlos Pereira desde o dia em que Victor Freitas lançou a campanha para as Eleições Regionais: entre outras coisas, juntou-se a Jaime Leandro, programou o passo seguinte e os dois sabotaram um projecto que por mais torto que tenha nascido se não correu melhor também foi por causa dos números 2 e 4 da lista. No dia das eleições Carlos Pereira lançou-se ao alto mar e desde aí anda a navegar em maré alta.

4 - O que fez Carlos Pereira desde o dia em que tomou conta do PS: entre outras coisas, afastou dos órgãos regionais muitos dos militantes activos próximos de Victor Freitas e no discurso de encerramento do Congresso iniciou a guerra a Paulo Cafôfo com declarações sobre as coligações autárquicas que não apoiaria.

5 - O que fez Carlos Pereira desde o dia em que as Eleições Legislativas foram lançadas: entre outras coisas, criou dois inimigos comuns chamados Bernardo Trindade e António Costa e apanhou no meio dessa luta a JS. Desde aí, nem JS, nem Bernardo Trindade e ao contrário do que diz nem António Costa, por causa de uns famosos SMS que decidiu mandar ao líder do Partido.

6 - O que fez Carlos Pereira desde o dia em que foi para a Assembleia da República: entre outras coisas, tentou marcar presença na Região à distância com campanhas que ninguém entendeu e a última levou a número 3 da sua lista, Adelaide Ribeiro, a afastar-se. Mas essas guerras também apanharam Liliana Rodrigues pelo meio, a eurodeputada que Carlos Pereira fez questão de varrer do mapa desde que tomou conta do PS.

7 - O que fez Carlos Pereira desde que elegeu as concelhias: entre outras coisas, mentiu desde o primeiro dia ao dizer que elegeu 11 que afinal foram 10 e das que elegeu ninguém sabe quantas ainda tem consigo. Mas há uma que é especial: já alguém se perguntou sobre o que se está a passar em Santa Cruz? O que tem Cláudio Torres a dizer sobre a tentativa de imposição de um candidato que ninguém da concelhia aceita e que vem do PSD e que tem negócios parecidos aos de Carlos Pereira?

8 - O que fez Carlos Pereira desde que lançou as autárquicas: depois de passar 2 anos em guerra com toda a gente, não conta com Paulo Cafôfo, não conta com Emanuel Câmara, não conta com Felipe Menezes que até ao JPP se ofereceu, não conta com Ricardo Franco e não tem candidatos na Ponta do Sol, em São Vicente e em Santana. Que estratégia tem Carlos Pereira para Outubro?

9 - O que fez Carlos Pereira depois do Congresso Autárquico: entre outras coisas, depois de perceber que o Partido está mais focado nisso do que no seu protagonismo pessoal, lançou uma sondagem no Diário de Notícias que só serviu para dar provas de vida.

10 - Ainda alguém acha que os problemas do PS Madeira são culpa dos “cubanos” como chamou Emanuel Bento (que se esquece que Jaime Leandro não é madeirense)? Ainda alguém acha que os problemas do PS Madeira são culpa de toda a gente, do Funchal ao Porto Moniz e da Madeira a Bragança, menos de Carlos Pereira? Qual é a dúvida? Carlos Pereira é um homem só e Jaime Leandro já sabe isso. Encontrar dois novos inimigos comuns, António Costa e Paulo Cafôfo, é mais uma tentativa desesperada de vitimização em frente à opinião pública e uma tentativa de unir o pouco que resta do Partido em torno de um projecto que só está a colher os ventos que foram semeados pelos próprios. 

Boa sorte, vão continuar a precisar dela!

K-Socialista Renovado

19 comentários:

Anónimo disse...

Concordo Plenamente!
O Carlos Pereira deveria afastar-se de qualquer cargo politico, tirar uma férias, convidar o Jaime Leandro e o Filipe Menezes, e mais alguns a companha-lo nessa nova aventura! PS/M agradece.

Liberdade para a Madeira

Anónimo disse...

Segundo o que corre de boca em boca em Santa Cruz, é que o candidato pelo PS às Autárquicas, é como diz a peça, um candidato que vem do PSD: Luís Madruga.
Será verdade?
A ver vamos.

Anónimo disse...

K cafofiano aqui a lamber feridas!

Anónimo disse...

Bravo Victor Freitas! Excelente artigo!

Anónimo disse...

Não sabia que o Vitor Freitas escrevia, mas está bem feito embora não conte a gangrena que ele mais a camarilha dele têm feito no PS.

Anónimo disse...

Não foi o Freitas fui eu, quem sou eu? Ninguém.

Anónimo disse...

Se é verdade que o candidato do PS em Santa Cruz é o Luis Madruga, o JPP que se cuide que aquilo vai dar luta. Mas não acredito que o meu amigo Madruga entre nestas guerras. Ele é demasiado bom homem para se meter nesta guerra, mas era o presidente ideal para Santa Cruz.
Calisto, você é que podia desengatar se é verdade ou não o que se diz por aqui em Santa Cruz.

Anónimo disse...

Costa é um escorpião, é de sua natureza picar, e tal como fez com o Seguro agora fez com o Pereira.

Anónimo disse...

O K-Socialista só se esqueceu de dizer porque é que o Carlos Pereira continua a ter alguns à volta dele.
- Jaime Leandro - Dinheiro como Secretário-Geral do Partido. Sabe que se o Carlos Pereira sair, ele também sai.
- Emanuel Bento - Dinheiro como funcionário do Partido. Sabe que se o Carlos Pereira sair, ele também sai.
- Álvaro Gonçalves - Dinheiro como funcionário do Partido. Sabe que se o Carlos Pereira sair, ele também sai.
- Joana Coelho - Dinheiro como funcionária do Partido. Sabe se que se o Carlos Pereira sair, ela também sai.
- Luís Vilhena - Amigo de Carlos Pereira, em dívida desde os tempos em que foram candidatos à Câmara Municipal do Funchal.
- Thomas Dellinger, Maximiano Martins, André Escórcio, Gil França e Companhia - Históricos do PS que só conhecem as versões que o Carlos Pereira vende-lhes dos acontecimentos.
E de perguntar como está o Secretariado do PS em relação a isto. Porque é que o Bruno Pereira se meteu a andar do Gabinete Autárquico? E outras coisas mais...

Anónimo disse...

Não se atiram pedras a árvores sem frutos e, por isso, esta arengada maldizente, dum anónimo com pseudónimo Trotskiano todo prafrentex “K-Socialista Renovado”, vem provar que o Pereirinha algum valor terá.

Anónimo disse...

Será que Pereira e Cafofo têm cabeça suficiente para manter um pacto de não agressão?
A estrátégia laranja está montada: "dividir para reinar"... outra não podem ter pois para qualquer acusação que façam a Cafofo, Albuquerque fez semelhante como muito maiores responsabilidades e danos.

Ao contrário do sr Calisto penso que ambos têm a ganhar mantendo-se impávidos e serenos: se Cafofo ganhar, Pereira não fica mau na fotografia; se Cafofo perder, Pereira fica sozinho na corrida contra Albuquerque desde que indicie que apoiou as vitórias da Oposição.
Lembrem-se de Victor Freitas que por querer ser o primeiro, deu cabo do seu percurso político e das regionais.

Anónimo disse...

Esta história está muito mal contada, a começar por dizer que Carlos Pereira correu com intenção o Vitor Freitas do PS.
MENTIRA! Vitor Freitas demitiu-se na noites das eleições Regionais. Quem não se lembra que procure as notícias dessa noite e a conferência de empresa que deu o Sr Vitor Freitas.
E mais, este texto faz lembrar as histórias do cantor, conta-as sempre para lançar farpas e promover guerras....
No dia em que alguém começar a comparar o certo com as invenções há pessoas que vão sair da Madeira de vez....ou então não vão sair de casa.
A mentira dura enquanto a verdade não chega.

Anónimo disse...

Bem directamente de Machico, vemos estes senhores do Funchal ano após ano a cometer argoladas.
Primeiro toda a gente já notou que Vitor Freitas é muito fraco, não tem lugar na politica madeirense, conseguiu arruinar todas as esperanças do partido nas regionais, querendo impor a sua triste estratégia (mas cuidado está fazendo o papel de morto, pode voltar a qualquer momento, mas não será com o apoio de Machico, e pode negociar o que desejar)
Jaime leandro! não existe palavras para este malabarista, está a mais no partido é um comilão, tem Alvaro,Joana coelho,bento,Amândio, castanha, malho,ivone etc etc a comer da sua mão pois alimenta estes sebentos que mais nada sabem fazer senão ser uns chupistas. Puras marionetas do SG.
O pereirinha enquanto toda a gente está concentrada nas autárquicas, ele esta preocupado com ele pouco se está a marimbar para as concelhias, ele primeiro, segundo ele, terceiro ele.
O pereirinha, ainda não entendeu que o espaço dele está muito reduzido, onde se rodeou de um secretariado demasiado fraco, quem é o alvaro? o bento (alem de bebado, tarado sexual), sofia canha?, mafalda? etc etc onde andam os verdadeiros socialistas ali?!
A cova está feita vamos ver quem deita a terra em cima do caixão do pereirinha

Anónimo disse...

Parece que o cantor de músicas românticas anda por aqui a fazer controlo de danos da argolada que tramou ao Costa!

Anónimo disse...

O Cantor ainda não percebeu que em Machico ninguém gosta dele, mesmo os militantes que fez da frente-mar. Venha com o dinheiro que quiser. Não nos compra.

Anónimo disse...

Na minha modesta opinião, atento à política desta ilha desde "sempre", o PS Madeira sempre foi constituído por grupos de pessoas que apenas concentravam-se no seu protagonismo. Nunca houve uma verdadeira oposição ao regime, havia sim, "bem estar", numa zona de conforto, rentável, em prejuízo da Madeira e dos Madeirenses. Muitos deles, são reformados, bem assalariados, na sequência dos decretos de lei apoiados por estes, cujo valores, são uma aberração total, face à nossa conjuntura sócio-económica, neste país sempre com dívida excessiva desde o 25 de Abril, num país onde penhora-se casas de família por "pequenas dividas", num país onde cobra excesso de impostos, estrangula a economia para sustentar estar reformas milionárias. Célebre frase da Drª. Ferreira Leite "este país necessita de seis meses de ditadura".

Anónimo disse...

Mesmo assim parece ser mais Santo que o Cafofo

Anónimo disse...

Todos os bons quadros do PS-Madeira estão a exercer funções na CMF, na Frente Mar, nas juntas de freguesia e no Governo da República. A cuidar da sede da Rua da Alfândega ficaram uns pobres tristes, o refugo. Quem lhes oferece um espelho?

Anónimo disse...

Os tais "bons quadros do PS" são os carreiristas da politica que encontrarm tachos chorudos na Frente Mar. Porque se não fosse isso, andavam pelo Funchal a arrastar a sua miséria de pobres diabos.