sexta-feira, 24 de março de 2017

Questão ferry


PSD-M acusa o Estado 
de medidas irresponsáveis


A Ministra do Mar veio ontem confirmar, na Assembleia da República, o que os madeirenses sentem na pele desde que o Governo de António Costa tomou posse: um total alheamento e desrespeito do Estado pelos portugueses que vivem nesta Região. Sobre esta posição, temos a afirmar o seguinte:
  1. O PSD/Madeira não vai aceitar que os madeirenses sejam tratados como portugueses de segunda e que sejam ‘condenados’ à falta de alternativas nas suas deslocações dentro do seu país, ao contrário do que acontece com os seus compatriotas no restante território nacional;
  2. A viabilidade de uma ligação marítima deste tipo não se pode medir por parâmetros económicos. Cabe, ao Estado Português, nas suas funções sociais e económicas, assegurar o cumprimento da continuidade territorial, na contribuição para o esbatimento das desigualdades e correções económicas e geográficas, de forma a garantir a mobilidade de todos os cidadãos;
  3. O PSD/Madeira considera que é de todo o interesse e pertinência que seja reestabelecida a linha ferry marítima de passageiros e de mercadorias com Portugal continental;
  4. Para o PSD/Madeira este objetivo deve ser conseguido através da consideração de interesse público por parte do Estado, de modo a inverter o modelo de incentivos públicos aos armadores, através de um concurso público internacional e de um caderno de encargos que assegure as compensações financeiras aos armadores desta linha marítima diretamente pelo Governo da República;
  5. Da parte do Governo Regional, sustentado pelo PSD, continuarão a ser desenvolvidos todos os esforços para que essa ligação seja uma realidade para os madeirenses;
  6. O PSD/Madeira lamenta também a intenção do Governo da República de cobrar mais taxas aos navios registados na Madeira, numa altura em que se regista um crescimento continuado e sustentado do MAR, voltando-se a criar um clima de instabilidade que poderá inverter esta situação. Uma vez mais, o Estado vem, com medidas irresponsáveis, prejudicar a economia regional e todos os madeirenses.

Funchal, 23 de março de 2017

O Secretário-Geral do PSD/Madeira

Rui Abreu

15 comentários:

Anónimo disse...

O PSD Madeira prometeu agora resolva e cumpra as promessas. Deixe de enrolar!

Anónimo disse...

ESTE RUI ABREU TEM UMA LATA.TRANSFORMASTE O MEU PSD NUM PARTIDO BANAL. ÉS UM DOS GRANDES RESPONSÁVEIS DELA DESUNIÃO DO PARTIDO. ALIMENTAS A INTRIGA, A INVEJA E O MAU ESTAR.

Eu, O Santo disse...

O PSD-M não tem moral nenhuma para fazer este tipo de comentários.
Ao fazê-los, salta à vista a sua incapacidade de governação e falsidade: quem prometeu o ferry foi o PSD-M; não foi o António.

Anónimo disse...

Isso está tudo mal.

O PSD Madeira e o seu Governo Regional colocam sempre os interesses dos madeirenses em último lugar. Em primeiro plano surgem os negócios do turismo, os interesses instalados por parte de algumas famílias poderosas, os interesses das empresas de construção, os monopólios dos Sousas, etc. Só no fim surge a necessidade de governar para o bem da população. Assim não cumprem as promessas eleitorais que fizeram. Desta forma é o PSD Madeira / Governo Regional que condena o seu próprio povo à falta de alternativas para se deslocarem no seu país.

O PSD Madeira / Governo Regional lançou um concurso para o ferry mas só para enganar os mais desatentos. Nunca tiveram verdadeiro interesse em restabelecer a linha marítima do ferry. Só andam agora a falar nisso de novo porque se aproximam as eleições. A verdade é que temos um Governo Regional, que é do PSD, que não cumpre nenhuma das promessas eleitorais que fez e atira a concretização dessas promessas para Lisboa para que fique tudo empatado.

Se não fossem essas promessas que fizeram e que não cumprem, não tinham ganho as eleições.

Ganhem vergonha e passem a governar para bem do POVO DA MADEIRA!

Anónimo disse...

Mas a linha ferry traz benefícios a quem ?
A pessoas faz pouco sentido porque o transporte de avião é muito mais rápido, mais confortável, tem destinos diferentes (Lisboa e Porto) e é subsidiado ao utilizador.
A carga só não é mais barata porque não é promovida concorrência, e para isso não é preciso ferry. Basta o estado atuar.
De facto o ferry é uma reivindicação para servir apenas meia dúzia de priveligiados, sendo que todos teríamos de pagar, por via de indemnizações compensatórias.
Se pensarmos bem, a linha ferry é um capricho de meia dúzia, muito apoiada pela oposição, que não enxerga um boi num palheiro.

Anónimo disse...

Entao prometeram e agora querem que seja os outros a pagar?

Anónimo disse...

O ferry vem de Junho a Setembro. Comecem a pensar nas férias...

Anónimo disse...

Mto bem Rui. Este Governo tem de ser mais energico, mais reivindicativo, mais regionalista, a Alma Madeirense tem estado morta com muitas aproximacoes a Lisboa, antes com Passos Coelho, agora com Costa.
O,sentimento deles é este. Nao sbem, nem querem saber o que é viver numa ilha.
Alberto Joao ja tinha dado murros na mesa

Anónimo disse...

E falta de avião cargueiro é da responsabilidade do Ministro do Ar.

Anónimo disse...

Vou prometer à população um submarino para fazer viagens às Selvagens. A seguir jogo a batata quente para o Governo da República. Este Rui Abreu é mesmo anedótico

Anónimo disse...

Nota-se bem a influência de Madruga da Costa na AR... Não tem nenhuma!

Anónimo disse...

Acho muito bem e elevo a grande personalidade da Ministra do Mar em relação ao dever público e a empregabilidade dos meus impostos:
- Então quando é o Próprio Governo Regional que diz e apregoa que esta Linha é Inviável e nada rentável, que mais dizer!!
- Este Rui Abreu e este PSD não menciona uma das coisas mais importantes que a Ministra falou:
AS TAXAS PORTUÁRIAS NA MADEIRA SÃO DAS MAIS ELEVADAS DO PAÍS..
- Quanto ao Registo de Navios, se infelizmente os Cubanos ainda teem de entrar com 100 mil euros de prejuízo, que dizer!! Lógico que deverão aumentar as taxas, porque isto não é a Sta Casa da Misericordia.
Sinceramente já cansa.... qualquer coisa nesta Terriola para ser feita tem de ser comparticipada pelo Governo da República, e os Açores que teem os seus Hospitais e não foram comparticipados pelo Governo Central.... pois são mais poupadinhos!!
Raio... até a Rua Bela S Tiago ainda não avançou porque aguarda financiamento do Governo Central.
De tudo isto aquilo que mais adorei foi o Comboio Romantico do Monte para o Terreiro da Luta em que na subida transporta 50 passageiros e na descida já vem com 51. Esta sim, uma grande obra prometida por m Albuquerque e realizada, pois para ele:
PALAVRA DADA .... É PALAVRA HONRADA!!!

Anónimo disse...

Sinceramente prometeram e nada fizeram, agora querem que Lisboa resolva, e quando esteve o vosso compadre Passos Coelho no governo o que fez pela Madeira?

Anónimo disse...

Agora a culpa do ferry é de Lisboa?
A do cargueiro também?
Subsídios de mobilidade também são?
Os problemas com os agricultores de quem são? Lisboa?
Foi Lisboa que mandou fazer aquela mixórdia nas ribeiras?
Foi Lisboa que mandou alterar a sinalização na via rápida?
Querem ver que foi Lisboa que mandou aplicar taxas nas serras?
Querem ver que foi Lisboa a mandar fazer a vida negra aos funcionários públicos?
É por causa de Lisboa que os pescadores Caniçal estão descontentes?
Albuquerque esteve anos na câmara,dívida muita obra zero.culpado...Lisboa?
Agora ou inaugura pastelarias, ou inaugura obras pensadas,criada pelo anterior governo que estavam em curso. Ordens de Lisboa?
Dois anos,dois anos e nada de novo, aproveitam os sucesso dos cortejos de carnaval,festa da flor a chamam a si os louros como se algo de novo tivesse surgido.
Fim de ano foi o fiasco que se viu, até isso estragaram,a culpa foi de Lisboa?
Praça do povo tão criticada por Miguel agora é usada com pompa e circunstância para tudo e mais alguma coisa.ordens de Lisboa?
Praça do mar tirada ao povo e entregue aos pestanas.malditos de Lisboa que mandaram fazer aquilo.
Vocês querem ver que a culpa dos incêndios também é de Lisboa que mandou dizer que tudo estava controlado.
Minhas senhoras e meus senhores só há um culpado desta situação, esse culpado tem nome. POVO que insiste em votar neste PSD.
A sede de poder desta gente é enorme, não olham a meios para conseguirem o que querem.
Se o povo os quer com mais força,mais arrogantes votem neles nas autárquicas,caso contrário teem nas autárquicas a possibilidade votar contra e mostrar a seu descontentamento.

Anónimo disse...

Por isso AJJ esteve lá 40 anos e muito bem e estes saltimbancos não vão durar 3 anos a culpa não é do psd e destes assaltantes do partido que vão dar cabo dele e da região tá na hora de ir pensando na alternativa