quinta-feira, 23 de março de 2017

Inquérito do DN



Paulo Cafôfo, como é oficialmente candidato à autarquia funchalense, deve deixar já a CMF?


O Diário de Notícias lançou um inquérito a propósito da candidatura de Rubina Leal.
A pergunta colocada é a seguinte: “Uma vez que Rubina Leal é oficialmente candidata do PSD à Câmara do Funchal, deve ou não deixar já o Governo?”
A pergunta também poderia ser outra: “Uma vez que Paulo Cafôfo é oficialmente candidato à autarquia funchalense, deve ou não deixar já a CMF?”
Paulo Cafôfo vai suspender o mandato? Este autarca vai deixar a presidência da CMF mesmo estando em pré-campanha? Existe maior vantagem do que estar a exercer funções no órgão ao qual é candidato?
A lei diz que os titulares de cargos públicos têm o dever de neutralidade, mas a verdade é que a legislação é difícil de pôr em prática.
Paulo Cafôfo, por exemplo, quando está numa inauguração ou em outro ato público, as pessoas estão a vê-lo simultaneamente como o presidente e o candidato. É difícil dissociar o candidato do presidente.
O mesmo se aplica a todos os presidentes de câmara que se recandidatam nos vários concelhos da Região, o que traz uma clara vantagem para os mesmos: têm palco, têm visibilidade.
Aquilo que se impõe é pensar com alguma seriedade nesta questão. É pensar se Rubina Leal deverá renunciar a um cargo público, quando essa questão não se coloca noutras figuras que também exercem cargos públicos.

Não pode haver dois pesos e duas medidas para casos iguais. Se Rubina leal deve sair já do Governo, então Paulo Cafôfo deverá sair já da Câmara Municipal do Funchal.

Miguel Costa

18 comentários:

Anónimo disse...

Os inquéritos online do DN são autenticas pérolas.
Tenho acompanhado alguns deles e aquilo é surreal.
Este é outra pérola. Pior é claramente revelador que o DN escolheu um lado. É um claro apoiante do Cafofo para a Câmara.
Isso não teria mal nenhum, se não se desse o caso de os senhores se auto intitularem como os "objetivos" e o "jornalismo isento".

Anónimo disse...

Sem Mais!

Anónimo disse...

Rubina Leal quanto tempo tem disponível por dia?
Que eu saiba tem filhos.
Uma coisa é se candidatar a um cargo que se conhece por estar a exercê-lo, outra é se candidatar detendo outro cargo de grande responsabilidade.
Cafofo não tem que procurar os problemas da CMF. Eles naturalmente vêm ter com ele.

Eu sei o tempo que gastaria a gerir bem uma Secretaria Regional... assim como o tempo que se consome para se informar sobre outra entidade. Não sei o tempo que se gasta para uma campanha, mas provavelmente deve ser no mínimo 10 horas semanais.
Não me parece que a senhora candidata tenha físico e saúde para fazer tudo...

Anónimo disse...

Estão a perder o tino estes renovadinhos então alguma vez isto aconteceu nalgum lado??? aceitem as regras do jogo ou estão tão desesperados que agora querem mudar tudo tristes renovadinhos que mais vão inventar para combater o cafofo que tal apresentarem propostas credíveis???

Anónimo disse...

Ao comentador das 17.20, não fique em preocupações com a dra. Rubina. Graças a Deus tem físico e saúde para o trabalho que tem.
Os filhos já são crescidinhos e estudam na universidade.
A campanha eleitoral só começa duas ou três semanas antes das eleições. Daí que se pergunte: esta é uma candidatura que incomoda, não é ?
Quanto ao DN, já tomou partido, e atacará quanto puder a candidatura da dra. Rubina. O Câmara e o uísque com gelo já perceberam que se o Cafofo perde, lá se vai a mama.

Anónimo disse...

Ha quem diga que o Diario de Noticias da Madeira mantém-se fiel à sua posição de sempre, que é ser contra o Governo regional, ou seja, na época de Alberto Joao, o Diario apoiava Miguel Albuquerque, porque o Dario tradicionalmente é um órgão de comunicação anti governo regional, seja de que cor politica for, por exemplo, se o Cafofo for parar ao Governo ( Deus nos Livre), o Diario iria naturalmente estar contra ele, porque a sua linha editorial é tradicionalmente anti governo. Contudo e para os defensores desta teoria, aqui está a prova, e neste exemplo das autarquicas, que estão totalmente errados, o Diario de Noticias é apenas um jornal de esquerda e mais nada,pouco mais que um jornal de partido, tipo o "Diabo" do PC etc, esta muito longe de representar um orgao de comunicação social sério, moderno, e acima de tudo isento,NORMAL, tipo O publico, expresso etc. Pessoalmente há muito tempo que deixei de ler o Diario, e cancelei ate a assinatura, pois como é obvio para ler jornais de partidos, filio-me num partido e leio as suas publicações. Dessa forma, apenas lamento que no passado tenha lido e acreditado no Diario como algo serio, pois na altura tinhamos um Jornal da Madeira totalmente escandaloso, manipulado pelo AJJ, mas agora, e findados estes anos, lamentavelmente vi o quanto me enganei sobre este orgão de comunicação social, e por isso acho ATÉ que deviam mudar o nome, devia ser "Diario de Noticias do PS Madeira", VERGONHA!

Donato Macedo disse...

A tomar essa lógica a preceito, como a recandidatura de Paulo Cafôfo foi anunciada desde Lisboa há mais de um ano, creio que ele já deveria "desamparar a loja" desde essa altura, (com ganhos reais para a cidade e para os funchalenses)...

Anónimo disse...

Ao anónimo das 17:58, o Diario de Noticias do PS Madeira? Essa é de rir.

O Diário de Noticias está uma vergonha, mas não me parece que seja do PS, até parece mais do PSD. Mas tanto apoia o Cafofo como apoia o Governo Regional. Parece um jornal de vendidos. Uma coisa conseguiram fazer bem, foi calar a opinião dos leitores. As noticias que antes motivavam comentários de dezenas ou centenas de leitores agora só tem 1 ou 2 comentários, ou então nem comentários tem.

Isso acontece porque o DN da Madeira mudou o processo de comentar para que fosse bastante difícil, protegendo algumas forças políticas que apoiam financeiramente aquele Diario.

O DN deixou de ser um meio de comunicação credível e isento. Agora é um diário onde nem os leitores se podem manifestar livremente como faziam no passado.

Anónimo disse...

O Paulo Cafôfo foi eleito para cumprir um mandato de 4 anos e não para cumprir 3 anos e meio, por isso tem de ir até ao fim. A Rubina Leal foi eleita para cumprir com um mandato de 4 anos como deputada, todavia foi "recrutada" para o governo e vai a metade do mandato. Ambos devem exercer as funções até às eleições.

Anónimo disse...

O DN é tanto PS como PSD.O resto é demagogia.
Porque é que Paulo Cafofo ia sair da Camara do Funchal? Porque carga de água? Acaso os candidatos das outras Camaras, PSD ou não,vão sair?! Que se cumpra a lei que se aplica às situações iguais.

Anónimo disse...

Mas qual é o problema? Estão incomodados com a capacidade de trabalho da Rubina?
Se alguém vai confundir as funções de Presidente da Câmara com a candidatura, certamente não será a Rubina.
Aposto que ela nas funções de Secretária, não vai falar da Câmara.
Agora o Cafofo já anda em Lares. Vergonha

Anónimo disse...

Bastante pertinente, sim senhor!

Anónimo disse...

Parece-me estranho que o Fenix partilhe todas as cartas da quinta vigia!

Anónimo disse...

O Diário bateu no fundo, e rebola-se na lama com o Cafofo.

Anónimo disse...

o Cafofo anda há mais de um ano em campanha , campanha essa largamente noticiada nas paginas do DN ,e nas paginas do mesmo foi também noticiado por Antonio Costa que Cafofo seria candidato, mas só agora é que o tal órgão independente deu pelo facto de candidatos assumidos estarem a exercer cargos .
Curioso , vamos lá ver se as virgens da Fernão de Ornelas vão exigir que Antonio Costa , que na próxima semana vem á Madeira fazer campanha eleitoral pelo Cafofo , suspenda o mandato de primeiro ministro .
O DN passe todo o seu historial foi tomado de assalto por um bando de comerciantes de noticias , que se vendem a quem der um pataco , tal como a mais velha profissão do mundo.

Anónimo disse...

O DN tornou-se naquilo que era o JM. Ninguém acredita mais nele.

Anónimo disse...

Vamos ser sérios....os Madeirenses só pedem uma licença sabática aos 42 anos de PPD/PSD...provaram 7 - 0 e querem os 11 - 0, nada, nada mais legitimo depois deste marasmo Albuquerquista em decadência e bolor...

Anónimo disse...

Não digam mal do DN que as folhas são boas para lavar vidros e embrulhar peixe como antigamente.