quinta-feira, 2 de março de 2017

Hospitalmente falando



Espantoso!


Hoje, quem leu bem cedo o Funchal Notícias ficaria com os cabelos-em-pé. Num longo artigo, a jornalista Helena Mota descreve os avanços do projecto do novo Hospital, em Santa Rita, com o Eng. Dírio Ramos a fazer de cicerone (já parece o Eng. Agrela a explicar pormenores de arquitectura do Estádio dos Barreiros, onde ele nem sabe fazer um risco a direito) e a mostrar várias fotos e plantas.  E o mais incrível, é que aparece na referida peça, dois alçados em três dimensões, da proposta do Arq. Pedro Araújo para o Novo Hospital, mas nos terrenos da PREBEL, na Nazaré.




Cerca das 11.00 horas, os senhores do FN descobriram o erro, e toca a retirar à pressa estes dois alçados, o que tem o seu piadão! Mas, além desta gaffe, que no sleva ao delírio, o sr. Arq. Eng. Dírio Ramos aponta para uma foto do terreno de Santa Rita, onde existe um pequeno morro que será escavado bem fundo e ricamente emparedado, com o objectivo de nivelar o terreno à sua frente, e assim encaixar o novo hospital num 'poio' que custará milhões de euros. Mas quem somos nós para contrariar o Grande Educador da Classe Hospitalar, Dírio Ramos? Ninguém! 



Mas, uma coisa temos a certeza: no PCP anda toda a gente contente com o novo hobby do Grande Educador Hospitalar, porque assim ninguém atura o Dírio!..

Gil Canha

8 comentários:

Anónimo disse...

O sr. Dírio Ramos por vezes é muito chato, mas o FN depois que começou a receber dinheirinho dos Sousas, dos Farinhas e dos cafôfos também se tornou chato e maçador!

Anónimo disse...

No PCP a malta não está contente! Dá pulos de alegria!.. Pulos de alegria!..

Anónimo disse...

A História do Novo Hospital, seja na versão PPD-Renovado, seja na versão PS-Geringonça, na versão JPP-Esverdeada, na versão CDS-Privativo, em Santa Rita, em São Martinho, na Cruz de Carvalho ou no Bolso dos do Costume; uma coisa têm em comum:
Não há o básico no actual hospital mas querem fazer uma infraestrutura de raíz com uma dimensão 3 ou 4 vezes superior!
É exactamente o mesmo que uma pessoa (e há tantas) que tem um veículo utilitário usado de 15.000€, que não o consegue sustentar no que toca a revisões, combustível, seguro, estacionamento e prestações mas que acha que a solução para os seus problemas é adquirir um carro de luxo novo por 60.000€!
Os erros quotidianos de um certo povo exibicionista reflete-se tão bem nos seus governantes e opositores políticos eleitos...

Luís Oliveira

Anónimo disse...

Nem mais Sr Luis Oliveira. É impressionante a os contentores e contentores de areia que nos tentam mandar para os olhos. Não fosse Albuquerque ganhar e neste momento já teríamos o actual Hospital não perfeito, mas pelo menos com condições mais dignas.
Infelizmente nesta terra, ser realista e pragmático está completamente sub-valorizado, mas percebe-se bem porquê, é não dá votos nem dá dinheiro.

Anónimo disse...

Um novo hospital é um daqueles erros estruturantes para o qual não temos dinheiro, e que será deixado para as futuras gerações pagarem.
Tudo normal nesta terra de decisores mentecaptos, com uma oposição totalmente incompetente e demagoga que vai atrás do projeto, apenas porque o povo acha muito bem um novo hospital.
Não tem qualquer racionalidade económica. A remodelação e aumento para a Horácio Bento é a opção logica, muito mais barata e racional.
Mas isso interessa lá aos demagogos do costume, poder e oposição.

Anónimo disse...

O hospital de Santa Rita lembra os carneiros, um berrou para aquele lado e todos foram atrás. Não à volta a dar!

Anónimo disse...

Razão tem o anónimo das 1146 a solução era a Horácio Bento porque já se gastou uma pipa de massa na cruz de Carvalho mas assim há muita gente que não Mama e este comuna especialista em hospitais tb não ganhava o seu feito com o psd renovado e tudo boa gente do melhor que há nada como um novo hospital para tudo mamar e a gente a pagar enfim o povo gosta

Anónimo disse...

Vão gastar uma fortuna num hospital no meio das bananeiras. e nós a comermos o pó e a brita da Prebel. No bairro da Nazaré ninguém vai votar no Cafofo no Albuquerque e no PCP do sr. Dírio.