quarta-feira, 15 de março de 2017

Projecto de resolução


Bloco defende uma maior qualidade e eficácia 
no serviço de transporte de doentes


Grupo Parlamentar do BE na Assembleia Legislativa da Madeira entregou um projeto de resolução que propõe a tomada de medidas para garantir a eficácia e a qualidade no transporte de doentes do Serviço Regional de Saúde (SESARAM)

Na apresentação do projeto de resolução, realizada hoje, na sede Regional do Bloco de Esquerda Madeira, o Deputado Rodrigo Trancoso, explicou a necessidade e a pertinência deste projeto na defesa dos doentes do Serviço Regional de Saúde.

O parlamentar chamou à atenção para o facto de na Madeira existirem "inúmeros constrangimentos ligados a avarias em algumas das viaturas que prestam o serviço de transporte de doentes". Estas avarias, de acordo com o BE, têm conduzido ao cancelamento do transporte nos casos de alta clínica, conforme declarações já públicas de responsáveis do SESARAM.

Na sua intervenção, Rodrigo Trancoso defendeu que “o transporte de doentes não pode ter constrangimento de qualquer espécie”, repudiando a solução encontrada pelo SESARAM. Esta “leva a que existam doentes que aguardam mais de seis horas pelo transporte”, apontou o deputado, que classificou este tratamento como “desumano” e “cruel”.

Para Trancoso, sendo “previsível” que existam paragens das viaturas para manutenção/reparação, “não se compreende que à priori não sejam tomadas medidas” que evitem os constrangimentos gerados pelas mesmas. Este projeto de resolução, nas palavras do deputado, “é premente e urgente” no sentido de sensibilizar e alertar o Governo para a tomada de medidas preventivas, por forma a que deixem de acontecer este tipo de situações claramente “nefastas para o bem-estar dos cidadãos e dos doentes”.
Texto e foto: BE

6 comentários:

Anónimo disse...

Estes pedreiros do bloco são fantásticos para já só andam a reboque de notícias requentadas e depois nao se percebe afinal qual é a medida que o bloco apresenta???? Será alguma??? O que é estranho e o senhor das finanças dizer que tem dinheiro a rodos e não haver dinheiro para a manutenção dos carros enfim por isso nunca vai haver alternância e tanta porcaria no governo como na oposição

Anónimo disse...

Transportes? Falta de medicamentos? RM que nao funcionam? Pessoal estafado? Bloco parado? Etc etc Nada que um novo hospital não resolva...agahahah se não fosse de chorar dava para rir rica renovação

Anónimo disse...

Esqueçam, a saúde já morreu.

Anónimo disse...

A geringonça autárquica na CMF vai resolver isso. Com tanto programa de apoio social que não chega a ninguém pois ou não cumpre com os requisitos ora o budget já esgotou na campanha de intenção de desenvolvimento desses mesmos projectos

Anónimo disse...

Estes falam e falam mas apoiam uma câmara despesista que com tantos munícipes na pobreza, compram champanhe e gastam milhões no DN.

Anónimo disse...

La vem os comentários renovadinhos para distrair a questão estamos a falar de transporte de doentes do hospital n ten nada a ver com a CMF tao a deitar areia pôs olhos de quem???